sábado, 30 de abril de 2011

I CIRCUITO DE ORIENTAÇÃO DE PRECISÃO "TODOS DIFERENTES, TODOS IGUAIS": PEDRO MASSA CHEGOU, VIU E... VENCEU!




O I Circuito de Orientação de Precisão “Todos diferentes, todos iguais” conhece este fim-de-semana uma jornada dupla de grande qualidade. Enquanto amanhã o destino será a Quinta de Santo Inácio, em Vila Nova de Gaia, já hoje se competiu no verde, amplo e belo espaço do Parque da Cidade do Porto.


Com a disputa da terceira etapa, atingiu-se a primeira metade do I Circuito de Orientação de Precisão “Todos diferentes, todos iguais”. A prova contou com a participação de onze atletas, todos eles em representação do Núcleo de Desporto Adaptado do Serviço de Medicina Física e de Reabilitação do Hospital da Prelada e inseriu-se no 7º Troféu de Orientação do Porto, uma organização do Grupo Desportivo dos Quatro Caminhos

Desenhado por Albino Magalhães e Fernando Costa, e o percurso de Orientação de Precisão constou de dez pontos de decisão, um dos quais cronometrado. Para além dos onze atletas já referidos, em funções de apoio à prova estiveram envolvidas vinte e duas pessoas, entre elementos da organização, voluntários da Fundação Montepio, acompanhantes e familiares, bem como Jorge de Sousa e as Ambulâncias São Cristóvão, a quem coube a responsabilidade do transporte duma boa parte dos atletas.


Vitória disputada ao segundo

Para muitos a jornada começou bem cedo, com os preparativos para a prova a fazerem-se sob a ameaça de chuva no horizonte. As previsões meteorológicas pouco animadoras acabaram felizmente por não se confirmar, a manhã esteve soberba para a prática da modalidade e o Parque da Cidade abriu-se em todo o seu esplendor à Orientação de Precisão. Se as potencialidades daquele espaço para o desporto e para o lazer são sobejamente conhecidas pelos seus frequentadores, para os praticantes de Orientação de Precisão foi uma surpresa. Deliciosamente agradável, refira-se, já que à beleza paisagística do espaço em si se junta a qualidade e a variedade de elementos que permitem enriquecer um percurso desta natureza, tornando-o mais desafiante.

Na resposta aos desafios que foram surgindo um após o outro, os atletas souberam responder de forma acertada na sua grande maioria, com três deles a terminarem empatados com oito pontos (em dez possíveis) no primeiro lugar. Valeu na decisão do vencedor o ponto cronometrado e que “atirou” Pedro Massa, um estreante nestas andanças, para o lugar mais alto do pódio. Caso para dizer: Chegou, viu e... venceu! Presença habitual nas provas do Circuito, Fernando Marques foi o segundo classificado enquanto Carlos Osório – outra estreia auspiciosa – se quedou pela terceira posição.

Resultados
1º Pedro Massa - 8 pontos (0:24)
2º Fernando Marques - 8 pontos (0:36)
3º Carlos Osório - 8 pontos (0:45)
4º Filipe Leite - 7 pontos (0:33)
5º António Novais - 7 pontos (2:08)
6º Elsa Sousa - 6 pontos (1:20)
7º Diana Coelho - 5 pontos (1:15)
8º Jorge Pereira - 4 pontos (0:17)
9º Américo Soares - 4 pontos (0:40)
10º António Amorim - 4 pontos (1:40)
11º Adriano Rodrigues - 1 ponto (0:38)



O Circuito prossegue “já a seguir” com a disputa da quarta etapa, na Quinta de Santo Inácio, em Avintes. Todas as informações em http://gd4caminhos.com/eventos/circuito/.


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

1 comentário:

Marisa Barroso disse...

Parabéns. Está muito bonita a montagem. Adorei.
Marisa Barroso