sábado, 31 de dezembro de 2011

O ORIENTOVAR E O BALANÇO POSSÍVEL DE 2011




Chegados ao último dia de 2011, o Orientovar passa em revista o ano que agora termina. Um ano não mais nem menos importante que os anteriores, um ano que nos prepara para aquele que está já aí ao virar da esquina. Bom ano!


Não é uma “fatalidade”, mas se há momentos propícios à reflexão, aquele “parar para pensar” ao qual muitos são alérgicos, o fim de ano é um deles. É uma pausa que se impõe. É um ganhar fôlego para aquilo que o ano seguinte nos reserva. É o repensar de tudo quanto deixámos para trás ou que carregamos connosco e gostaríamos de ver concretizado. Enfim, tempo de balanço, é o que é.

As minhas primeiras palavras são de apreço para todos aqueles que continuam a confiar neste espaço e vêem nele um meio de divulgação por excelência. Mas sobretudo para aqueles que, semana após semana, se empenham em aqui fazer chegar uma súmula do seu trabalho e dos seus méritos. Daí que endosse ao COC – Clube de Orientação do Centro e à Secção de Orientação do Ginásio Clube Figueirense o meu sincero agradecimento pela excelente articulação que conseguimos manter ao longo do ano e pela confiança depositada. Na realidade, independentemente da maior ou menor notoriedade das notícias, as suas equipas de Comunicação e Imagem nunca esquecem o Orientovar. Bem hajam por isso!

No ano que agora termina assistimos ao aparecimento (e desaparecimento) duma série de novas páginas pessoais, umas mais activas que outras, a demonstrar que os blogues e as redes sociais podem constituir espaços de divulgação da modalidade por excelência. De todas elas, gostaria de destacar o blogue do Luís Sérgio, “Mais um mapa, mais um desterro!”, pelo valor intrínseco dos conteúdos nele versados. “Folhear” o blogue é como abrir o livro da Orientação em Portugal, descobrindo ao virar de cada página alguns dos momentos mais significativos da sua História. Um repositório fundamental que urge valorizar e que deve ser acarinhado por todos. Obrigado, Luís!

Se tivesse que escolher a proeza do ano 2011 – naquilo que pode ser entendido como uma réplica caseira do “The Orienteering Achievement of 2011” - o prémio iria direitinho para Fernando Costa e para o trabalho de Comunicação e Imagem feito em torno do Portugal O' Meeting 2011. É verdade que assistimos a um excelente trabalho em eventos como o WMOC 2008, os Mundiais de Orientação em BTT 2010 ou o Estoril Portugal XPD Race 2009. Mas atente-se na forma como o Fernando Costa soube jogar com os escassos meios disponíveis e conseguiu, com uma enorme dose de dedicação e um trabalho de “formiguinha” (e também alguma sorte à mistura), fazer deliciosas omeletes praticamente sem quaisquer ovos. Para o Fernando Costa e para o Grupo Desportivo dos Quatro Caminhos aqui fica a minha “chapelada”!

No plano pessoal, este foi um ano marcado pela afirmação da Orientação de Precisão no nosso País, pela concretização do I Circuito de Orientação de Precisão “Todos Diferentes, Todos Iguais” e pelo lançamento da Orientação Adaptada. São projectos que se encontram ainda a dar os primeiros passos mas que demonstraram já ter pernas para andar. A primeira Taça de Portugal de Orientação de Precisão vai arrancar em Fevereiro no decurso do Portugal O' Meeting e terá a Direcção Técnica de Remo Madella, cartógrafo italiano com provas dadas e por mim sugerido. Aqui fica uma palavra de agradecimento ao Clube de Orientação de Estarreja, ao Clube de Orientação de Viseu – Natura e à Federação Portuguesa de Orientação pela confiança depositada nesta minha escolha!

Foi também em 2011 que o Orientovar bateu todos os recordes de visitas. Começou com as polémicas em torno da anterior Direcção da FPO e do seu Presidente, prosseguiu com o Portugal O' Meeting 2011 e teve nas entrevistas a Thierry Gueorgiou, Kenneth Buch e Ida Bobach os seus pontos altos. O ano vai terminar com um parcial de 542 mensagens publicadas, num universo de 1991 mensagens em pouco mais de quatro anos de vida do blogue. E o meio milhão de visitantes contabilizados desde que foi instalado o contador será uma realidade dentro de dias!

Mas este esforço de expansão foi mais longe ainda no ano que corre. O Orientovar criou a sua própria página no Facebook e agregou-se a um conceituado portal de Atletismo, criando a página Orientação no Atletas.net. Para além disso reforçou a sua presença no Ultimate Orienteering, manteve uma divulgação assídua da modalidade na imprensa escrita e estabeleceu novos contactos e parcerias, sobretudo em Espanha e no Brasil, cada vez mais duas fontes de notícia fundamentais.

Agora que um novo ano se anuncia, o Orientovar assume uma nova filosofia, na certeza de que as coisas menos positivas que ocorreram em 2011 não se irão repetir. No demais, continuarei a dizer: “Falem bem ou falem mal, mas falem. Falem de Orientação!” As redes sociais existem para que possamos estender ao nosso universo de amigos aquilo que nos dá prazer e que marca, por pouco que seja, a nossa existência. Se a Orientação se encaixa nestes pressupostos, porque não começar desde já a criar o hábito de partilhar tudo o que encontramos sobre a modalidade? Isto deveria ser encarado como um dever... e custa tão pouco. Que 2012 seja o ano da mudança!


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

1 comentário:

Anónimo disse...

Boa Noite Caro amigo Margarido;
Neste periodo anual de tranzição, e pensando ir um pouco de encontro á sua linha de pensamento, gostaria de lhe dizer que já por diversas vezes fui tentado a enviar-lhe episódios relacionados com a minha atividade (cartografia) a nível internacional.
Porém e sabendo que por alguns, isso iria ser entendido como uma tentativa de me autopromover, acabei sempre por não o fazer. No entanto informo que (felízmente) nos últimos anos, noventa por cento da minha atividade foi exercida fora de Portugal e também felizmente com algum sucesso.Isto para justificar que aqui não necessito de me autopromover.
É certo que tenho a minha página pessoal e que sendo uma página profissional ao ser concebida, foi direcionada para uma estrita franja de visitantes.Ainda assim, acho que a mesma é bastante apelativa para todos aqueles que gostam de orientação, dado que tudo se relaciona.Principalmente a secção(News) é um infindável labirinto de coriosidades que leva os leitores aos mais diversos temas e espaços sempre relacionados com a cartografia e com a orientação.
Pronto, acabei por falar talvêz de mais, mas já está e assim vou deixar.
Desejo a todos um felíz ano de 2012

Rui Antunes
www.antunesmapmaker.com