quinta-feira, 25 de agosto de 2011

CAMPEONATOS DO MUNDO DE ORIENTAÇÃO EM BTT WOC MTBO & JWOC MTBO 2011: IMPRESSÕES (IV)




São ainda os ecos da final de Distância Longa da passada terça-feira, com as impressões de mais um punhado de campeões.


A prova foi boa. Parti bem, mas a partir dos setenta e cinco minutos de corrida comecei a ter problemas com o calor. Falhei algumas ligações de trilhos. Sobretudo, não consegui lutar o suficiente.
Maja Rothweiler, Suiça


Decerto todos ouvimos falar desta tórrida final de Distância Longa. Sei que me adapto bem a condições de calor e, portanto, mantive um pensamento positivo durante toda a prova. Também a leitura do mapa e as opções que fiz estiveram sempre controladas. Só a força nas minhas pernas após oitenta minutos de prova, por altura da troca de mapas, não foi tão boa como eu esperava.
Beat Oklé, Suiça


Faço um balanço positivo desta final de Distância Longa. Consegui superar as expectativas que tinha e isso deixa-me muito motivado para as provas seguintes. Comecei a prova um pouco lento para tentar não cometer nenhum erro inicial de leitura de mapa, mas no 6º ponto, quando fui fazer o 'loop', desconcentrei-me e parti em direcção ao ponto 12, o que me fez perder cerca de quatro minutos. Aliado a este momento de desconcentração, fiz duas opções que não foram as melhores. Fisicamente senti-me muito bem. Tenho de salientar a excelente prestação de toda a Selecção Nacional!
Tiago Silva, Portugal


Estamos muito empolgados pelo resultado do Davide Machado, por isso o ambiente não poderia ser melhor. O Davide provou que é um atleta de classe mundial e nós sentimo-nos com muita sorte e orgulho por tê-lo entre nós. Foi a primeira vez na História que vimos a bandeira de Portugal presente num palco do Campeonato do Mundo de Elites, foi muito emocionante. Apoiem o Davide Machado porque ele merece... Em relação a mim, não estou treinado e, por isso, fiz uma prova sofrida, com uma gestão de esforço complicada. A prova de Distância Longa era quase exclusivamente física, havia pouca dificuldade técnica, por isso senti muitas dificuldades. O objectivo da minha vinda a este Mundial é a Distância Média e o Sprint (são provas mais curtas, com mais influência técnica). Optei por um ano sabático, por isso é normal que os meus resultados sejam medianos. No entanto procuro que a minha experiência ajude e motive os meus companheiros de Selecção.
Daniel Marques, Portugal


Estou contente com a minha prestação. Apresentei-me bem fisicamente e consegui melhorar o 40º lugar de Israel. No entanto tive um furo na parte final da prova que me atrasou nos últimos pontos e também cometi alguns erros de navegação.
João Ferreira, Portugal


A final de Distância Longa foi uma prova muito dura fisicamente mas muito bonita, como têm sido até aqui. Comecei por tentar de início manter um ritmo mais calmo mas constante e manter-me o mais concentrado possível. Cometi alguns erros até ao ponto 15, mas sem grandes prejuízo em termos de tempo, mas a partir daí, até ao ponto 21, foi uma sucessão de erros que me fizeram perder bastantes minutos e cerca de 10 lugares na classificação final e que culminou com uma queda antes desse mesmo ponto que me levou até ao Hospital local para ser suturado com 7 pontos no queixo. Parece que a queda até me fez bem porque, daí até ao final, fiz uma prova limpa. Apesar de saber que tenho capacidades para fazer um resultado melhor, não estou desiludido com a prestação. Não posso deixar de dar os meus parabéns aos meus colegas de Selecção pelos excelentes resultados obtidos, com particular destaque para o excelente resultado do Tiago e, como não podia deixar de ser, para a memorável prestação do nosso David. Parabéns!
Carlos Simões, Portugal


Foi mais um dia de muito, muito calor. O percurso apresentou muitos quilómetros e um acumulado de desnível que acabou por ser bem superior aos 1.350 metros anunciados e que causaram algumas dificuldades a nível físico. Cometi alguns erros técnicos na Orientação, em parte justificados pelo calor (e outros sem justificação!). Posso considerar o resultado final - 46º lugar, em 2:41:40 - dentro dos objectivos traçados. Aproveito para saudar o nosso campeão Davide Machado pelo brilhante 5.º lugar!

Paulo Palhinha

Acompanhe os Mundiais em http://www.mtbo2011.org/ ou aqui, no seu Orientovar.

[Final de Distância Longa, foto do pódio masculino extraída da página oficial dos Mundiais, em http://www.mtbo2011.org/photogallery.php]


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

1 comentário:

Anónimo disse...

também usam a camisola de campeão do mundo como no ciclismo?

ILCO