terça-feira, 23 de agosto de 2011

CAMPEONATOS DO MUNDO DE ORIENTAÇÃO EM BTT WOC MTBO & JWOC MTBO 2011: DAVIDE MACHADO, GRANDIOSO!




Eram 14:27 quando o telemóvel tocou. Do outro lado, Daniel Marques espelhava na voz a emoção que se vivia em torno do fabuloso 5º lugar de Davide Machado na Final de Distância Longa dos Campeonatos do Mundo de Orientação em BTT. Não tardou nada, era com o nosso campeão que falávamos. Percebemo-lo tranquilo, sempre humilde, quase envergonhado, como um menino que tem nas mãos um brinquedo enorme e não sabe muito bem o que fazer com ele. Davide Machado respondeu assim às questões que, circunstancialmente, lhe colocámos.


Orientovar - Quando, na antevisão que fez dos Mundiais, o Orientovar escreveu que não era irrealista de todo pensar que poderiam ser melhorados os resultados de 2010, sentiu isso mesmo, ou seja, estava nas suas expectativas melhorar o 7º lugar da final de Distância Longa de Montalegre?

Davide Machado – Não estava realmente à espera, mas tinha como objectivo fazer uma boa prova e tentar melhorar esse resultado. Felizmente consegui. Foi bom.

Orientovar - Como é que viu este mapa e o terreno e de que forma procurou gerir a sua prova?

Davide Machado – O mapa tinha algumas opções difíceis, outras nem tanto, mas era sobretudo muito duro fisicamente. A acrescentar a isso, as elevadas temperaturas que se fazem sentir, foi uma prova muito dura mesmo. A gestão que fiz da prova foi dar o máximo de início ao fim, embora tenha feito ali uma ou duas más opções, umas indecisões, mas de resto correu bem.

Orientovar - Sentiu em algum momento que estava aí a "pintar" um resultado de excelência?

Davide Machado – Durante a prova senti que as coisas me estavam a correr muito bem, sentia-me bem fisicamente, as indecisões não constituíam nada de mais e, por isso, sentia que estava a fazer uma boa prova. As contas só se fazem no final e nunca sabemos qual a nossa posição no momento, até porque a concorrência era muito forte. Mas sabia que estava a correr para um bom lugar na classificação.


Sem as más opções de que falei, teria chegado ao pódio

Orientovar - O que é que se sente com um diploma de quinto lugar nas mãos?

Davide Machado – Sem as más opções de que falei, teria chegado ao pódio. Terei perdido sensivelmente um minuto e meio e isso acaba por fazer a diferença.

Orientovar - O grande objectivo para estes Mundiais está cumprido ou ainda podemos contar com mais um par de belas surpresas?

Davide Machado – Não sei. Estou muito bem fisicamente e sei que isso era um trunfo para a Longa. Temos agora um dia de descanso e que vai saber muito bem. Depois, quanto à Média, vamos a ver. Não posso prometer nada, mas vamos a ver o que consigo fazer.

Orientovar – Quer dedicar este resultado a alguém em particular?

Davide Machado – Dedico este resultado a todos aqueles que me têm apoiado e que estão a torcer por mim neste momento.

Acompanhe os Mundiais em http://www.mtbo2011.org/ ou aqui, no seu Orientovar.


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

1 comentário:

Presidente disse...

Grande campeão (em tudo)!
Parabéns a todos os atletas presentes nos campeonatos.
Abraço