quinta-feira, 22 de abril de 2010

HUNGARIAN MTBO CUP: COMITIVA PORTUGUESA LEVA ESPERANÇA NA BAGAGEM

.

Daniel Marques, Susana Pontes, João Ferreira, Paulo Alípio e Davide Machado. Numa altura em que os “cinco magníficos” deixam a Portela rumo a Budapeste, o Orientovar abre assim mais um grande espaço informativo, acompanhando aqueles que, com a camisola das quinas e a bandeira da Orientação, elevam bem alto o nome de Portugal.


À semelhança do que acontece na Orientação Pedestre e na Orientação em Esqui, a Federação Internacional de Orientação acaba de lançar a Taça do Mundo de Orientação em BTT, definindo quatro grandes provas internacionais no seu conjunto para o ano de 2010. Cabe à Hungarian MTBO Cup a honra de inaugurar o certame, com a cidade de Balatonfüred e as suas imediações a servirem de palco ao evento.

Pontuável para as ligas nacionais da Croácia, República Checa, Eslováquia e Eslovénia – para além do país anfitrião, naturalmente - a prova reúne um leque impressionante de especialistas nesta desafiante e atractiva modalidade. Afigura-se, pois, um verdadeiro “choque de titãs” entre os 86 atletas na Elite masculina e os 53 na Elite feminina (e aqui a curiosidade de estarem inscritas as dez primeiras classificadas do ‘ranking’ mundial), na luta pelos lugares cimeiros.

A nossa equipa

É neste contexto que Daniel Marques, Susana Pontes, João Ferreira, Paulo Alípio e Davide Machado irão mostrar aquilo que valem. Para os três primeiros, a participação nesta prova em terras magiares não é novidade. No ano passado, foi precisamente aqui que se assinalou a estreia na Elite mundial do nosso jovem e promissor João Ferreira e foi também aqui que Daniel Marques alcançou um extraordinário 5º lugar na prova de Distância Longa, atirando-o em definitivo para um lugar cimeiro no ‘ranking’ mundial e que se cifra hoje na 19ª posição.

Se a Hungarian MTBO Cup 2009 assistiu à estreia de João Ferreira na Elite mundial, a edição de 2010 vê lançar-se na alta roda da Orientação em BTT o igualmente jovem Davide Machado, um atleta que tem conhecido uma ascensão meteórica nesta disciplina e que, entre outros desempenhos de indesmentível qualidade, ostenta o título de vice-campeão nacional de Distância Longa. Quanto a Paulo Alípio e Susana Pontes, dispensam apresentações. O primeiro arrecadou tudo o que havia para arrecadar no que toca aos títulos nacionais de Orientação em BTT 2009/2010 e continua a subir no ‘ranking’ mundial, sendo já o 45º classificado. Susana Pontes é a atleta portuguesa que mais títulos nacionais ostenta, é a campeã nacional de Distância Média em título e ocupa a 41ª posição do ‘ranking’ mundial.

Primeiras impressões

Cerca das 8h00, já às portas de Lisboa, o Orientovar escutou Daniel Marques e pode perceber que o estado de espírito é o melhor possível. Dissipada a ameaça de ficar em terra devido à nuvem de cinzas vulcânicas do Eyjafjallajokull, que obrigou à interdição de grande parte do espaço aéreo europeu nos últimos dias, o maior ícone da Orientação portuguesa revelou-se satisfeito por poder marcar nova presença na Hungria e nada preocupado com a viagem. Motivação e muita ambição são o garante duma excelente participação.

Com ele seguiam Davide Machado e Paulo Alípio (numa “boleia” de Guilherme Marques), cuja motivação era igualmente excelente. Interrogado sobre a “recepção ao caloiro”, Daniel Marques não quis “abrir o jogo”, adiantando apenas que “o Davide está aqui cheio de vontade e vai dar o melhor”, promessa aliás extensível a todos os elementos da comitiva. O voo tem hora de saída prevista para as 10h00 e chegada a Budapeste às 13h20. A organização disponibiliza transporte em autocarro até às margens do Lago Balaton, numa viagem que tem uma duração prevista de duas horas para os 133 quilómetros que separam as duas cidades.

Programa

Já hoje, da parte da tarde, o Model Event permitirá às comitivas ambientarem-se com o tipo de mapas e terrenos, mas será com a prova de Sprint, ao início da tarde de amanhã, que estarão abertas as hostilidades. Quando forem 13h01 (12h01 em Portugal), João Ferreira tem a honra de ser o primeiro a pedalar na grande competição internacional, dando o mote aos seus colegas que sairão pela seguinte ordem: Paulo Alípio (12h49), Davide Machado (12h59), Susana Pontes (13h14) e Daniel Marques (14h01).

No sábado terá lugar a prova de Distância Média e a Hungarian MTBO Cup encerrará no domingo com a prova de Distância Longa e com essa sempre espectacular “mass start”, na esperança de vermos com emoção os nossos atletas entre os primeiros a chegar. Acompanhe o evento em
http://www.mtbo.hu/ ou aqui, no seu Orientovar.

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO
.

1 comentário:

bo disse...

Felicidades a todos. O pessoal depois que mande um feedback sobre a classificação de caminhos em 4x2 em vez do tradicional 3x2.
Abraço
bo