terça-feira, 19 de janeiro de 2010

OS VERDES ANOS: VASCO DUARTE


Olá,

Chamo-me Vasco Manuel Fernandes Duarte e sou atleta da ADFA – Associação de Deficientes das Forças Armadas. Vivo em Lisboa, onde nasci a 31 de Maio de 1997, e frequento o 7º Ano de Escolaridade no Externato Júlio César, na Pontinha. As minhas matérias preferidas são a Educação Visual e a Educação Física. Um dia mais tarde sonho vir a ser Oficial da GNR, talvez também por questões familiares mas sobretudo porque gosto muito de cavalos.

Os cavalos e a pintura são duas grandes paixões e frequento aulas de ambas. Mas aquilo que eu mais gosto é, sem dúvida, a Orientação. Comecei a fazer Orientação desde muito pequenino, acompanhando o meu pai que fazia Orientação “a sério”. A minha mãe e os meus tios levavam-me, passava das cavalitas de uns para as cavalitas dos outros mas era eu que picava os pontos.

A minha primeira prova foi há dois anos. Não posso dizer que tenha corrido bem, porque estava sempre muito ansioso. Na verdade, é difícil eleger aquela que foi a minha melhor prova até ao momento, mas teria de ser já nesta época. Hoje já domino melhor a ansiedade mas ainda é só mais ou menos.

Os meus colegas no Externato sabem que eu faço Orientação mas é um bocado difícil convencê-los a fazer também. Parece que não chega dizer-lhes que este desporto é muito engraçado, que não é só correr mas que também é preciso ler o mapa e que estamos em contacto com a natureza. Por isso eu espero que cada vez possam vir mais pessoas praticar Orientação.

No futuro, é claro que gostava muito de poder imitar o meu pai, vir a representar a Selecção Nacional e ir aos países nórdicos. Vou continuar a fazer Orientação enquanto puder. Quando as pernas deixarem de dar, pronto, acabou.

Vasco Duarte
.

4 comentários:

Ana disse...

É muito bonito este depoimento. Tenho a certeza que o Vasco vai ser um grande atleta!
A propósito de pintura, e não só, quem sabe se numa futura prova importante (talvez um POM), se possa fazer um exposição com obras de todos os artistas orientistas!? Venham daí esses talentos!

Luisa disse...

Olá Vasco,
Gostei muito do teu testemunho, principalmente o de "saltitar das cavalitas de uns para as cavalitas dos outros". Muito Giro!
De certeza que vais ser, aliás já és um grande atleta.
Só não concordo contigo quando dizes que "quando as pernas deixarem de dar, pronto, acabou".
Nada disso !
No que me toca, nem que seja de bengala ....
Quanto a ti ainda tens muito que correr, até que as pernitas deixem de dar ...
Beijinhos

Nota: Concordo com a ideia da Ana, sobre a exposição das obras dos nossos "artistas orientistas"

catarina ruivo disse...

Ola pessoal!

excelente ideia!!
Eu também posso dar o meu contributo com os meus rabiscos, das minhas muito poucas horas livres... ihih

beijinho

catarina ruivo

José disse...

Tens pinta, filho de peixe sabe nadar.Já és um pequeno, grande atleta e com algum passado!!! Vi-te fazer, com brilho, uma corrida no escalão Ficelle nuns 5 Dias de França de 2007
Tens que confiar nas tuas pernas até à eternidade, a pensar assim, cá o velho não teria chegado ao H70.

Vais ser um grande atleta!!!