quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

O REGRESSO DA "ORIENTAÇÃO EM REVISTA"

.

Para a grande maioria dos visitantes deste espaço esta é, seguramente, uma notícia em primeira-mão. Uma grande notícia, diga-se! Após 13 longos meses de ausência, a “Orientação em Revista”, importante vector de comunicação da Federação Portuguesa de Orientação, regressa este mês ao contacto com os amantes do Desporto da Floresta. E as boas novidades não se ficam por aqui…

Está nas bancas o número 339 da Revista de Atletismo (Fevereiro de 2010), um número que, para além do habitual destacável “Mundo da Corrida”, traz como grande novidade o nº 35 do “Orientação em Revista”, transformado em suplemento mensal da responsabilidade da Federação Portuguesa de Orientação. São 5.000 exemplares distribuídos gratuitamente com a Revista de Atetismo, mais 1.000 exemplares avulso e, ao que julgamos saber, a disponibilização da Revista em formato 'pdf' à Comunicação Social e aos habituais subscritores da newsletter da FPO.

Composto por oito páginas profusamente ilustradas, este número do “Orientação em Revista” dedica especial atenção ao I Meeting Internacional de Arraiolos e ao VI Troféu Ori-BTT do CPOC, apresenta uma entrevista de fundo com Alexandre Guedes da Silva a propósito do Campeonato do Mundo de Corridas de Aventura e é complementado com os calendários referentes aos meses de Fevereiro e Março e com os resultados das provas mencionadas.

Refazendo os passos duma longa história

A minha relação com a Revista de Atletismo data de finais de 2006. As entrevistas com as atletas Goreti Oliveira e Natália Pinho constituíram os primeiros trabalhos duma série que, até ao momento, ultrapassa já a centena e meia de artigos, entre notícias, reportagens e entrevistas. A reportagem sobre o Troféu de Orientação de Cantanhede, em Março de 2008, marcou a minha estreia na escrita sobre Orientação. Graças à enorme disponibilidade e compreensão de António Manuel Fernandes, Director da Revista, a Orientação foi ganhando um espaço e uma visibilidade inusitadas, transformando a Revista de Atletismo num ponto de encontro dos apaixonados pela Orientação. A partir daqui a história é simples.

Quando, num belo final de tarde, entrei na sede dum clube e deparei com duas dúzias (no mínimo) do mais recente número do “Orientação em Revista” no caixote do lixo, nem sabem o sentimento de indignação que se apoderou de mim. Calei-me muito bem caladinho, apesar de ver reforçada a ideia de a “Orientação em Revista” existir apenas para consumo interno, situação que me deixava perplexo. Ali estava a prova provada de que aquela “coisa” não era minimamente levada a sério. Afinal, como era possível alguém desperdiçar tanto dinheiro em algo que ninguém valorizava? No início de Janeiro de 2009 sondei o António Manuel Fernandes face à possibilidade de integrar a “Orientação em Revista” na “Revista de Atletismo” e, duas semanas mais tarde, dei conta ao António Rodrigues do interesse da Revista de Atletismo em avançar com o projecto. Finalmente, entre avanços e recuos, propostas e contra-propostas, um ano depois aí está o tão desejado encarte.

Ainda longe do projecto sonhado

António Rodrigues, Presidente da Federação Portuguesa de Orientação e Director da publicação, assina o Editorial onde, entre outros aspectos dignos de registo, faz questão de afirmar que este “é o renascimento duma ideia de comunicação entre a Federação Portuguesa de Orientação e os seus diversos filiados que agora se prolonga a todos os interessados por este Desporto e a todos aqueles que, não o conhecendo irão ter um primeiro contacto.” Com efeito, a integração da “Orientação em Revista” na “Revista de Atletismo” não pode deixar de constituir uma “piscadela de olho” a um público mais vasto que tem na corrida um dos seus pólos de interesse.

Resta-me acrescentar que este não é, nem de longe nem de perto, o projecto sonhado. Compreendo que as dificuldades financeiras que a Federação Portuguesa de Orientação atravessa, e que são transversais à nossa Sociedade, determinem esta exiguidade de meios. Naturalmente que gostaria de dar a conhecer, mês após mês, um Atleta e um Clube, ter espaço para dedicar ao Desporto Escolar ou à Orientação de Precisão, ir ao encontro do Grupo de Selecção, incluir uma secção de notícias nacionais e fazer um relance pelo que de mais importante se passa lá por fora. Mas oito páginas são... oito páginas! É o que temos e devo reconhecer que, apesar de tudo, já é muito bom. E tenho a esperança de que poderá vir a ser ainda melhor no futuro. Para já, na qualidade de Redactor desta nova “Orientação em Revista”, assumo que privilegiarei sempre uma boa imagem em detrimento dum amontoado de palavras. Muitas provas ficarão de fora, mas esta é uma solução de ruptura assumida com a anterior imagem da Revista. Enquanto merecer a confiança do Director da publicação, a linha editorial é e será esta. E se mais justificações fossem precisas, apreciem a imagem que faz capa da Revista e a beleza do movimento do Tero Föhr, todo no ar. Mais palavras para quê?

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

7 comentários:

Ricardo Telmo disse...

Mais uma vez Parabens pelo seu esforco na divulgacao da orientacao!
Abraco
RF

Ana disse...

Quase que apetece perguntar: “Que seria de nós, orientistas, e da Orientação em Portugal, sem o Joaquim Margarido?!”. E no resto do mundo…outros saberão!

P.S. A foto do Tero Föhr, todo no ar, está espectacular!

Tiago Aires disse...

Viva,

Sou leitor e assinante da Revista Atletismo desde 1999 e é com enorme satisfação e entusiasmo que recebo esta noticia.
Muitos parabéns e obrigado

Cumprimentos
Tiago Aires

ano disse...

Parabens Margarido, e o nosso muito obrigado. De facto és uma mais valia para a modalidade.
Para mim pessoalmente a alegria ainda é maior pois sou assinante da revista atletismo desde o nº1.
Abraço
Albano João

Joaquim Margarido disse...

Agradeço a todos as palavras de apreço por mais esta conquista. Apesar de ter sido o mentor da ideia, gostaria de salientar que fui apenas, por assim dizer, o elo de ligação entre a Revista de Atletismo e a Federação Porruguesa de Orientação. A FPO - e em particular o António Rodrigues - são, em última instância, os grandes responsáveis por este progresso. Para todos quantos trabalharam para a viabilização do projecto o meu bem haja e, uma vez mais, o meu sincero agradecimento ao António Rodrigues pela confiança em mim depositada.

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

PFernandes disse...

Caros amigos,

É sem dúvida positivo que a modalidade passe a ter mais um meio de divulgação regular na imprensa escrita.

No entanto, como atleta questiono:
- É intenção da FPO continuar a entregar "gratuitamente" aos seus atletas a revista de orientação, ou terá de ser adquirida conjuntamente com a revista atletismo.
- Os atletas terão algum tipo de desconto na assinatura da revista atletismo?
- Ficará a revista de orientação disponível on-line para os atletas federados?

Estas questões estarão certamente a passar pela cabeça de muitos... e o sítio da FPO não esclarece!

Pela minha parte, a possibilidade de assinatura da revista atletismo será concerteza uma hipótese a considerar a curto prazo, não só pelas reportagens sobre orientação, mas também pela cobertura de outras provas em que também participo e pela forma como o desporto de corrida "amador" é tratado e apresentado.


Saudações Orientistas,
Paulo Fernandes
(PS: não podia também, mais uma vez, dar uma felicitação especial ao nosso embaixador "Joaquim Margarido")

José disse...

Sou o assinante nr.20 da revista Atletismo.
Há muitos anos venho também pugnando(dentro das minhas modestas possibilidades) por um espaço para a ORI na revista.
Primeiro 2 ou 3 páginas,depois já eram 5 e agora são 8 com uma óptima apresentação. Grande mérito para o J.Margarido sem esquecer a boa vontade dos responsáveis da FPO.
Milhares de leitores/praticantes da corrida poderão ter acesso a uma modalidade fantástica que lhes é próxima, mas que desconheciam por completo, a ORI.
Abraço.
José Grada