terça-feira, 3 de janeiro de 2012

OS VERDES ANOS: MARIANA SIMÕES




Olá,

Sou a Mariana Simões, vivo em Palmela e frequento o 11º Ano do Curso de Ciências e Tecnologias na Escola Secundária de Palmela.

Conheci a Orientação através do Professor José Paulo Pinho, que sempre me motivou e insistiu para que começasse a ir às provas mais regularmente. A primeira prova de Orientação que fiz sozinha foi no Parque da Paz, em Almada, numa prova de Desporto Escolar em 2008 e, como me correu muito bem, continuei a participar em provas de Desporto Escolar. Nesse mesmo ano, participei nos Regionais, adorei a experiência e a partir daí comecei a levar a Orientação bem mais a sério. Até agora, tenho conseguido conciliar os estudos com o desporto relativamente bem.

Em 2010, recebi um convite da ADFA para ingressar no clube, o qual aceitei, começando a treinar mais regularmente, com a preciosa ajuda do Prof. Daniel Pó.

Para mim a Orientação é, sem dúvida, o melhor desporto que existe. A sensação de liberdade que temos quando corremos na floresta sozinhos e as amizades que criamos com outros atletas é maravilhosa. Uma das coisas muito importantes neste desporto é o espírito de grupo que se cria, há sempre alguém que está lá para nos apoiar quando um prova nos corre menos bem, e o espírito de competição é muito motivador, faz-nos querer continuar a competir e tentar sempre melhorar. Para além disso, uma das coisas que me fascinou muito no mundo da Orientação foi ver, em particular no Portugal O' Meeting, idosos a fazerem as provas e a acabarem-nas completamente exaustos e crianças muito novas já a darem os seus primeiros passos na Orientação. Isto mostra-nos como a Orientação é um desporto que pode ser praticado por todos!

Os meus objectivos na Orientação passam por, principalmente, melhorar a minha condição física e técnica e dar sempre o meu melhor em prova, sem nunca desistir. E ainda participar no máximo de provas para adquirir mais experiência. Os meus objectivos profissionais são, de momento, acabar o 12º Ano, mas ainda não tenho muito definido que Curso Superior pretendo seguir.

Por fim, quero agradecer a todos os que me tem apoiado, sobretudo aos Professores José Paulo Pinho, Pedro Mata e Daniel Pó, aos meus colegas e ao meu clube, a ADFA.

Mariana Simões
ADFA – Associação de Deficientes das Forças Armadas
Fed 4972

1 comentário:

Dinis Costa disse...

Olá, Mariana
Pode ter sido fruto das tuas potencialidades mas, não podemos esquecer que a felicidade e realização alcançadas na primeira experiencia(em autonomia) são o segredo para se continuar, vindo, pela certa, a criar afeto pela Orientação que é um desporto Com Cabeça e Pés.
Tenham os professores/treinadores prudência aqui e propiciaram vitórias além.
Sê persistente na tua vocação que alcançarás o sucesso merecido.
Felicidades e um bom Ano