quarta-feira, 20 de abril de 2011

DUAS OU TRÊS COISAS QUE EU SEI DELA...




1. Após uma curtas férias, o Orientovar regressa com enorme prazer ao seu próprio espaço. Esta ausência prendeu-se com uma viagem em família a Londres e gostaria de vos confessar que, pela primeira vez, visitei o Museu Madame Tussaud, onde posei para a posteridade ao lado de figuras que – umas mais do que outras - nos são queridas. A escolha da foto que ilustra este artigo é tudo menos inocente, sobretudo porque me atrevo a reforçar a ideia de que – Beira-Mar àparte! – o Futebol não faz parte do rol das minhas paixões. Mas há aqui uma história para contar e, daí, a foto e... a história. Como muitos saberão, o Museu Madame Tussaud está dividido em secções e é impossível resistir a sentarmo-nos à mesa com o George Clooney, a “beber um copo” com o Sean Connery, a “trocar impressões” com Sir Winston Churchill, a pôr a mão na cintura da Marilyn Monroe ou sobre o ombro da Liza Minelli. Uma das secções é dedicada às figuras que marcaram alguns dos factos mais relevantes da História mundial e, numa das alas, lá estão Saddam Hussein, Fidel Castro, George W. Bush e... Adolf Hitler. Percebi que este último é um dos mais escolhidos para ficar na fotografia. Quem posa com ele não esconde o seu desagrado e as fotos estão repletas de gestos obscenos. Pois bem – e aqui reside o cerne desta minha história –, só há outra figura no Museu (que eu desse conta), que desperta tamanha hostilidade: Cristiano Ronaldo, precisamente. Como é que duas figuras que nada têm a ver uma com a outra, que coabitaram em tempos diferentes e fizeram história em áreas tão distintas, conseguem atrair de igual forma os sentimentos mais primários das pessoas? Perdoem-me este "devaneio". Estou de volta e estou contente por isso. Mas ele há coisas que dá que pensar, não há?


2. Integrado na Semana da Juventude de Pombal, decorreu no passado domingo, em Albergaria dos Doze, o III Raid Ori do NADA – Núcleo de Aventura e Desporto de Albergaria dos Doze. Este evento foi disputado na vertente de Orientação em BTT ou na vertente Pedestre e contou com a presença de mais de seis dezenas de participantes, distribuídos pelos vários escalões de competição. A prova realizou-se no sistema de ordem livre de execução de pontos e percorreu essencialmente os trilhos das freguesias de Albergaria dos Doze e São Simão de Litem, tendo os atletas de Ori-BTT enfrentado um desafio de mais de 40 km enquanto os participantes de Ori Pedestre se bateram com uns bem mais “modestos” 20 km. Para a história ficam as vitórias de Daniel Costa e Eduardo Costa (COA), repetindo a vitória do ano transacto no escalão Mini-Raid Ori BTT. No Raid Ori-BTT sagraram-se vencedores, na vertente feminina, Rita Madaleno (ADFA) e nos masculinos Luís Barreiro (NADA). Quanto ao Raid Ori-Pedestre, o vencedor foi Nuno Ferreira (CPOC). Segundo as opiniões dos participantes “este evento tem pernas para andar”, pelo que a Organização garante que “para o ano há mais.” Informações completas em http://clubenada.blogspot.com/2011/04/iii-raid-de-orientacao-do-nada-17-de.html.


3. No âmbito das comemorações do Dia Mundial da Terra, o Parque Natural da Ilha de São Miguel, em parceria com o Clube de Orientação de São Miguel e com a colaboração do Geoparque Açores, promoverá, no dia 23 de Abril, uma prova de Orientação na envolvência da Área de Paisagem, Protegida das Furnas. Através desta iniciativa, pretendem as entidades promotoras patrocinar actividades recreativas que desenvolvam um suporte público de protecção ambiental. A concentração far-se-á pelas 10h00 junto à Casa da Batata e as inscrições decorrem ainda até ao final do dia de hoje através do correio electrónico sram-sasm@azores.gov.pt ou pelo telefone 296 206 785.


4. O COA - Clube de Orientação e Aventura, seguiu a onda mundial e aderiu também ao Facebook. A partir de agora basta aceder à página em http://www.facebook.com/pages/Clube-de-Orienta %C3%A7%C3%A3o-e-Aventura/156267317758429 e carregar em “Gosto”. Depois é só acompanhar as novidades e noticias que ai vão sendo colocadas. Vítor Almeida, um dos grandes dinamizadores do Clube, aproveita para relembrar que “esta época é da responsabilidade do COA organizar o Campeonato Ibérico de Corridas Aventura”. Daí que nos deixe com a promessa de que, “em breve esperamos começar a divulgar e apresentar a prova. No Facebook irão aparecer relatos e tópicos de discussão sobre esta prova.” Vamos todos participar e contribuir para que o COA nos proporcione uma prova memorável.


5. Após um longo período de nove meses sem qualquer actividade promovida pela Federação Portuguesa de Orientação e tendo em vista os Grupos de Selecção ou os mais jovens, entre os dias 11 e 14 de Abril, Arraiolos recebeu a 3ª edição do OriJunior. Estágio de Orientação Pedestre destinado a uma população-alvo dos 14 aos 20 anos, com experiência na modalidade, a iniciativa decorreu sob a planificação técnica de Tiago Aires, contou com os apoios da Câmara Municipal de Arraiolos, GafanhOri e Escola EB 2,3/S Cunha Rivara e nela participaram 27 jovens e promissores atletas. Vale a pena acompanhar uma experiência marcante a todos os títulos, bebendo na primeira pessoa os testemunhos dos participantes e passando os olhos pelo excelente conjunto de fotografias, onde a alegria dos atletas se mistura e confunde com a beleza incomparável dum Alentejo que rebenta em flor. Tudo para conferir em http://www.fpo.pt/.


6. Como documento evolutivo que é, o Regulamento de Competições está sempre sujeito a um esforço coordenado de sistematização e de eliminação de duplicações e conflitos, bem como de simplificação, visando obter regras claras e facilmente compreensíveis por todos. É nesse sentido que acaba de ser introduzido – a par de duas erratas (Artº 24º, ponto 1 a) e Artº 38º, ponto 6) – um novo ponto no Artº 38º, relativo às Classificações individuais e colectivas. Nesse ponto 7 pode ler-se: “O Clube organizador é pontuado nas suas organizações pela média dos pontos colectivos a apurar no final da época desportiva e num máximo de 4 etapas, mesmo que haja atletas desse clube em competição. A média será apurada para o número de provas complementar à pontuação final tal como é apurada para os rankings individuais. A média para os clubes que organizem eventos de nível 2 será ponderada com um factor 0,9 tal como acontece na classificação individual sendo a pontuação obtida em qualquer evento de nível 1 considerada por inteiro.” Esta tinha sido uma questão já levantada no Orientovar no passado dia 23 de Março, sob o avisado e sempre atento ponto de vista de Luís Santos (o do CPOC!) e que agora acaba de merecer o devido provimento. A bem da verdade desportiva, a bem da Orientação!


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

1 comentário:

Mário Santos disse...

Finalmente o Cristiano Ronaldo reconhece quem é que é importante. Não é todos os dias que se tem hipótese de tirar uma fotografia ao lado da estátua de cera do Margarido. E o CR 7 não perdeu a oportunidade logo que lhe surgiu! ;-)