segunda-feira, 22 de agosto de 2011

CAMPEONATOS DO MUNDO DE ORIENTAÇÃO EM BTT WOC MTBO & JWOC MTBO 2011: PORTUGAL ULTRAPASSA INCÓLUME QUALIFICATÓRIAS DE DISTÂNCIA LONGA




Portugal começou da melhor maneira a sua participação nos Campeonatos do Mundo de Orientação em BTT. Nas qualificatórias de Distância Longa, sob temperaturas escaldantes e enfrentando terrenos empinados q.b., os sete portugueses presentes cerraram os dentes de força e determinação e conseguiram, todos eles, o tão almejado passaporte para a final.


Manhã inesquecível, aquela vivida pelo seleccionado português na primeira prova do programa competitivo dos Campeonatos do Mundo de Orientação em BTT. No mapa de Zugliano-Chiuppano correram-se as séries qualificatórias de Distância Longa e Portugal conseguiu a proeza de classificar todos os seus atletas para a grande final A que terá lugar já amanhã, em Marostica – Bassano. No Mundial de Elite, Davide Machado correu a primeira série onde foi o sexto classificado, entre 30 participantes. O atleta português concluiu os 26,4 km do seu percurso (14 pontos de controlo, 750 m desnível) em 1:34:30, a pouco mais de um minuto do segundo lugar, mas a 6:25 do vencedor, o dinamarquês Lasse Brun Pedersen. Entre os atletas que ficaram de fora nesta série, conta-se o russo Anton Foliforov, Campeão do Mundo de Distância Longa em título, naquela que é a grande surpresa da ronda inaugural destes Mundiais.

Na segunda série a vitória coube ao Campeão Mundial de Distância Média, o finlandês Samuli Saarela. Carlos Simões e João Ferreira fizeram provas extraordinariamente controladas, concluindo nos 12º e 17º lugares da tabela, respectivamente. Também aqui se verificou outra surpresa, embora de menor dimensão, com o polaco Maciej Gromadka – 10º classificado do ranking mundial – a ficar igualmente pelo caminho rumo à final A. A terceira série viu mais dois portugueses qualificarem-se para final A, com Paulo Palhinha a concluir tranquilamente na 13ª posição e Daniel Marques a contar com aquela pontinha de sorte que protege os audazes e a ser o último dos vinte atletas qualificados, apenas 49 segundos à frente do israelita Eran Lerner e com 51 segundos à melhor sobre o polaco Sebastian Wojtynek. Contas feitas, os 60 atletas que marcarão presença na final A representam 19 países. Suiça, República Checa, Áustria, Finlândia e Itália fazem o pleno e estarão presentes com seis atletas em prova. Seguem-se, com cinco representantes, Rússia e... Portugal! A Espanha conseguiu apurar dois atletas para a final A, Urtzi Iglesias e Ivan Trigales, enquanto a Bulgária estará pela primeira vez presente na grande final, graças à prestação de Stanimir Belomazhev na segunda série, onde foi o 15º classificado.


Christine Schaffner e Rikke Kornvig vencem séries femininas

Quanto aos Mundiais de Elite Feminina, esta foi uma qualificatória em certa medida “para cumprir calendário”, embora um imponderável do género “mp” pudesse sempre ser determinante no que ao acesso à Final A diz respeito. A verdade é que não se registaram surpresas e, das 51 atletas que alinharam à partida, apenas a japonesa Mikiko Minagawa irá ficar de fora. Grande favorita a uma medalha – é dela o título de Distância Longa – a suiça Christine Schaffner venceu a primeira série, enquanto a dinamarquesa Rikke Kornvig foi a vencedora da segunda série, neste caso com um considerável avanço sobre a segunda classificada, a finlandesa Ingrid Stengard. A austríaca Michaela Gigon, para muitos a melhor atleta de sempre da história da Orientação em BTT feminina, correu igualmente na segunda série, tendo-se quedado pela 9ª posição.

Finalmente, nos Mundiais de Juniores, Tiago Silva e Cristiano Silva estiveram em excelente plano, concluindo nos 16º e 28º lugares da tabela, respectivamente, entre 59 atletas. A vitória coube ao dinamarquês Rasmus Søgaard, com a Dinamarca a meter três atletas seus nos quatro primeiros lugares. No sector feminino marcaram presença nesta qualificatória 26 atletas, com o melhor tempo a pertencer à russa Svetlana Poverina.


Resultados

WOC Masc A
1º Lasse Brun Pedersen (Dinamarca) 1:28:05
2º Beat Schaffner (Suiça) 1:33:11
3º Christian Hohl (Suiça) 1:33:19
4º Martin Sevcik (Rep. Checa) 1:33:44
5º Yoann Garde (França) 1:34:27
6º Davide Machado (Portugal) 1:34:30

WOC Masc B
1º Samuli Saarela (Finlândia) 1:30:32
2º Tobias Breitschädel (Áustria) 1:33:02
3º Piero Turra (Itália) 1:33:46
4º Valeriy Glukhov (Rússia) 1:34:22
5º Beat Oklé (Suiça) 1:35:03
6º Tõnis Erm (Estónia) 1:36:08
(…)
12º Carlos Simões (Portugal) 1:39:08
17º João Ferreira (Portugal) 1:44:59

WOC Masc C
1º Erik Skovgaard Knudsen (Dinamarca) 1:21:05
2º Ruslan Gritsan (Rússia) 1:24:28
3º Giaime Origgi (Itália) 1:27:18
4º Andreas Rief (Áustria) 1:29:09
5º Clément Souvray (França) 1:29:31
6º Jiri Hradil (Rep. Checa) 1:30:18
(…)
13º Paulo palhinha (Portugal) 1:36:18
20º Daniel Marques (Portugal) 1:45:09

WOC Fem A
1º Christine Schaffner (Suiça) 1:18:11
2º Marika Hara (Finlândia) 1:18:58
3º Ursina Jäggi (Suiça) 1:20:01
4º Maja Rothweiler (Suiça) 1:21:37
4º Marte Reenaas (Noruega) 1:21:37
6º Susanna Laurila (Finlândia) 1:24:26

WOC Fem B
1º Rikke Kornvig (Dinamarca) 1:09:33
2º Ingrid Stengard (Finlândia) 1:16:39
3º Laura Scaravonati (Itália) 1:18:16
4º Ekaterina Illarionova (Rússia) 1:21:08
5º Kaisa Pirkonen (Finlândia) 1:24:14
6º Ksenia Chernykh (Rússia) 1:24:22

JWOC Masc
1º Rasmus Søgaard (Dinamarca) 0:56:42
2º Alexey Terekhov (Rússia) 0:59:46
3º Andreas Bergmann (Dinamarca) 1:01:39
4º Andreas Proschowsky (Dinamarca) 1:02:56
5º Chris Firman (Austrália) 1:03:12
6º Filipp Zhikharev (Rússia) 1:04:11
(…)
16º Tiago Silva (Portugal) 1:09:27
28º Cristiano Silva (Portugal) 1:13:19

JWOC Fem
1º Svetlana Poverina (Rússia) 1:14:20
2º Camilla Soegaard (Dinamarca) 1:22:31
3º Magdalena Seifertova (Rep. Checa) 1:23:25
4º Tatiana Repina (Rússia) 1:25:10
5º Henna Saarinen (Finlândia) 1:28:30
6º Mar ie Brezinova (Rep. Checa) 1:28:52

Saiba tudo em http://www.mtbo2011.org/ ou aqui, no seu Orientovar.


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: