sexta-feira, 26 de agosto de 2011

CAMPEONATOS DO MUNDO DE ORIENTAÇÃO EM BTT WOC MTBO & JWOC MTBO 2011: IMPRESSÕES (V)





Depois da final de Distância Média, eis um punhado de notas donde se destaca a opinião de Michaela Gigon, penta-campeã do Mundo de Distância Média e ainda de toda a comitiva portuguesa.



Fiz uma prova perfeita e apenas naqueles dois pontos mal marcados no terreno (ponto 6 e ponto 12) perdi algum tempo. Mas as outras concorrentes perderam aí muito mais tempo do que eu. A Anna Kaminska quase poderia ter sido mais rápida, mas cometeu um erro no último ponto de controlo e perdeu aí a prova. Estou muito contente com mais este título, sobretudo depois do resultado na final de Distância Longa onde terminei no 11º lugar. Confesso que me senti algo desmotivada depois dessa prova, num mau mapa e num terreno nada excitante. Dum modo geral não sou grande adepta dos mapas e dos terrenos italianos, mas parece que me consegui adaptar.
Michaela Gigon, Austria

I had a perfect race, just lost a little time in those two places where the map was wrong (control 6 + 12). But other riders lost much more time there. Anna Kaminska would almost have been faster but she made a mistake to the last control and lost it there. I am very happy about my victory, especially after Long Distance where I finished 11th and was not motivated at all after that race on a bad map in a not very exciting terrain. Generally I am not a big fan of the Italian maps and terrains but I seem to have adapted.
Michaela Gigon, Austria


De que forma correu a prova? Toda a área da Distância Média requeria muita atenção. As opções não eram óbvias devido à enorme rede de caminhos e a um terreno muito variado. Até ao ponto de espectadores, corri de forma certa e segura. A pressão e a fadiga – e, infelizmente, a falta de concentração que acarretou dois erros mesmo no final – foi suficiente para perder a vantagem que trazia. Agora já com os pés assentes, estou contente com o resultado e feliz pela minha segunda medalha em Campeonatos do Mundo. Todavia, sinto-me insatisfeita.
Anna Kamińska, Polónia


O meu treinador escreveu um livro intitulado “Orienteering it is Process or Outcome”, que se aplica à minha vida como desportista: Não corro pelos resultados. É um processo, um jogo, uma vida. Quer saber as minhas impressões acerca dos resultados e eu respondo: sim, estou contente com os meus resultados e isso será suficiente para me sentir feliz comigo mesma. Mas sei que tenho muito trabalho pela frente.
Olga Vinogradova, Russia


Bom, hoje para ser sincero, só pelo facto de não ser tão físico, sabia que podia fazer melhor que na Longa. Mas não queria pensar muito nisso para não ficar pressionado. E pronto. O resultado final foi melhor, mas a nível de técnica falhei mais do que na Longa. Fisicamente senti-me bem. Estou muito contente com a minha prestação em todas as provas.
Cristiano Silva, Portugal


Hoje senti muito cansaço acumulado ainda da Distância Longa. Não conseguindo colocar grandes ritmos, tentei fazer uma Orientação certa. A meio de prova estava a sentir-me muito bem, quando numa descida de pedra muito técnica uma atleta doutro escalão se coloca à minha frente. Caí e não foi uma queda muito fácil, pois foi em pedra o que me deixou um pouco atordoado. Perdi muito tempo nesse ponto e a partir daí fui com dores no joelho, que não me permitiam colocar força mas apenas rotação. No geral penso que não tivemos muita sorte nesta etapa, mas estamos prontos para as Estafetas!
Tiago Silva, Portugal


Hoje foi uma jornada para esquecer. Muitos erros técnicos e uma roda partida que fez com que finalizasse a prova com a menina às costas . Em relação ao terreno, voltámos a ter um mapa muito técnico e físico, onde a mais pequena distracção nos levava ao erro. Tivemos mais uma vez, como nos dias anteriores, uma arena na zona de partida e chegada espectacular. Como experiência está a ser formidável, mas no meu caso a falta de experiência em andar neste tipo de terreno completamente diferente ao que estou habituado tem-se feito notar. Agora, com a prova de equipas, espero estar mais descontraído e assim entrar melhor nos mapas e ajudar a minha equipa a alcançar o seu objectivo.
Carlos Simões, Portugal


Foi o dia mais negro para a selecção neste Campeonato do Mundo... Disso não há dúvida e os resultados espelham isso mesmo. Quanto à minha prestação, ficou marcada, principalmente, por um erro no ponto 5 que "custou" aproximadamente sete minutos. Ocorreram, ainda, mais algumas hesitações, mas a nível físico continuo a senti-me bem. Segue-se a Estafeta onde esperamos que o resultado espelhe mais o que esta Selecção vale.
Paulo Palhinha, Portugal


A ver pelo meu resultado, fnão foi de todo uma boa prova, àquem do esperado por mim e talvez por todos os que me têm acompanhado e apoiado. Tecnicamente era um mapa bem mais difícil, muito técnico, grande rede de caminhos, muitas opções de escolha e fisicamente era também muito exigente, tornando esta prova muito completa, como deve ser! Fisicamente ressenti-me um pouco na parte inicial, embora tenha recuperado totalmente no desenrolar do percurso. Tecnicamente é que cometi alguns erros que me custaram alguns bons minutos. Agora é descansar ao máximo de modo a que estejamos preparadissímos para grandes resultados nas Estafetas, a ver vamos. Uma coisa é certa, tanto da minha parte como da parte da restante comitiva: demos, damos e daremos sempre o nosso melhor!
Davide Machado, Portugal


Fiz uma prova regular, sem erros e dentro da minha preparação física.
Daniel Marques, Portugal


Perdi cerca de dois minutos para os dois primeiros pontos, não entrei bem no mapa. À saída do 2º ponto tive uma grande queda, que condicionou a restante prova pois lesionei a mão direita e a parte da anca. Pensei em desistir mas quis representar Portugal até ao último esforço, acabando a prova em grandes dificuldades, com bastantes dores. Veremos como estarei para as Estafetas, espero que já totalmente recuperado.
João Ferreira, Portugal


Acompanhe os Mundiais em http://www.mtbo2011.org/ ou aqui, no seu Orientovar.

[Foto de Cristiano Silva, extraída da galeria oficial do evento em http://www.mtbo2011.org/photogallery.php]


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: