quarta-feira, 12 de outubro de 2011

DUAS OU TRÊS COISAS QUE EU SEI DELA...



A presente temporada aproxima-se rapidamente do final e as grandes disposições referentes à época 2012 estão em cima da mesa para discussão e aprovação. Por esse motivo, este será um “Duas ou Três Coisas Que Eu Sei Dela…” substancialmente diferente, inteiramente dedicado às questões institucionais.


1. José Carlos Pires, Presidente da Mesa da Assembleia-Geral, acaba de convocar a Assembleia Geral da Federação Portuguesa de Orientação para reunir em sessão ordinária, no dia 29 de Outubro de 2011, pelas 16h30, no Auditório Municipal 25 de Abril, em Vouzela [AQUI]. Da Ordem de Trabalhos constam os seguintes pontos: (1) Leitura e votação da acta anterior; (2) Apreciação e votação do Plano de Actividades e Orçamento para 2012; (3) Votar a proposta da Direcção para conceder louvores a sócios; (4) Assuntos gerais.

2. Uma leitura do Plano de Actividades e Orçamento para 2012 [AQUI] permite perceber a realidade duma Federação que assume uma “situação de grande criticidade”, sobretudo nas áreas dos recursos humanos, espaço físico e desgaste de materiais e equipamentos. Este não vai ser um ano fácil. No documento reconhece-se ainda que o valor percentual solicitado ao IDP para 2012 – que será de € 188.570,00, correspondentes a cerca de 55% das receitas previstas – “está dentro dos valores de financiamento das restantes federações desportivas mas que na verdade é excessivamente conservador (materialmente, per capita, é significativamente inferior) face à especificidade da Orientação, no que concerne ao modelo de organização dos Quadros Competitivos Nacionais (organizados pelos clubes, o que no actual contexto de dificuldade económico-financeira os coloca em extrema debilidade e por inerência a qualidade dos eventos), pelo que urge dialogar com o IDP o “equilíbrio” do apoio à FPO para um desenvolvimento harmonioso e sustentado da Orientação.”

3. Ainda relativamente ao Plano de Actividades e Orçamento para 2012, o Conselho Fiscal faz uma análise detalhada do documento e realça que o mesmo “expressa uma linha de orientação que se caracteriza pela responsabilidade e prudência na assumpção de novos compromissos e responsabilidades e procura manter um equilíbrio financeiro sustentável, numa conjuntura económico-financeira muito adversa.” Daí que o respectivo Relatório e Parecer daquele órgão [AQUI] considere que a Proposta apresentada “é adequada e reúne as condições necessárias para que este Conselho Fiscal recomende a sua aprovação à Assembleia Geral da FPO”.

4. Acaba também de ser lançado o Projecto para a Selecção Nacional Pedestre – Selecção Sénior [AQUI], cuja filosofia assenta em duas premissas realistas: (1) Temos de ter muito mais experiência internacional, através de campos de treino e competições internacionais; (2) temos de ter em linha de conta as limitações financeiras que o nosso País atravessa. Daí que o documento, dimanado da Direcção Técnica Nacional, preconize a criação de dois grupos de atletas – Equipa A e Equipa de Desenvolvimento - e contemple um reduzido número de estágios em Portugal, de forma a economizar recursos financeiros para os estágios importantes no estrangeiro. Para já, Miguel Silva e Diogo Miguel são os atletas referenciados para a Equipa A.

5. Está a decorrer desde o Verão de 2010 o processo relativo ao Programa Nacional de Formação de Treinadores, de forma a dar cumprimento ao DL 248-A/2008, envolvendo o Instituto do Desporto de Portugal, I.P. e as Federações e cujo objectivo final é a emissão da Cédula de Treinador/a de Desporto (CTD). O IDP, I.P. criou e tem já em funcionamento desde o passado dia 01 de Junho de 2011 e até 31 de Maio de 2012 uma plataforma on-line - http://prodesporto.idesporto.pt/ -, através da qual os actuais treinadores se podem registar e a partir daí pedir a sua CTD. A verdade é que, até à data, apenas 13 treinadores, do universo total de mais de 500 treinadores reconhecidos, regularizaram o seu processo. Os Serviços da Federação Portuguesa de Orientação recordam que, “após 31 de Maio de 2012, a formação de treinadores obtida anteriormente que não foi alvo de conversão, através do pedido para a emissão da CTD, deixa de ser válida, o que irá obrigar os treinadores a frequentar novamente o grau de formação anteriormente obtida e agora num nível de exigência muito superior.”

6. Com o objectivo de homogeneizar as características técnicas e as metodologias de traçado de percursos das provas da Taça de Portugal 2012, irão realizar-se Acções de Reciclagem de Traçadores de Percursos de Orientação Pedestre e de Orientação em BTT, em Mafra, nos dias 01 e 08 de Dezembro de 2011, respectivamente. Estas Acções têm como destinatários os técnicos com o grau de Traçadores de Percursos de Orientação Pedestre e/ou de Orientação em BTT, sendo obrigatória a frequência por parte dos traçadores de percursos das provas da Taça de Portugal 2012 de ambas as disciplinas. As fichas de inscrição deverão ser remetidas para a FPO, até 21 de Novembro de 2011 (Orientação Pedestre) e 28 de Novembro de 2011(Orientação em BTT).

7. Encontram-se em fase de discussão pública as alterações ao Regulamento de Cartografia e cuja versão preliminar pode ser consultada em http://www.fpo.pt/www/images/fpo/comunicados/gerais/2011/111007_propostaalteracaoregcartografia2011.pdf. Os Serviços da Federação Portuguesa de Orientação fazem saber que se aceitam ideias e sugestões até ao dia 20 de Outubro de 2011.

8. Como vem acontecendo em anos anteriores, a FEDO - Federação Espanhola de Orientação vai organizar um Clinic para Treinadores de Orientação que decorrerá em Guardamar (Alicante) nos dias 15 e 16 de Outubro, e que será ministrado por Bruno Nazário (Orientação Pedestre) e Matthieu Barthelemy (Orientação em BTT). Para a edição deste ano, a FEDO convida quatro técnicos ou atletas portugueses para participar de forma gratuita neste Clinic. O valor da inscrição, alojamento e alimentação estão incluídos no convite. Assim, os interessados em participar apenas terão de organizar e custear a sua deslocação para Guardamar. Mais informações AQUI.


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: