terça-feira, 2 de março de 2010

OS VERDES ANOS: LUÍS SILVA

.

O meu nome é Luís Silva e faço Orientação há 3 anos. Apesar do pouco tempo de prática, o meu contacto com este desporto já é longo. Há cerca de 9 anos que conheço a Orientação por via dos meus irmãos, Mário Silva e Ana Silva, e foi com as histórias das provas que eles me foram contando e dos mapas que me foram mostrando que ganhei vontade de experimentar, o que aconteceu em Janeiro de 2007, na Azaruja, em Évora.

Primeiramente pratiquei pelo Desporto Escolar, graças ao professor Daniel Pó, e só me federei realmente em Outubro de 2007, pela ADFA. Comecei a ir às provas da Taça de Portugal como Iniciado mas devo admitir que as coisas não me corriam bem. Contudo, encarei sempre os desafios com garra e nunca desanimei com maus resultados.

Decerto que o ponto de reviravolta foi em Abril de 2008, quando obtive o título de Vice-Campeão do Mundo do Desporto Escolar, na Distância Média, o que me fez começar a treinar mais a sério e a encarar a Orientação mais do que um ‘hobby’. Na época 2008/2009 decidi subir ao escalão de Juvenis, mais difícil e duro, mas também mais competitivo. Apesar dos constantes reveses, fui aprendendo a lição e comecei a melhorar e a ultrapassar as minhas dificuldades, embora ainda hoje tenha muitas.

No fim dessa época participei no meu primeiro EYOC, apreciei a experiência e deu-me alento para competições no futuro. Dá-me muito prazer correr, e pratico Atletismo por isso, mas nenhuma prova de Atletismo iguala o gosto que tenho em correr numa floresta com um mapa. Eu simplesmente adoro Orientação.

De futuro tenho alguns objectivos e trabalho arduamente para cumpri-los embora sejam tarefas complicadas.

Queria por fim deixar um agradecimento a todos aqueles que me ajudaram e tenho a certeza que eles sabem que me dirijo a eles. Mas o louvor vai para o Professor Daniel Pó, pelo empenho sem nunca esperar nada em troca dos seus atletas. Ele iniciou-me neste desporto e treinou-me desde de sempre. A ele um muito obrigado.

E assim despeço-me aqui com uma mensagem para aqueles que tiverem medo de experimentarem este desporto: Bem, não tenham nada a temer, irão adorar de certeza!

Luís Silva


Artigos recentes nesta rubrica
2010.02.02 – CRISTIANA CUNHA (COC)
.

1 comentário:

David Sayanda disse...

Um atleta que para mim, sem sombra de duvida, promete...

Parabens