segunda-feira, 5 de setembro de 2011

7º ORI-BTT DO CPOC: TAÇA DE PORTUGAL REGRESSA COM VITÓRIAS DE DAVIDE MACHADO E RITA MADALENO




Com as emoções dos recentes Campeonatos do Mundo ainda bem presentes na memória de todos, a Taça de Portugal de Orientação em BTT regressou ao nosso convívio. No Parque Natural de Sintra-Cascais, o CPOC fez disputar a 7ª edição do seu Troféu de Ori-BTT e que teve em Davide Machado e Rita Madaleno os grandes vencedores.


Cento e vinte e nove atletas distribuídos por dezassete escalões de competição, aos quais se devem acrescentar quarenta e sete participantes nas provas abertas. Ou seja, cento e setenta e seis participantes numa prova maior do calendário nacional, este é o saldo da presença de atletas em Sintra para a disputa das 17ª e 18ª etapas duma Taça de Portugal de Orientação em BTT cuja temporada 2011 se aproxima rapidamente do fim. É por aqui que começa esta crónica do evento, porque os números – uma vez mais – obrigam-nos a reflectir.

São números que, em si mesmos, constituem o recorde mínimo de participantes em percursos de Taça de Portugal, considerando todas as organizações de Orientação em BTT do CPOC desde os Campeonatos Nacionais de Montemor-o-Novo, em 2003. Noutro termo de comparação, em 2008, outro evento de Taça de Portugal, realizado no Inverno no mesmo local e nas mesmas condições técnicas (mapa já existente, com ampliações), contou com 404 participantes. Nesse evento de 2008, só o número de participantes nos percursos abertos era equivalente ao total de participantes deste fim-de-semana. Números que servirão de reflexão para avaliar o que poderá ser feito para inverter a preocupante tendência actual.


Davide Machado entra a vencer

Mas passemos à competição. Depois de uma semana de chuva, foi numa tarde ensolarada que decorreu o 1º dia do VII Troféu de Orientação em BTT do CPOC. A Serra de Sintra proporcionou a todos uma prova de Distância Longa com percursos desafiantes, com a Elite Masculina a ter pela frente 1150 metros de desnível para os 31,2 kms da melhor opção. Neste escalão ficaram classificados apenas dez atletas, embora com um trio de luxo nos primeiros lugares. Os três primeiros foram os únicos a baixar das duas horas, com Daniel Marques (COC) a fechar o pódio com 1:59:18 e Mário Guterres (ADFA) a ficar muito próximo da vitória sendo o 2º classificado com o tempo de 1:52:29. Após os brilhantes resultados obtidos no Mundial de Itália, o vencedor da etapa foi Davide Machado (.COM) com um registo de 1:51:01.

Na Elite Feminina, a ausência de Susana Pontes (CPOC) – virtual vencedora da Taça de Portugal 2011, um título que não lhe escapa há nove temporadas consecutivas – abriu o caminho à vitória da sua maior adversária no momento presente. Rita Madaleno (ADFA) não se fez rogada e cumpriu os 24,3 kms do percurso em 2:08:56, ficando o pódio completo por Patrícia Serafim (ADFA), em 2º lugar com 2:14:44 e por Joana Frazão (CIMO), em 3º lugar com 2:19:26.


Favoritos juntam à fama o proveito

No segundo dia realizou-se a etapa de Distância Média do VII Troféu de Orientação do CPOC com a Arena localizada, tal como na véspera, junto ao Convento dos Capuchos, embora desta vez a área central de prova fosse mais a vertente norte da Serra de Sintra. Davide Machado voltou a ser o grande dominador, conseguindo o seu décimo triunfo em provas da Taça de Portugal da presente temporada, o que vem reforçar ainda mais a sua liderança num 'ranking' do qual é já o virtual vencedor. O valoroso atleta da Póvoa de Lanhoso cumpriu a sua prova (21,6 km, 14 pontos de controlo, 760 m desnível) no tempo de 1:10:07, deixando atrás de si Paulo Palhinha (CP Abrunheira), com mais 7:10 e Mário Guterres, que registou na chegada um tempo de 1:18:28. No escalão de Elite Feminina, as posições verificadas no primeiro dia não se alteraram e Rita Madaleno voltou a bater folgadamente as suas adversárias.

As contas finais são simples de fazer: Davide Machado e Rita Madaleno a deixarem as belas paisagens da Serra de Sintra com o doce sabor da vitória no Troféu. Acresce que m todos os escalões competitivos apenas quatro atletas conseguiram desalojar quem estava na liderança no final do primeiro dia. Os vencedores da Distância Longa acabaram todos por se sagrar vencedores da prova, à excepção do jovem Ricardo Reis do OriEstarreja em H15, de Pedro Elias do COA em H17, de Sandra Rodrigues do ADFA em D21A e de Escada da Costa da AFAP em H55. Por clubes, o COC foi 3º, o ADFA foi 2º e a vitória voltou a sorrir ao jovem clube BTT Loulé / EAFIT / BPI. Uma última nota para a bonita homenagem que o CPOC prestou aos atletas que representaram o nosso país nos Mundiais de Itália e que tão bem se bateram. Em particular, Davide Machado foi homenageado pela Federação Portuguesa de Orientação, tendo-lhe sido atribuída uma miniatura do Troféu FPO.


Resultados

Homens Elite
1º Davide Machado (.COM) 2000.00 pontos
2º Mário Guterres (ADFA) 1880.55 pontos
3º Daniel Marques (COC) 1813.47 pontos
4º Paulo Palhinha (CP Abrunheira) 1786.26 pontos
5º Carlos Simões (COALA) 1771.34 pontos
6º Marco Meira (BTT Loulé / EAFIT / BPI) 1697.83 pontos
7º José Marques (ADFA) 1666.42 pontos
8º Eduardo Sebastião (ADFA) 1610.84 pontos
9º Fernando Henrique (GDU Azoia) 1561.43 pontos
10º Luís Monteiro (COC) 1107.30 pontos

Damas Elite
1º Rita Madaleno (ADFA) 2000.00 pontos
2º Patrícia Serafim (ADFA) 1890.30 pontos
3º Joana Frazão (CIMO) 1726.19 pontos
4º Tânia Covas Costa (.COM) 1627.24 pontos
5º Marta Fonseca (ADFA) 1475.20 pontos

Vencedores outros escalões
H/D15 – Ricardo Reis (Ori-Estarreja) e Ana Margarida Rocha (CIMO)
H17 – Pedro Elias (COA)
H20 – Tiago Silva (ADFA)
H/D21A – Paulo Santos (ADFA) e Sandra Rodrigues (ADFA)
H/D21B – Francisco Oliveira (Às 11 no Farol) e Margarida Guerra (CRP)
H/D35 – Pedro Martinho (Clube Millennium BCP) e Rita Gomes (BTT Loulé / EAFIT / BPI)
H40 – Mário Marinheiro (CP Abrunheira)
H/D45 – Inácio Serralheiro (CN Alvito) e Luísa Mateus (COC)
H50 – Mário Costa (CIMO)
H55 – Escada da Costa (AFAP)
Promoção 1 – Acácio N. + Acácio J. (CPOC)
Promoção 2 – João Alves (ADFA)

Clubes
1º BTT Loulé / EAFIT / BPI 2147,1 pontos
2º ADFA 1728,9 pontos
3º COC 1697,5 pontos
4º COA 1115,8 pontos
5º CIMO 1075,1 pontos


[Foto gentilmente cedida por Luís Santos]


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: