segunda-feira, 20 de junho de 2011

CAMPEONATO DO MUNDO DE VETERANOS DE ORIENTAÇÃO EM BTT 2011: SUSANA PONTES REPETE 4º LUGAR




Chegaram ao fim em Rättvik, na Suécia, os Campeonatos do Mundo de Orientação em BTT 2011. Na prova de Sprint que encerrou o “programa das festas”, Susana Pontes voltou a ser quarta classificada no seu escalão, como que a confirmar a ideia de que “não há duas sem três”.


Um vigoroso Sprint, num mapa tecnicamente muito exigente, marcou o final dos Campeonatos do Mundo de Veteranos de Orientação em BTT, evento que contou com a presença de centena e meia de atletas em representação de 17 países, entre os quais Portugal. No escalão W40, Susana Pontes voltou a ser a quarta classificada, repetindo os lugares alcançados nas finais de Distância Média e de Distância Longa, disputadas nos dias anteriores. A atleta portuguesa concluiu a sua prova com o tempo de 44.45, a distantes 8.05 da vencedora, a finlandesa Kirsi Korhonen (Navi), mas a escassos 71 segundos do pódio.

Uma vez mais, Susana Pontes privilegiou o Orientovar como fonte de notícia, começando por confidenciar, ironizando com a situação, que “já acabou... mais umas cinquenta provas e, quem sabe, chegaria ao 3º lugar... Não tinha de acontecer!...” Falando do mapa, "à semelhança do que acontecera no prova de ontem, revelou-se tecnicamente difícil, também no início e final da prova, todo a atenção era pouca... Mas simplesmente fantástico”. No tocante à sua prova, “lá foi mais um 4º lugar... muita atenção, concentração, lentidão e sem arriscar... e não deu mais que um 4º lugar... outro!!! Melhor que 5º ou 6º... Mas mais uma vez! O local... difícil leitura, muitos pormenores e opções a tomar... Valeu a pena!!! O pódio desta vez foi diferente, mas apesar de eu ficar à frente da habitual terceira classificada, apareceu mais uma adversária de peso que nos dias anteriores correu a Taça do Mundo!! VALEU A PENA!” As últimas palavras desde a Suécia vão direitinhas para o Orientovar: “Muito obrigado por dedicar algum espaço do seu blog à Orientação em BTT. Ela merece, quando apenas estão seleccionados três atletas masculinos para o Campeonato do Mundo de Orientação em BTT, em Itália...”


Rui Botão sempre a subir

Quanto a Rui Botão, competindo no escalão M40, subiu mais um lugar na tabela classificativa relativamente à prova de ontem, sendo hoje o 23º classificado com o tempo de 40.52. A vitória voltou a sorrir ao checo Jaroslav Rygl, que gastou menos 9.51 que o atleta português. A propósito da sua prova, Rui Botão confessa que “não houve tempo para respirar, aliás o bidon de água chegou ao fim cheio pois não houve tempo para o levar à boca. Foi tudo muito rápido e tínhamos de ir sempre a olhar para o mapa. Hoje, como a área era mais pequena, estávamos sempre a ver outros atletas e havia muitos pontos. Mas continuou tudo em beleza.” Uma nota e um convite a terminar: “Aqui a floresta é simplesmente espectacular. Vai ser muito difícil esquecer esta experiência. Aconselho a qualquer um que goste de fazer Orientação em BTT.”


Resultados
W40
1º Kirsi Korhonen (Navi) 36.40
2º Antje Bornhak (OLA TSV Deggendorf) 38.42
3º Mette Rønning Steffensen (OK Øst Birkerød) 43.34
4º Susana Pontes (CPOC) 44.45
5º Gledre Rubazeviciene (OK Fortüna) 48.31
6º Sarah Bayliss (GBR MTBO) 48.33

M40
1º Jaroslav Rygl (Czech Republic) 31.01
2º Stephane Toussaint (CSLG Melun) 31.47
3º Henrik Johnsson (OK Tor) 32.08
4º Manfred Stockmayer (HSV OL Wiener Neustadt) 32.11
5º Killian Lomas (GBR MTBO) 33.22
6º Alar Viitmaa (OK Lehola) 33.25
(…)
23º Rui Botão (CPOC) 40.52

Vencedores outros escalões
M/W50 – Sergej Sonnenberg (Germany) e Charlie Somers-Cock (GBR MTBO)
M/W60 – Mikko Lukkarinen (SK Pohjantähti) e Birgit Hausner (OK SG)
M70 – Jorma Veijovaara (SK Pohjantähti)


Finlandeses confirmam preponderância na Taça do Mundo

Quanto à Taça do Mundo 2011, que conheceu hoje a sua sexta etapa, socorremo-nos uma vez mais do testemunho de Susana Pontes: “Foi uma prova de Estafetas na qual tudo correu conforme o esperado. A equipa suiça, que passou o testemunho à frente na 1ª transmissão, na 2ª já passou em 2º, logo seguida da equipa finlandesa, devido a problema mecânico (furo lento) na bicicleta da Christine Schaffner. De resto os resultados falam por si. A Arena foi no mesmo local do dia anterior, com um excelente ambiente e espaço para as estafetas. O público teve local com boa visibilidade para assistir ao espectáculo.”

Resultados
1º Finlândia 1 (Marika Hara, Jussi Laurila, Juho Saarinen) 2.18.08
2º Suiça 1 (Beat Oklé, Christine Schaffner, Beat Schaffner) 2.18.22
3º Dinamarca 1 (Lasse Brun Pedersen, Rikke Kornvig, Erik Skovgaard Knudsen) 2.20.07
4º República Checa 3 (Martina Tichovska, Bogar Frantisek, Marek Pospisek) 2.20.13
5º Finlândia 2 (Susanna Laurila, Pekka Niemi, Samuli Saarela) 2.21.45
6º Polónia 1 (Sebastian Wojtynek, Anna Kaminska, Maciej Gromadka) 2.22.59
7º Rússia 1 (Ksenia Chernyh, Ruslan Gritsan, Anton Foliforov) 2.26.47
8º Austria 1 (Michaela Gigon, Bernhard Schachinger, Tobias Breitschädel) 2.26.49
9º Estónia 1 (Maret Vaher, Margus Hallik, Tõnis Erm) 2.28.09
10º Rússia 2 (Svetlana Poverina, Maxim Zhurkin, Valeri Gluhov) 2.28.39


Resultados completos e demais informações em http://www6.idrottonline.se/templates/Workroom.aspx?id=557714


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

2 comentários:

Presidente disse...

Parabéns à Susana.
A sua dedicação, empenho, trabalho e paixão são um exemplo para todos.
Beijinho

Gino disse...

Parabéns Susana ! :))
Sou teu fã!! Pena que te fugiu o podium, mas todos temos que estar felizes com o teu resultado. Grande Atleta, Grande Betetista, Grande Orientista, Grande Mulher !
Beijo com muito carinho,
Higino Esteves