quinta-feira, 7 de outubro de 2010

PELO BURACO DA FECHADURA: WORLD CUP / POST FINANCE SPRINT 2010

.


A Taça do Mundo de Orientação Pedestre chega ao final já no próximo fim-de-semana e, com ela, a própria temporada 2010. As florestas de St. Cergue e o coração da cidade de Geneve, no Oeste da Suiça, atraem todas as atenções e hoje espreitamos o PostFinance Sprint pelo buraco da fechadura.


Abandonando Zurique, local de eleição nos últimos anos para a última etapa da Taça do Mundo de Orientação Pedestre, o PostFinance Sprint ruma em 2010 ao suave relevo do Jura Vaudois e às margens do Lago Leman para uma dupla jornada da melhor Orientação. A Organização não esconde o motivo desta autêntica "deslocalização", apostando em fazer do evento uma “rampa de lançamento” para os Mundiais de 2012, que terão lugar na cidade vizinha de Lausanne e em terrenos em tudo semelhantes.

Abrindo com uma etapa de Distância Média, em St. Cergue (Mapa de Givrine Sud, 1:10 000) e fechando com uma etapa de Sprint, no centro de Geneve (Mapa de Geneva City, 1:4 000), o PostFinance Sprint 2010 surge na sequência duma semana de emoções ao rubro. Com efeito, e como noticiámos neste espaço, bem próximo de Geneve, na cidade francesa de Annecy, disputou-se no domingo passado a 10ª etapa da Taça do Mundo, uma prova de Distância Longa que teve em Thierry Gueorgiou (França) e Simone Niggli (Suiça) os grandes vencedores. Pelo meio houve ainda um belo conjunto de Campos de Treino, aproveitados por muitos orientistas – entre os quais “sete magníficos” portugueses – com vista à preparação dos Mundiais de 2011, em Aix-les-Bains.

Hubmann prepara o “hat-trick”

Vencedor da Taça do Mundo em 2008 e 2009, o suíço Daniel Hubmann não vai certamente perder a oportunidade de fazer o “hat-trick”. O suíço abriu a Taça do Mundo 2010 da melhor maneira, com três medalhas em outras tantas provas nos Europeus de Primorsko (Bulgária). Ouro na Longa, prata no Sprint e bronze na Média catapultaram o actual nº 3 do ‘ranking’ mundial para a liderança, com uma vantagem confortável e que tem sido cuidadosamente gerida, sobretudo face aos problemas de saúde que afectam o atleta e que o obrigarão muito em breve a uma intervenção cirúrgica a um calcanhar. Hubmann viria a vencer ainda a 1ª etapa do Nordic Orienteering Tour e comanda a edição deste ano com um total de 547 pontos. Os seus mais directos perseguidores, igualmente suíços - Matthias Muller (403 pontos) e Fabian Hertner (379) – parecem ter as suas posições seguras, já que o quarto classificado, o norueguês Carl Waaler Kaas, tem “apenas” 328 pontos.

Classificação actual
1º Daniel Hubmann SUI 547 pontos
2º Matthias Muller SUI 403 pontos
3º Fabian Hertner SUI 379 pontos
4º Carl Waaler Kaas NOR 328 pontos
5º Valentin Novikov RUS 321 pontos
6º Audun Weltzien NOR 320 pontos
7º Matthias Merz SUI 301 pontos
8º Olav Lundanes NOR 296 pontos
9º Thierry Gueorgiou FRA 250 pontos
10º Emil Wingstedt SWE 242 pontos

Simone Niggli é a virtual vencedora

No sector feminino, a suiça Simone Niggli é a virtual vencedora (já o era há uma semana atrás, antes da etapa de Annecy), alcançando assim a sua sétima vitória nas últimas oito edições da Taça do Mundo (a "intrusa" é a norueguesa Ann-Margrethe Hausken, vencedora em 2008, numa altura em que Simone Niggli tinha acabado de ser mãe). Com efeito, 2010 foi dos anos em que a atleta suiça menos hipóteses deu à concorrência, ganhando (quase) tudo o que havia para ganhar. Duas medalhas de ouro (Longa e Média) e uma de prata (Sprint) nos Campeonatos da Europa fizeram com que a atleta suiça abrisse a sua prestação na Taça do Mundo da melhor forma e depois disso foi uma luta praticamente a duas mãos com a sueca Helena Jansson, e que Simone Niggli levou claramente de vencida. Duas vitórias no Nordic Orienteering Tour, dois títulos Mundiais em Trondheim e o triunfo em Annecy no domingo passado colocam a atleta suiça no topo da tabela com um total de 780 pontos. Helena Jansson (Suécia) ocupa a segunda posição com 470 pontos enquanto a norueguesa Marianne Andersen é a terceira com 352 pontos. À semelhança dos homens, ambas as atletas referidas parecem ter igualmente garantidas as suas posições.

Classificação
1º Simone Niggli SUI 780 pontos
2º Helena Jansson SWE 470 pontos
3º Marianne Andersen NOR 352 pontos
4º Minna Kauppi FIN 309 pontos
5º Maja Alm DEN 298 pontos
6º Lena Eliasson SWE 288 pontos
7º Dana Brozková CZE 286 pontos
8º Annika Billstam SWE 273 pontos
9º Anni-Maija Fincke FIN 250 pontos
10º Céline Dodin FRA 211 pontos

Que o espectáculo comece !

Paralelamente às derradeiras etapas da Taça do Mundo 2010 e nos mesmos mapas, terão lugar as 7ª e 8ª etapas da Liga Francesa e as provas abertas. O espectáculo está montado e vai poder ser acompanhado com transmissão em directo a partir da página oficial da prova. Tudo para acompanhar em http://www.postfinancesprint.ch/e/index.php e com notícias também aqui, no seu Orientovar.

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO
.

Sem comentários: