sexta-feira, 4 de março de 2011

ALEXANDRE GUEDES DA SILVA: OS 3 C's DA ORIENTAÇÃO




Comunicação, Credibilidade e Confiança são três aspectos que têm estado na ordem do dia da nossa modalidade. E porquê, perguntei eu a um amigo do passado?

A resposta veio lesta:

Porque a Direcção não comunica com os clubes, logo perde credibilidade e lá se foi a "nossa" confiança!!!!!
Interiorizei estas palavras e fiz o exercício de as cruzar com um excelente artigo que uma grande amiga se lembrou de me enviar: A comunicação assertiva!!!
E de facto, a conclusão a que chego é que esta Direcção comunica frontalmente o que pensa e o que decide e fá-lo de uma forma clara e construtiva, ou seja, esta Direcção comunica e exerce assertivamente a sua liderança!!!

Então onde é que está a raiz do problema? É que a conclusão do artigo, escrito por eminente cientista e pensador, aponta este como o caminho de sucesso a seguir nas organizações.
Não foi necessário procurar muito para compreender que esta é a primeira Direcção exclusivamente composta por simples associados totalmente libertos das obrigações dos seus Clubes por força da nova Lei (e isto apesar do Conselho Fiscal continuar a reincidir no erro). Ou seja, o problema não é a Comunicação, nem tão pouco a Credibilidade ou a Confiança, o problema é a Liberdade e Independência que este Órgão ganhou face à Comunicação com os poderes passados.
Amanhã, na Assembleia Geral marcada para Alter do Chão, o Órgão será sujeito, pela primeira vez na história da FPO, à votação em Assembleia Geral de uma proposta de destituição que poderá conduzir a um novo processo eleitoral para o órgão colegial de administração da Federação. No entanto, essa que é uma vontade expressa de um grupo de associados terá de obter uma maioria qualificada de 75% dos votos expressos o que se afigura pouco exequível. Então que resta fazer??



Primeiro que tudo devemos ter presente que esta Direcção que aceitou servir a Orientação neste momento particularmente díficil apresenta propostas completas e fundamentadas, cumprindo assim o seu compromisso de ajudar a construir um Futuro para a Modalidade. Caberá aos delegados estudá-las, verificá-las, avaliá-las e por fim votá-las.

Nós saberemos aceitar com serenidade e assertividade o vosso veredicto.

Alexandre Guedes da Silva

Presidente da FPO

Sem comentários: