sexta-feira, 19 de agosto de 2011

CAMPEONATOS DO MUNDO DE ORIENTAÇÃO PEDESTRE WOC 2011: HELENA JANSSON CONQUISTA TÍTULO MUNDIAL DE DISTÂNCIA MÉDIA




À terceira foi de vez. Após dois pódios a “cheirar” o ouro, Helena Jansson chega enfim ao título nos Mundiais de Orientação Pedestre WOC 2011. Foi hoje, em La Féclaz, na final de Distância Média, a última do programa individual dos Campeonatos.


Tanto porfiou que acabou por ver coroado de êxito todo um tempo de trabalho e dedicação. Helena Jansson – Vice-Campeã do Mundo de Sprint e medalha de bronze na final de Distância Longa – foi a grande vencedora da final de Distância Média disputada ao início da tarde de hoje em La Féclaz. Num mapa com traçado de percursos de Elodie Cochey e Benoit Cochey, Helena Jansson necessitou de 33:10 para cumprir os 3,8 km de prova (16 pontos de controlo, 260 m desnível), impondo-se claramente à suas mais directas adversárias.

Este é o segundo título mundial na carreira da atleta, depois de se ter sagrado Campeã do Mundo de Sprint nos Mundiais de Miskolc (Hungria, 2009). A Suécia recupera assim um título que lhe fugia desde 1993 (Nova Iorque, Estados Unidos), quando Anna Bogren vencera a final de Distância Curta, nome pelo qual se designava na altura a Distância Média. Há ainda um dado a reter e que se prende com o facto de serem suecas todas as Campeãs do Mundo 2011 nas provas individuais, depois de Linnea Gustafsson ter vencida a final de Sprint e de Annika Billstam se ter imposto às suas adversárias na final de Distância Longa.


Ida Bobach, fenomenal

Quanto à medalha de prata, coube muito justamente à dinamarquesa Ida Bobach, tri-campeã do Mundo Junior nos recentes JWOC 2011 de Rumia e Wehjerowo, na Polónia, e já um expoente de grandeza superior no panorama da Orientação feminina mundial. Ainda há pouco mais de um mês, em entrevista exclusiva ao Orientovar [ver AQUI], a atleta afirmava que iria lutar para vir a ser a melhor, tendo a noção de que isso levaria o seu tempo. Pois bem, hoje foi “só” a segunda melhor, a 1:16 da vencedora e, afinal, chegar ao pódio dum Mundial de Elite nem levou tanto tempo assim. Este resultado tem ainda um duplo sabor já que, pela primeira vez na história dos Mundiais, a Dinamarca conseguiu colocar uma atleta sua no pódio de Distância Média (contabilizando o somatório de Distância Curta e Distância Média, num conjunto de eventos cujo início se reporta a 1991 e atingiu este ano as quinze edições).

Na terceira posição classificou-se a helvética Judith Wyder, com o tempo de 35:11. Aos 23 anos de idade, a atleta enceta da melhor forma a sua participação em Campeonatos do Mundo de Elite, depois de ter estado já na final de Sprint da passada terça-feira, onde terminara na 19ª posição. Desta forma, a Suiça mantém uma presença ininterrupta nos pódios de Distância Média e que se estende às últimas sete edições dos Campeonatos. Quanto aos restantes resultados, a primeira nota vai para a finlandesa Minna Kauppi, ela que era à partida apontada por muitos como a grande favorita destes Campeonatos e cujas esperanças estão agora presas àquilo que poderá suceder na final de Estafeta que encerra amanhã o programa ds Mundiais. Campeã Mundial de Distância Média no ano transacto (Trondheim, Noruega), Kauppi foi hoje “apenas” quarta classificada, a 8 segundos do pódio. Marianne Andersen (Noruega), outra atleta que esteve igualmente no pódio de Trondheim, tendo alcançado então a medalha de bronze, não foi além do sétimo lugar, com o tempo de 35:49. O top10 desta final fecha com a francesa Amélie Chataing, uma atleta que se preparou duramente para estes Mundiais e que acaba por ver coroado desta forma todo o seu esforço.


Resultados

1º Helena Jansson (Suécia) 33:10
2º Ida Bobach (Dinamarca) 34:26
3º Judith Wyder (Suiça) 35:11
4º Minna Kauppi (Finlândia) 35:19
5º Natalia Vinogradova (Rússia) 35:28
6º Maja Alm (Dinamarca) 35:31
7º Marianne Andersen (Noruega) 35:49
8º Merja Rantanen (Finlândia) 36:32
9º Annika Billstam (Suécia) 36:42
10º Amélie Chataing (França) 36:59

Saiba tudo em http://www.woc2011.fr/ ou aqui, no seu Orientovar.

[Foto gentilmente cedida por Nuno Leite]


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: