segunda-feira, 19 de setembro de 2011

EOC MTBO 2011: IMPRESSÕES (I)




Terminada a final de Sprint do 5º Campeonato da Europa de Orientação em BTT, aqui fica o balanço de Daniel Marques, Davide Machado e Carlos Simões. Antes, apenas a certeza de que deram o melhor e é um orgulho para a nossa Orientação ter atletas com o seu estofo. A forma humilde como assumem um dia menos bom tem o contraponto na vontade de dar o máximo e fazer melhor já amanhã. É nesse sentido que o Orientovar aqui lhes deixa uma palavra de incentivo e a sua gratidão pelo tempo que dispensam na partilha de impressões. Fica apenas um certo desconsolo quanto à falta de Comentários de apoio aqui no blogue, mas no fundo é sabido que há toda uma comunidade orientista em Portugal a acompanhar mais esta epopeia, a viver a ambição dos nossos atletas e a torcer por eles a cada instante.


O dia de hoje não começou da melhor forma logo à primeira hora, com problemas por parte da organização a transportar atletas e bicicletas para Vyborg [ver foto]. É hilariante e perigosa a forma como fomos transportados 80 km num autocarro em estado de caos, mas isto é a Russia. Infelizmente o Sprint não foi positivo para todos nós. O mapa/terreno foi uma combinação interessante com zona urbana e areas florestais e abertas com muita rocha, foi desafiante. Pessoalmente, pequei muito nas opções e não acertei com alguns atalhos que eram autênticos bónus de tempo. De resto nunca me desorientei e estou contente por ter acertado na navegação, já que foi uma prova complicada em todos os níveis. O sistema SFR mostrou alguns defeitos com algumas bases a não funcionar. O trânsito não estava totalmente cortado, tornando os cruzamentos nas avenidas principais perigosos.
Daniel Marques

Foi tudo muito mau. Entrei mal no mapa com pequenos erros e depois, na troca de mapa, tive uma falta de concentração que me fez perder três minutos. Não comecei da melhor forma mas espero melhorar amanhã, dentro da floresta, na Distância Média.
Davide Machado

Procurei jogar de forma regular e cautelosa mas em apenas três pontos perdi três minutos. Foi uma prova muito técnica, onde tinha de haver permanentemente elevados níveis de concentração. Os encontros imediatos com alguns carros fez-me reduzir o andamento, pensando mais na segurança e não tanto no resultado.
Carlos Simões




Amanhã é dia da Distância Média. Da Rússia chega ainda essa informação que esta noite já está a chover muito e a previsão de tempo para amanhã resume-se a condições climatéricas adversas. Vamos ter, pois, um dia bastante molhado numa floresta muito fechada, sem desnível mas com uma enorme rede de caminhos. Duma coisa podemos estar certos: todos irão dar o máximo para melhorar os resultados.

Mais informações, resultados completos e fotos em http://www.o-worldcup.spb.ru/en/.

[Fotos e mapas gentilmente cedidos por Daniel Marques]


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

1 comentário:

Pedro Dias disse...

OS nossos atletas apresentam vantagem em terrenos mais físicos do que técnicos. Este campeonato da europa destaca os atletas mais técnicos, porém numa prova limpa de certeza que vamos ter excelentes resultados, pois em termos de postura, de determinação e garra em representar bem o País, os nossos três representantes são um exemplo para todos.