segunda-feira, 1 de novembro de 2010

1º TROFÉU "CRESCER COMO GRUPO": JOAQUIM SOUSA E STEPANKA BETKOVA VENCEM EM BRASFEMES

.


Sob o lema “Crescer como Grupo”, o Grupo de Selecção Pedestre da Federação Portuguesa de Orientação tomou sobre si a responsabilidade de organizar a última prova da Taça FPO Continente da presente temporada. Foi em Brasfemes, no centro do País, ao longo dum sábado marcado pela intempérie que varreu o País de lés a lés.


A Taça FPO Continente 2009/2010 chegou ao fim. Com início conjunto em Viana do Castelo e S. Pedro da Gafanhoeira, no já distante dia 19 de Setembro de 2009, a competição desenrolou-se ao longo de 25 etapas e conheceu o seu epílogo no passado sábado, em Brasfemes (Coimbra). Entre o III Open Amigos da Montanha / IV Troféu Gafanhori e agora este 1º Troféu “Crescer como Grupo” vão treze meses de competição e de redobrada emoção, envolvendo um total aproximado de três milhares de participantes, muitos deles oriundos do Desporto Escolar.

Primeira prova organizada pelo Grupo de Selecção Pedestre com o propósito de “angariar alguns fundos para as deslocações internacionais e estágios de grupo”, o 1º Troféu “Crescer como Grupo” foi constituído por duas etapas – a primeira de Distância Intermédia e a segunda de Distância Média – e teve a extraordinária participação de 393 atletas (dos quais 70 nos escalões OPT’s). Esta foi a segunda participação mais elevada no conjunto de 14 eventos pontuáveis para a Taça FPO Continente desta temporada, imediatamente atrás do Justlog Park Race, prova da responsabilidade do Grupo Desportivo 4 Caminhos e que levou ao Parque da Lavandeira (Vila Nova de Gaia), no dia 24 de Abril, 527 participantes. O Desporto Escolar esteve uma vez mais em evidência neste Troféu, com um vasto conjunto de equipas - do Minho ao Alentejo! - a jogarem aqui a “primeira parte” do Apuramento para os Mundiais de Desporto Escolar, que se desenrolarão em Itália no próximo ano.

Provas marcadas pela intempérie

O “alerta laranja” definido pelo Instituto de Meteorologia para o Distrito de Coimbra nada teve a ver com a profusão de balizas espalhadas pela floresta de Brasfemes e foi debaixo de frio, chuva e ventos fortes que os atletas partiram para duas provas onde a dureza física caminhou de mãos dadas com a dificuldade técnica. Sobre mapa desenhado por Rui Antunes, em terrenos argilosos de difícil progressão e com elevado número de detalhes de relevo, muitos participantes tiveram ainda de enfrentar as partidas tardias na prova da tarde, acabando por ser apanhados pelo cair do dia, com alguns deles a desistirem precocemente ou a terminarem a prova já completamente às escuras.

Fazendo uso da gíria dos desportos motorizados, estas duas provas foram, para Joaquim Sousa (COC), autênticas “voltas de honra”, confirmando-o como vencedor absoluto do ‘ranking’ da Taça FPO Continente 2009/2010 no que ao escalão Seniores Masculinos diz respeito. No sector feminino, a checa Stepanka Betkova estreou-se da melhor forma com as cores do Ginásio Figueirense, demonstrando uma enorme supremacia sobre as demais concorrentes e vencendo ambas as etapas por larga margem.

Resultados

Seniores M A
1º Joaquim Sousa (COC) 2000.0
2º Pedro Rodrigo (Ginásio CF) 1602.6
3º Nuno Pedro (CAOS) 1548.5
4º Ricardo Oliveira (COC) 1519.4
5º Luís Barreiro (NADA) 1474.5
6º Jorge Almeida (Ginásio) 1474.4
7º Nuno Cruz (Individual) 1448.5
8º Jorge Machado (GD4C) 1439.2
9º Pedro Pereira (ADFA) 1395.3
10º Tiago Melo Sacchetti (COC) 1364.5

Seniores F A
1º Stepanka Betkova (Ginásio CF) 2000.0
2º Marta Fonseca (CLAC) 1602.7
3º Adelindina Lopes (COA) 905.2
4º Carla saraiva (Ori-Estarreja) 662.5
5º Liliana Oliveira (CPOC) 563.5
6º Joana Moutela (Ori-Estarreja) 553.7

Vencedores restantes escalões
Infantis M/F – António Horta (GafanhOri) e Mariana Maurício (AE Maximinos)
Iniciados M/F – Daniel Catarino (ES Entroncamento) e Inês Alves (GD4C)
Juvenis M/F – Miguel Ferreira (ES Palmela) e Vera Alvarez (CPOC)
Juniores M/F – Alfredo Gualdino (COAC) e Susana Alves (GD4C)
Seniores M/F B – José Canoa (GafanhOri) e Carla Amorim (Ginásio CF)
Veteranos M/F I – Alexandre Reis (ADFA) e Paula Serra Campos (.COM)
Veteranos M/F II – José Fernandes (.COM) e Luísa Mateus (COC)
Veteranos M/F III – Álvaro Coelho (Ginásio CF) e Maria São João (CLAC)
Veteranos M/F B – Pedro Dias (Montepio Geral) e Paula Ferreira (COA)
OPT1 – Carina Rodrigues (ERD Carlos Amarante)
OPT2 – Adriana Frazão (ERD Conde Ourém)
OPT3 – Cidálio Oliveira (GD4C)
OPT4 – Rafael Lima (OriMarão)

Por Clubes
1º COC 2186.7
2º Ginásio CF 1896.9
3º GD4C 1724.7
4º Ori-Estarreja 1427.7
5º CPOC 1240.9

“Tudo o que conseguimos foi feito à custa dos atletas”

Elemento preponderante do Grupo de Selecção Pedestre e Campeão Nacional de Distância Média, Distância Longa e de Estafetas em título, Tiago Romão foi o Director da Prova e traçou para o Orientovar um balanço “muito positivo”. Na sua opinião, “tivemos um índice de participação que foi dos mais elevados em provas da Taça FPO Continente e penso que a equipa organizativa está de parabéns. Todos se empenharam e fizeram jus ao lema subjacente a este conjunto de atletas – “Crescer como Grupo”. O Director da Prova fez questão de destacar ainda”o ambiente agradável, terrenos com três zonas bem distintas e a localização da prova, no Centro do país, o que foi decisivo para atingir um elevado índice de participação”, como ingredientes para uma prova bem sucedida.

Mas nem tudo foi bom, no entender de Tiago Romão, nomeadamente “as questões antes do evento” que recaíram em demasia sobre o Director da Prova. Tiago Romão lamentou que a Direcção da FPO se tenha alheado do processo, "tendo sido a articulação praticamente baseada na pessoa do DTN António Aires”. Assim, “estamos abertos a mais organizações do género, embora a decisão deva partir da Direcção da FPO. Mas neste caso as coisas têm de ser delineadas atempadamente e não atirar para cima do Grupo todos os pormenores. Tudo o que conseguimos foi feito à custa dos atletas… que são atletas e não organizadores.” A terminar, Tiago Romão faz questão de apontar como muito negativo “o facto de alguns atletas do Grupo de Selecção, principalmente por serem atletas de topo dentro do grupo - e logo, supostamente, exemplos a seguir - que faltaram à organização alegando que tinham de estudar. E pergunto eu, mas afinal o grupo não é quase todo composto por pessoas que têm de estudar? É apenas um facto que tinha de deixar em testemunho, por uma questão de justiça para com os que lá estiveram das 19h00 de sexta-feira às 22h00 de sábado dando o seu melhor apesar de molhados, com frio, ou praticamente com uma enorme constipação. A eles um muito obrigado!”, disse.


Resultados completos em http://www.orioasis.pt/oasis/results.php?action=view_stages&eventid=757&

[foto gentilmente cedida por Tiago Gingão Leal]

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO
.

Sem comentários: