domingo, 9 de janeiro de 2011

I CORUCHE ORIENTEERING TROPHY' 11: VITÓRIAS DE DIOGO MIGUEL E SAILA KINNI





Diogo Miguel e a finlandesa Saila Kinni foram os brilhantes vencedores do I Coruche Orienteering Trophy’ 11, prova que abriu a Taça de Portugal de Orientação Pedestre da presente temporada. No coração de Portugal, ao longo de todo o fim-de-semana, a Orientação foi rainha.


Caiu o pano sobre a primeira prova da Taça de Portugal de Orientação Pedestre 2011. Organizado pelo COAC – Coruche Outdoor Adventure Club, o I Coruche Orienteering Trophy’ 11 contou com a presença de 582 participantes nos escalões de competição e 135 nos escalões de Promoção, para dois dias de Orientação de qualidade e muita, muita animação.

Distribuído por duas provas – Distância Média, no primeiro dia, e Distância Longa a fechar o programa – o evento desenrolou-se sob as boas graças de S. Pedro. O temporal que varreu o País de norte a sul nos últimos dias decidiu-se por uma trégua bem a propósito e, apesar de pesados, os terrenos estiveram excelentes para a prática da modalidade. Desenhados por Tiago Aires e Raquel Costa, os mapas foram do agrado dos participantes, enquanto os percursos, com assinatura de Tiago Aires e Hugo Borda d’Água, se revelaram devidamente balanceados do ponto de vista da exigência física, embora a componente técnica, segundo alguns participantes, se tenha quedado ligeiramente aquém do expectável.


Diogo Miguel leva a melhor

Na Elite masculina, assistiu-se a um interessante duelo entre Diogo Miguel (Ori-Estarreja) e o sueco Erik Pettersson. Numa prova de Distância Média muito rápida, Diogo Miguel terá acusado a ainda incipiente preparação de início de temporada, deixando-se desfeitear pelo atleta nórdico. A reviravolta viria a dar-se na decisiva etapa de Distância Longa, graças a uma prova muito concentrada do atleta português que, no final, recebeu o carinho e os aplausos de todos quantos assistiam na Arena à sua chegada, sob os comentários entusiasmados de Hugo Borda d’Água, Director da Prova e um muito elogiado “speaker” de serviço. Pedro Nogueira (ADFA) esteve muito bem, em particular no segundo dia, e o terceiro lugar no Troféu assenta-lhe com inteiro mérito.

Quanto ao escalão de Elite Feminina, a finlandesa Saila Kinni esteve imparável, levando de vencida ambas as etapas por larga margem. Atrás de si classificou-se a sueca Kristin Löfgren, enquanto Maria Sá (GD4C) viria a terminar na 3ª posição, cotando-se como a melhor portuguesa. Uma nota de destaque para Mariana Moreira (CPOC), 4ª classificada da Geral e a segunda melhor portuguesa, aqui a fazer um brilharete na sua estreia neste escalão. A título individual, foram 14 os emblemas que tiveram honras de primeiro lugar, com destaque para COC e ADFA com cinco vitórias cada um. A classificação colectiva reflectiu esta supremacia dos dois clubes, com a ADFA a vencer com um total de 3562.8 pontos, contra os 3334.3 do COC. Na terceira posição classificou-se o GD4C, vencedor do ‘ranking’ de clubes na época transacta e que em Coruche, curiosamente, colocou oito atletas seus no pódio mas nenhum deles no lugar mais alto.




A outra face do I COT' 11

Não se esgotando na componente competitiva, o I Coruche Orienteering Trophy’ 11 foi bem demonstrativo da força e do querer dum pequeno mas muito dinâmico grupo, que não se poupou a esforços no sentido de proporcionar um fim-de-semana memorável a todos aqueles que escolheram Coruche como destino. A um programa paralelo de Orientação para as Escolas, Model Event em mapa novo e prova nocturna de Sprint, juntaram-se o Jantar de sábado, numa oferta da autarquia local, mostras de artesanato, animação de Ranchos Folclóricos, um original passatempo, espaços destinados às crianças e ainda a presença querida de Carlos Alberto Moniz, a título de embaixador do evento. Enfim, um nunca mais acabar de iniciativas que elevaram a um expoente de máxima grandeza a qualidade organizativa deste Troféu.

Consulte os resultados completos e demais informação em http://www.coaclub.com/cot11.

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: