quarta-feira, 6 de julho de 2011

JWOC 2011: PEDRO SILVA E LUÍS SILVA GARANTEM PRESENÇA NA FINAL A DE DISTÂNCIA MÉDIA DE AMANHÃ




Eskil Kinneberg, Andreu Blanes, Marius Thrane Odum, Linnea Martinsson, Johanna Olsson e Tove Alexandersson foram os vencedores das séries qualificatórias da prova de Distância Média do Campeonato do Mundo de Juniores de Orientação Pedestre JWOC 2011, que hoje tiveram lugar em Wejherowo, na Polónia. Um dia em que Portugal esteve em excelente plano ao colocar Pedro Silva e Luís Silva na grande Final A de amanhã.


Pedro Silva e Luís Silva conseguiram esta manhã, em Wejherowo, carimbar o passaporte para a tão almejada final A da prova de Distância Média do Campeonato do Mundo de Juniores de Orientação Pedestre JWOC 2011. Um marco histórico na carreira de ambos os atletas, a confirmação dum bom conjunto de desempenhos nesta particular competição e um feito que repete o sucedido em 2009, quando Tiago Romão e Diogo Miguel fizeram história, conseguindo igualmente chegar à Final A nesta distância.

Distribuídos por três séries qualificatórias, os 161 atletas masculinos que alinharam à partida sabiam que só um lugar entre os vinte primeiros de cada série permitiria o acesso à Final A. João Mega Figueiredo, aquele sobre quem recaiam as maiores esperanças portuguesas e cujas legítimas ambições passavam por um lugar entre os finalistas maiores da prova de Distância Média destes Mundiais, alinhou na primeira série e não foi além da 36ª posição, com o tempo de 23:44. O melhor, porém, estava para vir. Luís Silva com a 20ª posição na terceira série e Pedro Silva com um 18º lugar na segunda série, arrancaram de forma merecida – ainda que “a ferros” - o passaporte para final A que se disputa amanhã. Na segunda série, que teve como vencedor o espanhol Andreu Blanes, Vice-Campeão do Mundo de Sprint, Luís Silva gastou 22:55 e alcançou, como dissemos, o 20º lugar, com uma vantagem de 11 segundos sobre o 21º classificado, o australiano Joshua Blatchford. Quanto à terceira série, Pedro Silva concluiu na 18ª posição com o tempo de 22:13 enquanto nesta mesma série Miguel Ferreira foi o 47º classificado com um registo de 27:17. Os sessenta atletas que marcarão presença na Final A representam 23 países, com dinamarqueses, suecos, finlandeses e noruegueses a garantirem cinco atletas cada um na grande final. República Checa e Grã-Bretanha, com quatro atletas e Nova Zelândia, Suiça e Rússia com três atletas cada, são os países que se seguem em número de presenças.


Resultados Masculinos

M20 – Série A (55)
1º Eskil Kinneberg (Noruega) 19:47
2º Christoph Prunsche (Alemanha) 20:04
3º Michal Olejnik (Polónia) 20:25
4º Pavel Kubát (República Checa) 20:28
5º Rafal Podzinski (Polónia) 20:29
(…)
20º Oscar McNulty (Austrália) 21:59
36º João Mega Figueiredo (Portugal) 23:44

M20 – Série B (52)
1º Andreu Blanes (Espanha) 20:48
2º Philipp Schiel (Austria) 21:13
3º Lucas Basset (França) 21:22
4º Gene Beveridge (Nova Zelândia) 21:28
4º Jonas Nordström (Suécia) 21:28
(…)
20º Luís Silva (Portugal) 22:55

M20 – Série C (54)
1º Marius Thrane Odum (Dinamarca) 20:13
2º Kristian Jones (Grã-Bretanha) 20:42
3º Martin Vister (Noruega) 20:44
4º Topias Tiainen (Finlândia) 20:53
5º Albin Ridefelt (Suécia) 20:56
(…)
18º Pedro Silva (Portugal) 22:13
20º Raivo Kivlenieks (Letónia) 22:21
47º Miguel Ferreira (Portugal) 27:17


Mariana Moreira apenas a 39 segundos da Final A

No sector feminino participaram um total de 134 atletas, com a Suécia a arrebatar, só à sua conta, as vitórias nas três séries qualificatórias. Começando pela terceira e última série, Tove Alexandersson começou da melhor maneira a defesa dos títulos alcançados nesta distância em 2009 e em 2010. Tove Alexandersson venceu com o tempo de dezanove minutos exactos, numa série onde a portuguesa Vera Alvarez foi 35ª classificada, a 8:27 da vencedora. Na primeira série qualificatória, venceu a sueca Johanna Olsson, com Paulina Faron a garantir a única presença da Polónia na final A feminina, ao terminar na sexta posição. A portuguesa Carolina Delgado conseguiu chegar ao 30º lugar, a menos de dois minutos do tão desejado 20º lugar.

Finalmente, na segunda série qualificatória, Mariana Moreira concluiu no 23º lugar, a escassos 39 segundos da qualificação e ainda não é desta que Portugal leva uma atleta feminina a uma final A de Distância Média do JWOC. Numa prova que teve na sueca Linnea Martinsson a grande vencedora, com o tempo de 17:39, Ida Bobach (Dinamarca), a multi-campeã do Mundo, foi segunda classificada, com mais cinco segundos que a vencedora. Suécia e Dinamarca conseguiram apurar todas as suas atletas, num total de seis, para final A. Na mesma prova, igualmente em força, estarão a Noruega, Finlândia e Suiça, com cinco atletas cada, e ainda a República Checa, Grã-Bretanha e Áustria, cada qual com quatro atletas. Ao todo, as sessentas atletas presentes na grande final de amanhã estarão em representação de 21 países.


Resultados Femininos

W20 – Série A (45)
1º Johanna Olsson (Suécia) 17:52
2º Helena Karlsson (Suécia) 18:11
3º Ita Klingenberg (Dinamarca) 18:51
4º Tereza Novotná (República Checa) 18:56
5º Maren Jansson Haverstad (Noruega) 19:28
(…)
Fanny Roche (França) 21:38
30º Carolina Delgado (Portugal) 23:36

W20 – Série B (44)
1º Linnea Martinsson (Suécia) 17:39
2º Ida Bobach (Dinamarca) 17:44
3º Anja Arbter (Austria) 19:41
4º Nicoline Friberg Klysner (Dinamarca) 19:53
5º Anastassia Denicova (Bielorússia) 19:56
(…)
20º Anna Närhi (Finlândia) 21:55
23º Mariana Moreira (Portugal) 22:34

W20 – Série C (45)
1º Tove Alexandersson (Suécia) 19:00
2º Mairead Rocke (Grã-Bretanha) 19:09
3º Julia Blomquist (Grã-Bretanha) 19:23
4º Julia Gross (Suiça) 19:48
5º Emma Klingenberg (Dinamarca) 20:06
(…)
20º Katrin Vinkel (Estónia) 23:03
35º Vera Alvarez (Portugal) 27:27


Amanhã é dia de “levar a cruz ao Calvário”

Amanhã a Final de Distância Média corre-se a partir das 10h00 (hora local), num mapa designado por “Wejherowo Kalwaria”. A ressonância do nome já fazia suspeitar algo e o tradutor do Google desfez todas as dúvidas: é ao Calvário de Wehjerowo que subirão somente alguns, a caminho da glória. Todos os outros, ficarão pelo caminho.

Tudo para acompanhar em http://www.jwoc2011.pl/ ou aqui, no seu Orientovar.

[Foto da autoria de Slawomir Cygler, extraída do seu Álbum em https://picasaweb.google.com/cygler.s/JWOC2011Sprint2]


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: