segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

II CORRIDA DE AVENTURA DO CABO ESPICHEL: CLUBE DE PRAÇAS DA ARMADA REGRESSA ÀS VITÓRIAS NA TAÇA DE PORTUGAL

.

Três meses volvidos sobre o III Raid Aventura Ranger, assistimos no passado sábado ao regresso da Taça de Portugal de Corridas de Aventura 2009/2010. Tratou-se da II Corrida de Aventura do Cabo Espichel, evento com a assinatura do Grupo Desportivo União da Azóia.

Os magníficos espaços do Parque Natural da Serra da Arrábida foram palco, no passado sábado, da II Corrida de Aventura do Cabo Espichel. Organizada pelo Grupo Desportivo União da Azóia, com os apoios da Câmara Municipal de Sesimbra, Junta de Freguesia do Castelo - Sesimbra, Federação Portuguesa de Orientação, Instituto Geográfico do Exército e Vertente Natural – Actividades de Aventura e Turismo Activo, a prova contou com a participação de 43 equipas distribuídas pelos escalões de Elite (17), Aventura (19) e Promoção (7). O elevado número de equipas inscritas no escalão de Elite (4 elementos, 3 em prova) é, aliás, o primeiro grande dado a reter, permitindo perceber desde já os efeitos deveras positivos das recentes alterações no Regulamento Específico de Corridas de Aventura e que tornam o escalão de Elite mais interessante e participado, mais competitivo e emocionante.

Numa zona particularmente bem conhecida dos corredores de Aventura e praticantes de Orientação, a prova percorreu cerca de 130 kms em 12 horas “non-stop”, foi constituída por três etapas com diferentes meios de progressão - Pedestre, BTT, Canoagem, Coastering, Cordas, Patins, Tiro com Arco, Mergulho em Apneia – tendo na prática de Orientação, como não podia deixar de ser, o ponto comum. Para os menos familiarizados com as particularidades deste género de provas, importante se torna referir que esta é uma prova que se enquadra numa Distância Média, com 40 a 60 CP’s no escalão de Elite, 35 a 50 CP’s no escalão Aventura e até 30 CP’s no escalão de Promoção. Embora o tempo de prova seja importante, a equipa vencedora é aquela que conseguir controlar maior número de CP’s e não propriamente aquela que gastar menos tempo.

Etapa de Sesimbra revelou-se decisiva

Disputada em Sesimbra, a primeira etapa revelou-se bastante estratégica, com secções de Canoagem, Pedestre, Coastering e muitas outras actividades (Escalada, Slide, Rappel, Patins em Linha, etc.) à mistura. Com 24 CP’s dum total de 48, facilmente se percebe que foi precisamente esta primeira etapa que acabou por ser bastante decisiva nos resultados finais, pois o tempo disponível não dava para fazer todos os CP’s. Uma adequada estratégia, aliada à escolha acertado dos CP’s a controlar e ao sucesso nas várias actividades, foi a chave que abriu as portas da vitória ao Clube de Praças da Armada no escalão de Elite. No escalão de Aventura, a Escola Naval 1 foi a mais concretizadora nesta primeira etapa, enquanto no escalão de Promoção, Pernetas 1, Pernetas 2 e Deixa Ver terminaram em igualdade pontual, deixando as grandes decisões para as etapas derradeiras.

A segunda etapa não teve nenhuma particularidade especial, já que se tratou dum percurso em BTT, de Sesimbra até à Azóia, utilizando Carta Militar e mapa de Ori-BTT. Apesar de tudo, foram apenas quatro as equipas do escalão de Elite que lograram controlar a totalidade de CP’s ao longo do percurso, com essa particularidade de Clube de Praças da Armada e Exército 1 avançarem para a última etapa separados por um escasso CP. No escalão de Aventura, a Escola Naval 1 continuou a fazer vincar a sua superioridade, com uma diferença para os principais competidores (Palgest.com/MUNDIMAT e Ultra-Leves do CPOC) a cifrar-se já nos 3 CP’s, enquanto o escalão de Promoção beneficiou duma “neutralização” entre a primeira e a terceira etapas.

Vitória do Clube de Praças da Armada

Disputada na Azóia, a terceira e última etapa revelou-se bastante técnica em termos de Orientação, feita num mapa de Ori-BTT, com 6 CP’s a controlar numa primeira parte pedestre e os restantes 6 a serem controlados de BTT. No escalão de Elite o Clube de Praças da Armada conseguiu segurar a magra diferença, vencendo com um total de 44 CP’s, contra os 43 CP’s da turma do Exército 1 e os 41 CP’s da Desnível 1 e do Exército 2 (neste caso valeu o tempo como factor de desempate favorável à Desnível 1). Uma vitória que surge na senda daquela alcançada em Lamego, na etapa inaugural da Taça de Portugal de Corridas de Aventura 2009/2010 e que reedita o triunfo em Elite Mista da primeira edição do Raid de Corrida de Aventura da Península de Setúbal, em Março de 2009.

RESULTADOS
ELITE (48 CP’s)
1º Clube de Praças da Armada – 44 CP’s (11.41.53)

2º Exército 1 - 43 CP’s (11.43.16)
3º Desnível 1 - 41 CP’s (11.43.28)
4º Exército 2 - 41 CP’s (11.56.40)
5º Ippon Team / Triple X – 40 CP’s (11.37.50)
6º Globaz.pt – Boxit – 40 CP’s (12.01.56)
7º Clube MillenniumBCP 1 - 39 CP’s (11.54.44)
8º Ferrovias XTreme Team - 38 CP’s (11.42.08)
9º Desnível IV - 37 CP’s (11.15.33)
10º Vulcano II – 34 CP’s (11.13.13)

Restantes escalões

No escalão Aventura, a Escola Naval 1 voltou a ser a mais forte na terceira e última etapa, levando a melhor sobre os seus mais directos adversários. Já no escalão de Promoção, a turma dos Pernetas 1 conseguiu o melhor ‘score’ na derradeira etapa e venceu com inteiro mérito.

RESULTADOS
AVENTURA (42 CP’s)
1º Escola Naval 1 – 38 CP’s (11.22.37)

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­2º Palgest.com / MUNDIMAT – 35 CP’s (11.27.15)
3º Ultra Leves do CPOC – 35 CP’s (11.41.57)

PROMOÇÃO (24 CP’s)
1º Pernetas 1 – 24 CP’s (11.36.18)

2º Pernetas 2 – 22 CP’s (13.26.56)
3º Deixa Ver – 21 CP’s (11.42.45)

Corrida de Aventura Jovem e IV Raid de Orientação Cabo Espichel


Paralelamente à II Corrida de Aventura do Cabo Espichel, tiveram lugar a Corrida de Aventura Jovem e o IV Raid de Orientação Cabo Espichel. De acordo com António Rusga, o Director da Prova, “a 2ª edição da Corrida de Aventura Jovem representa o esforço do GDU Azóia em promover as Corridas de Aventura junto das camadas jovens, tendo reunido este ano 11 equipas, num total de 48 jovens, na sua maioria provenientes das escolas do Concelho.” Já no que toca ao IV Raid de Orientação do Cabo Espichel, socorremo-nos das palavras de Paulo Fernandes para referir “aspectos menos conseguidos e a melhorar no futuro, tais como o mapa de Ori-BTT à escala 1:20.000 (!), um ponto marcado a cerca de 100 metros do local e referencia indicados no mapa e ainda um ponto com 2 códigos (!).” Mas o atleta das Lebres do Sado prefere destacar os aspectos positivos, começando pelas instalações desportivas do GDU Azóia que são “sem dúvida uma mais valia na organização destes eventos, e mais uma vez nada faltou”. Mas a Organização merece ainda "nota bem positiva pelos banhos, oferta de t-shirt, lembranças e 'sopa da pedra' no final, pela bela paisagem do Cabo Espichel numa manhã praticamente sem chuva e amena e finalmente pelo convívio proporcionado quer pela Organização, quer entre os atletas e amigos presentes”, conclui.

Finalmente, uma nota de desagrado por, 48 horas após o final da II Corrida de Aventura do Cabo Espichel, a página oficial da prova manter um lacónico “de momento não existem Resultados disponíveis” (eu sei que há para aí quem não goste que eu diga isto, mas tenho que o dizer…) Resta-me agradecer as dicas do Jorge Xará e do Paulo Fernandes, sem as quais – posso-vos garantir! – não haveria Reportagem. Um agradecimento também para o Jorge Baltazar pela disponibilização dos resultados, ainda que apenas os da II Corrida de Aventura do Cabo Espichel. Todavia, mais vale pouco… A Taça de Portugal prosseguirá em Março, no fim-de-semana de 20 e 21, pelas mãos da ADFA. Acompanhe desde já o II Raid “Pelos Caminhos da Egitânea” em
http://lqn.no.sapo.pt/ ou aqui, no seu Orientovar.

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO
.

1 comentário:

Ori disse...

Mais uma vez o Margarido contribui para a promoção da orientação com os suas crónicas e a insistência para que lhe enviemos as nossas impressões sobre a prova. Mas estas coisas do voluntariado origina que não tenhamos tempo para fazer tudo o que gostaríamos e o "lavar dos cestos" é sempre o mais complicado.
Os resultados das 3 provas já estão no site da prova.