quarta-feira, 22 de junho de 2011

DUAS OU TRÊS COISAS QUE EU SEI DELA...




1. Swiss Olympic é uma organização helvética que se assume como a rampa de lançamento para atletas que tenham por objectivo aceder ao mais alto nível internacional e participar nos Jogos Olímpicos. A ambição de colocar a Suiça, a médio prazo, entre as oito melhores nações do mundo nos Jogos Olímpicos de Inverno e entre as 25 melhores nações nos Jogos Olímpicos de Verão é o grande motor para as iniciativas levadas a cabo pela organização. Entre os cinquenta e dois atletas classificados como “de topo” pela organização, encontram-se nomes como os de Fabian Cancellara (Ciclismo), Roger Federer (Ténis) ou Nicola Spirig (Triatlo). Mas encontram-se também os nossos bem conhecidos Matthias Merz, Daniel Hubmann e Simone Niggli-Luder, orientistas de excelência, isto apesar da Orientação não ser uma modalidade olímpica. E mais, na secção “talentos”, podemos perceber a presença de Bettina Aebi, Florian Howald, Sarina Jenzer, Fiona Kirk e Matthias Kyburz, enquanto no Desporto Escolar despontam nomes como os de Franziska Dörig, Julia Gross, Sophie Tritschler e Patrick Wägeli, todos eles esperanças da Orientação suiça e mundial. Quanto ao Programa, vale a pena atentar nesta realidade inscrita no “caderno de encargos” da Swiss Olympic: “Os objectivos a longo prazo consistem, também, em abrir perspectivas profissionais aos desportistas de Elite após terminarem as suas carreiras desportivas.” Saiba mais em http://www.swissolympic.ch/.


2. É já no próximo sábado, dia 25, que tem lugar na Praia de Pedrógão o 13º Grande Prémio de Orientação do RA4, evento de Orientação Pedestre que conta com a assinatura organizativa do COC – Clube de Orientação do Centro. A prova, de carácter local, é pontuável para o 1º Troféu OriDunas e engloba, pela primeira vez, o Campeonato Nacional Universitário, organizado em colaboração com a Federação Académica do Desporto Universitário. Com uma sempre espectacular Partida em Massa (percursos com 'loops'), a prova decorre nas dunas de Pedrógão, revisitando os terrenos que foram palco, ainda recentemente, da Final de Distância Longa do Campeonato do Mundo de Veteranos WMOC 2008 e das provas de Distância Média e de Distância Longa da Taça dos Países Latinos e Campeonato Ibérico 2010. Até ao momento o número de inscritos é de 226, distribuídos por 17 escalões de competição e quatro escalões de promoção. Entre os presentes, destaque para um excelente leque de Campeões Nacionais em título, casos de Miguel Silva, Tiago Romão, Diogo Miguel e Raquel Costa. Refira-se, a título de curiosidade, que os vencedores da edição anterior foram Tiago Aires e Raquel Costa, ambos da turma arraiolense do GafanhOri. Tudo para conferir em http://www.coc.pt/eventos/25jun2011/.


3. Também o 4º Torneio .ComMapa conhece este sábado, no Complexo da Rodovia, em Braga, a sua 9ª etapa. Com partidas livres entre as 10h00 e as 12h00, os participantes são convidados, como vem sendo hábito, a optar entre o percurso fácil (1.400 metros) e o percurso difícil (4.000 metros). Atenção que o percurso difícil introduz uma 'nuance' que representa um desafio extra e fará certamente as delícias dos participantes. Trata-se da Orientação por Memorização (ou Percurso Norueguês), que abrange os últimos 1.400 metros do percurso e é feito sem recurso a mapa. Tânia Covas Costa, a Directora da Prova, deixa aqui a explicação: “Em cada ponto de controlo há um mapa que mostra o local onde se encontra o próximo ponto. Na partida e em cada controlo, o orientista deve memorizar detalhes do mapa e do percurso que lhe permitam navegar com sucesso até ao próximo ponto, onde poderá memorizar detalhes para o percurso seguinte. Este tipo de competição exige que o atleta observe e retenha rapidamente na memória características que o levem até ao próximo objectivo. O orientista não deve perder muito tempo memorizando detalhes desnecessários em cada controlo, mas deve lembrar-se de detalhes suficientes que façam com que ele não se perca e consiga encontrar o ponto de controlo seguinte.” As informações técnicas desta 9ª Etapa encontram-se em http://www.pontocom.pt/actividades/IVTorneioCOMmapa/etapa9.php.


4. Festa maior da Orientação mundial, a popular Jukola, prova por Estafetas que reuniu este ano mais de 15.000 participantes nas florestas da Finlândia, viu-se manchada por aquilo a que o World of O designa por “pequeno escândalo”. Com efeito – pasme-se! - nem todas as equipas correram o mesmo percurso total na prova deste ano. O problema ocorreu nas primeira e segunda mangas, onde 100 das 1500 equipas masculinas tinham pontos de dispersão errados. A questão prende-se com a percepção do tempo que eventualmente isto pode ter representado em termos de ganhos ou perdas às equipas afectadas. O World of O fez as contas por alto e chegou à conclusão que o tempo médio gasto a mais ou a menos poderá cifrar-se, nalguns casos, entre os sete e os doze minutos. Entre os mais “beneficiados” poderão estar as turmas do IFK Moras OK 1 (14º lugar) ou do Bäkkelagets SK 1 (30º lugar), enquanto do lado dos prejudicados o Tampereen Pyrintö 2 (49º lugar) poderá ser um dos clubes que mais razões de queixa tem. Para perceber melhor toda a conjuntura deste incidente, vale a pena despender algum tempo a analisar o material apresentado nas páginas do World of O, em http://news.worldofo.com/2011/06/20/jukola-2011-forking-error/.


5. No preciso dia em que se dava por concluída, em Peniche, a 17ª edição dos Campeonatos Nacionais de Distância Média e de Sprint 2011, já o Grupo Desportivo dos Quatro Caminhos disponibilizava na internet a página dos Nacionais do próximo ano, naquilo que constitui uma vez mais um exemplo à parte no pobre panorama da comunicação ao nível da Orientação nacional. Com um visual extraordinariamente apelativo, o site do Norte Alentejano O' Meeting 2012, que decorrerá em Marvão nos dias 2 e 3 de Junho, disponibiliza já uma invejável quantidade de conteúdos e informações práticas de enorme utilidade, donde se destaca uma reportagem sobre Luzir, definida aqui como “profissional de desporto (…) apaixonada por movimento”. Nas palavras de Cátia Relíquias, pessoa que conhece a fotógrafa como ninguém, Luzir “interessa-se particularmente pelos projectos que sente não obterem a atenção que merecem.” Daí que, prosseguindo com o seu raciocínio, “a Orientação, sendo um desporto exigente, praticado por amantes da natureza praticamente ignorados pela comunicação social, cumpre todos os requisitos para ser um projecto a abraçar.” Vale a pena passar em http://gd4caminhos.com/eventos/naom/2012/, desde logo para (re)descobrir a “fotógrafa do coração”, Luzir.


6. Se 2011 é o Ano Europeu das Actividades Voluntárias para a Cidadania Activa ele é, ao mesmo tempo, o Ano Internacional das Florestas. É neste contexto que a AMO Portugal – Associação Mãos à Obra Portugal traz a público o projecto “Vigilância Florestal, detecção e alerta de incêndios florestais e apoio a sistemas de combate”. A AMO Portugal pretende, desta forma, intervir e criar um plano de Protecção Florestal, que abranja todas os factores inerentes à floresta, tudo o que depende dela e que lhe pertence.
Inspirada na imagem da parábola do beija-flor (que sozinho, com uma gota de água no seu pequeno bico, tenta apagar um incêndio), a AMO Portugal está a criar acções que envolvam entidades, grupos e organizações, procurando parcerias para coordenar, orientar e concretizar os objectivos propostos.
É precisamente nesta linha de actuação que surge o “Dia Zero Incêndios em Portugal”, agendado já para o próximo sábado e que irá espalhar esta onda de solidariedade por todo o país. As actividades serão coordenadas por Judite Maia-Moura e as mais diversas informações podem ser obtidas através do 936 471 464 ou pelo e-mail mourexpor@mail.telepac.pt. Pode igualmente visitar a página da AMO Portugal em http://www.amoportugal.org/. Para todos aqueles que se voluntarizam por estas causas sem pretenderem ser remunerados, glorificados ou distinguidos, sem pretenderem ser radicalistas, extremistas ou sensacionalistas, antes trabalham no sentido de distinguir, erguer, enaltecer, defender, zelar e proteger a nossa Floresta, a Natureza, o Meio Ambiente e o nosso Ecossistema, para eles vai, com a minha sincera admiração e apreço, o Louvor da Semana!


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: