sexta-feira, 16 de julho de 2010

MTBO WOC & JWOC 2010: NIEMI E VINOGRADOVA, SENSAÇÃO DE DÉJÀ VU


Chegaram, viram e… venceram. De novo. Pekka Niemi e Olga Vinogradova mostraram-se imbatíveis no longo “carrossel” de Morgade e alcançaram o ouro pela segunda vez nestes mundiais de Juniores.

Os Campeonatos do Mundo de Juniores de Orientação em BTT estão a despedir-se do nosso País. Hoje, pela manhã, teve lugar a final da prova de Distância Longa, envolvendo 56 atletas masculinos e 21 femininos. As distâncias a rondarem os 30 km em ambos os escalões e um desnível acumulado na ordem dos 1.000 metros, conferiram à prova uma extrema dureza, ao peso e à medida daquilo que se exige num evento desta natureza.

A prova masculina teve em Pekka Niemi (Finlândia) e Maciej Gromadka (Polónia) os grandes protagonistas, destacando-se da concorrência por larga margem e encetando uma luta a dois sem precedentes em Campeonatos do Mundo. No final, a vitória sorriu ao finlandês com o tempo de 1.46.00, com a vantagem de um escasso segundo sobre o seu rival. Com este triunfo, Niemi volta a subir ao lugar mais alto do pódio nestes Campeonatos, juntando o título de Distância Longa àquele de Distância Média alcançado na passada quarta-feira. No seu terceiro Mundial consecutivo, Maciej Gromadka alcança a sua terceira medalha de prata, repetindo o lugar de 2009 nesta mesma prova. Quanto ao terceiro lugar, coube ao checo Vojtech Stransky, a 3.09 do vencedor. Rui Silva na 31ª posição com o tempo de 2.19.35, foi o melhor português. Seguiram-se João Palhinha, na 33ª posição, com o tempo de 2.23.58, João Mega Figueiredo, no 39º lugar, com o tempo de 2.32.04, e Tiago Silva, no 41º lugar, com um registo de 2.33.28.

À semelhança do sector masculino, também nas jovens senhoras se assistiu a uma repetição da vencedora. Olga Vinogradova (Rússia) esteve uma vez mais ao seu melhor nível, destacando-se da concorrência por larga margem e concluindo a sua prova no tempo de 1.26.19. Na segunda posição, a 5.25 da vencedora classificou-se a húngara Brigitta Kóos, uma atleta que já vinha a ameaçar um lugar no pódio desde a primeira prova (foi 4ª classificada no Sprint e na prova de Distância Média). Kóos alcança assim um resultado histórico por se tratar do primeiro atleta magiar a chegar às medalhas em Campeonatos do Mundo de Orientação em BTT (Juniores e Elite). Depois das medalhas de prata nas provas de Sprint e de Distância Média, a norueguesa Barbro Kvale conquistou hoje a medalha de bronze, terminando com o tempo de 1.34.25. Ana Filipa Silva, a nossa única representante na final de Distância Longa, concluiu no 16º lugar com o tempo de 2.13.32.

Resultados

Masculinos M20

1º Pekka Niemi FIN 1.46.00
2º Maciej Gromadka POL 1.46.01
3º Vojtech Stransky CZE 1.49.09
4º Mikhail Utkin RUS 1.52.47
5º Cédric Beill FRA 1.54.58
6º Andreas Bergmann DEN 1.56.22
7º Antti Vainio FIN 1.56.23
8º Martin Moser AUT 1.56.46
9º Sebastian Wojtynek POL 1.57.28
10º Edgars Briconoks LAT 1.57.40

Femininos
1º Olga Vinogradova RUS 1.26.29
2º Brigitta Koos HUN 1.31.54
3º Barbro Kvale NOR 1.34.25
4º Marie Brezinova CZE 1.39.58
5º Magdalena Seifertova CZE 1.40.48
6º Anatasia Svir RUS 1.41.05
7º Barbara Sanocka POL 1.43.13
8º Tatiana Repina RUS 1.43.40
9º Tatyana Oborina RUS 1.45.51
10º Christina Lovald Hellberg SWE 1.50.39

Os Campeonatos encerram amanhã, a partir das 10h00, com a prova de Estafeta. Na defesa do título mundial, alcançado em Hillerød (Dinamarca) no ano transacto, estarão Finlândia, em masculinos, e Rússia, em femininos. Será que voltaremos a ver Olga Vinogradova e Pekka Niemi no lugar mais alto do pódio? Diz o nosso povo que “não há duas sem três”…

Toda a informação em http://mtbwoc2010.fpo.pt/.

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

Sem comentários: