domingo, 24 de abril de 2011

PORTUGAL O' MEETING DE ORI-BTT 2011: PAULO ALÍPIO E STEPANKA BETKOVA VENCEM PRIMEIRA EDIÇÃO DO CERTAME





Com a disputa da prova de Estafeta, chegam hoje ao fim os Campeonatos Nacionais de Orientação em BTT 2011. Já ontem se ficaram a saber os nomes dos novos Campeões Nacionais de Sprint e de Distância Média, bem como os vencedores da 1ª edição do Portugal O' Meeting de Orientação em BTT. Nos escalões de Elite, Stepanka Betkova e Paulo Alípio são os primeiros atletas a inscrever o seu nome no Livro de Honra do certame.


A Quinta de Santo António, em Sobrena (Cadaval), foi o palco duma dupla jornada de Orientação em BTT de elevada qualidade e emoção. À disputa dos títulos nacionais de Sprint e de Distância Média, juntou-se a atribuição dos troféus aos vencedores da primeira edição do Portugal O' Meeting em BTT, aqueles que melhor desempenho tiveram no somatório dos três Campeonatos Nacionais individuais (os dois referidos e ainda o Campeonato Nacional de Distância longa que teve lugar na véspera, em Outeiro da Cabeça, no concelho de Torres Vedras).

Num espaço considerado pelo organização como “uma pérola para a prática da Orientação em BTT”, graças ao verdadeiro emaranhado de caminhos que viria a revelar-se num autêntico quebra-cabeças para os participantes, foi possível assistir a duelos empolgantes, a títulos discutidos ao segundo e a alguns resultados verdadeiramente inesperados. A luta pelos dois títulos nacionais reuniu um conjunto de 178 atletas, com alguns dos naturais pretendentes a ficarem de fora dos títulos, os quais se viram repartidos de forma bastante equitativa na generalidade dos catorze escalões de competição.


Títulos bem distribuídos

Nos escalões de Elite, e começando pelo sector masculino, são três os nomes que se impõem. Na sequência dos excelentes resultados que fizeram dele a grande sensação da ponta final da temporada anterior, Paulo Palhinha (Casa Povo Abrunheira) sagrou-se Campeão Nacional de Sprint, depois de acesa luta com o maior orientista em BTT português de sempre, Daniel Marques (COC), como o comprovam os quinze segundos de diferença que separaram no final os dois contendores. O segundo nome é o de Davide Machado (.COM), um atleta de quem se espera sempre o melhor e que acabou por rumar à Povoa de Lanhoso com o título de Distância Média na bagagem, depois de bater por escassa margem um fortíssimo Carlos Simões (COALA). Finalmente, Paulo Alípio (COC), que juntou ao título nacional de Distância Longa um terceiro lugar no Nacional de Distância Média e a vitória na primeira edição do Portugal O' Meeting de Orientação em BTT.

No sector feminino, a checa Stepanka Betkova (Ginásio) fez um pleno vitorioso e arrecadou, de forma categórica, o primeiro lugar deste Portugal O' Meeting de Orientação em BTT 2011. Quanto aos títulos Nacionais em disputa, Rita Madaleno (ADFA) repetiu a subida ao lugar mais alto do pódio na prova de Distância Média, após luta acérrima com Susana Pontes (CPOC). Susana Pontes que foi a mais forte na prova de Sprint, recuperando um título que lhe fugia desde a época 2006/2007, altura em que esta distância integrou pela primeira vez o programa dos Campeonatos Nacionais. Apenas a título de curiosidade, recorde-se que foi precisamente nessa época que Susana Pontes conquistou os seus primeiros títulos nacionais, atingindo agora em 2011 a bonita soma de nove, o que a confirma como a atleta portuguesa mais medalhada de sempre no escalão de Elite.


“Plenos” só para senhoras

Quanto aos restantes escalões – e começando pelos mais novos – Ana Margarida Rocha (CIMO) fez o pleno nos Iniciados Femininos, enquanto no sector masculino Duarte Sousa (BTT Loulé/EAFIT/BPI) venceu de novo na Distância Média, ficando o título nacional de Sprint para Ricardo Reis (Ori-Estarreja). Nos Juvenis Masculinos, Paul Roothans (CN Alvito) também “bisou” ao conquistar o título de Distância Média, enquanto Samuel Leal (Ginásio) é o novo Campeão Nacional de Sprint. Finalmente, no tocante aos Juniores Femininos, não se disputou o título Nacional de Sprint e Margarida Colares (CAOS) juntou ao título de Distância Longa o de Distância Média, aliás à semelhança do que acontecera precisamente em 2010. Nos Juniores Masculinos, Mac-Mahon Moreira fez a “dobradinha” ao somar o título de Distância Média ao de Distância Longa conquistado na véspera, enquanto o novo Campeão Nacional de Sprint dá pelo nome de Tiago Silva (ADFA), o Campeão Nacional de Distância Longa em 2010.

Passando aos Veteranos, Rita Gomes (BTT Loulé/EAFIT/BPI) e Luísa Mateus (COC), respectivamente em D35 e D45, fizeram o que delas se esperava, levando de vencida os três títulos nacionais em disputa. Quanto aos restantes escalões, um destaque muito especial para Nuno Patrício (CN Alvito) em H35, ele que levou de vencida os títulos nacionais de Sprint e de Distância Média, depois de ter sido Vice-Campeão Nacional de Distância Longa. Também com dois títulos na bagagem – Distância Longa e Distância Média -, se cotaram Inácio Serralheiro (CN Alvito), em H45, e Luís Sousa (Clube TAP), em H50. Nestes escalões, os títulos nacionais de Sprint ficaram na posse de Mário Duarte (ADFA) e de Albano João (COC), respectivamente. No escalão de H40, títulos repartidos entre Mário Marinheiro (Casa Povo Abrunheira), o de Sprint, e Mário Fernandes (DA Recardães), o de Distância Média. Finalmente, também no escalão H55, se assistiu a uma repartição dos títulos em disputa, com Carlos Ferreira (DA Recardães) a levar de vencida o título de Sprint e Armando Santos (Clube EDP) a revalidar o título de Distância Média.


Colectivos do COC e ADFA hegemónicos na Elite

No que aos títulos colectivos diz respeito, COC (Paulo Alípio, Daniel Marques e Joel Morgado), em Elite Masculinos, e ADFA (Rita Madaleno, Marta Fonseca e Sandra Rodrigues), em Elite Femininos fizeram o pleno de vitórias, somando aos títulos de Distância Longa conquistados na véspera, os de Sprint e de Distância Média. Em Veteranos Masculinos I, a ADFA (Nuno Sousa, António Valentim e Jorge Mendes) levou de vencida os títulos nacionais de Sprint e de Distância Média, enquanto o CIMO (António Rocha, Jorge Silva e Mário Costa) se sagrava Campeão Nacional de Sprint no escalão de Veteranos Masculinos II, enquanto no mesmo escalão, mas na prova de Distância Média, o título viria a sorrir ao CPOC (José Pires, Carlos Coelho e Manuel Relvas).

Finalmente, no tocante à primeira edição do Portugal O' Meeting de Orientação em BTT diz respeito, já aqui dissemos que Paulo Alípio e Stepanka Betkova foram os vencedores nos escalões de Elite. A lista completa é a seguinte:


Resultados
H/D13 – Francisco Ferreira (CIMO) 1000,00 pontos
H15 – Duarte Sousa (BTT Loulé/EAFIT/BPI) 2618,89 pontos
D15 – Ana Margarida Rocha (CIMO) 3000,00 pontos
H17 – Paul Roothans (CN Alvito) 2986,80 pontos
H20 – Cristiano Silva (GD4Caminhos) 2854,14 pontos
D20 – Margarida Colares (CAOS) 2000,00 pontos
HE – Paulo Alípio (COC) 2844,21 pontos
DE – Stepanka Betkova (Ginásio) 3000,00 pontos
H21A – Miguel Gualdino (COAC) 2892,06 pontos
D21A – Cláudia Garcia Monteiro (COC) 2431,98 pontos
H21B – Carlos Lobo (Clube EDP) 3000,00 pontos
H35 – Nuno Patrício (CN Alvito) 2962,72 pontos
D35 - Rita Gomes (BTT Loulé/EAFIT/BPI) 3000,00 pontos
H40 – Mário Marinheiro (Casa Povo Abrunheira) 2809,40 pontos
H45 – Inácio Seralheiro (CN Alvito) 2906,90 pontos
D45 – Luísa Mateus (COC) 3000,00 pontos
H50 – Luís Sousa (Clube TAP) 2955,51 pontos
H55 – Carlos Ferreira (DA Recardães) 2866,94 pontos

Resultados completos e demais informação em http://www.atv.pt/actividades/evento/5/490.


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO