quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

DUAS OU TRÊS COISAS QUE EU SEI DELA...


1. O “Duas ou Três Coisas Que Eu Sei Dela…” abre hoje com uma proposta irrecusável. Trata-se de visitar as “Esfinges do Triângulo”, o recentíssimo blogue de Tiago Lourenço Lopes, e… sonhar! Fotografias e filmes complementam deliciosas descrições das recentes aventuras pedestres nalgumas ilhas do Grupo Central dos Açores. Particularmente emocionante é a saga da subida ao Pico, o ponto mais alto de Portugal, com os seus 2351 metros de altitude. Mas há ainda uma bela caminhada à Caldeira do Santo Cristo, na Fajã dos Cubres (Ilha de S. Jorge) e o magnífico percurso PR1 FAI – Capelo – Capelinhos (Ilha do Faial). Ao autor, um bem haja por partilhar connosco tão fantásticas aventuras. A si, leitor, a sugestão de seguir atentamente esta pérola, a qual se aloja em http://esfinges-do-triangulo.blogspot.com/.

2. O WorldOfO acaba de lançar “Top-O Travel Picks”, uma série de Reportagens incidindo sobre os destinos da Orientação. O objectivo é relacionar os eventos internacionais WRE, pontuáveis para o ‘ranking’ mundial e disputados em vários dias, com uma sugestão de férias (ou mini-férias) bem passadas, em locais com enormes potencialidades turísticas. Assim, não é de espantar que o artigo referente ao mês de Fevereiro – e que pode ser lido na íntegra em
http://news.worldofo.com/2010/01/17/top-o-travel-picks-february-2010/ - se debruce sobre o Portugal O’ Meeting 2010 (Figueira da Foz, 13 a 16 de Fevereiro) e sobre o Norte Alentejano O’ Meeting 2010 (Crato, 20 e 21 de Fevereiro), acentuando a atracção que ambos os eventos exercem sobre muitos dos melhores atletas de Elite a nível mundial. Curiosa mesmo é a nota de rodapé que dá conta do facto de Thierry Gueorgiou ser, até ao momento, o atleta que mais pontos WRE conquistou num único evento, precisamente 1516, no decorrer do POM 2007. No mesmo evento, Damien Renard alcançou 1473 pontos e tem o terceiro maior ‘score’ de sempre. Já em 2009, Matthias Merz alcançou a mais elevada pontuação do ‘ranking’ masculino nesse ano (XI Meeting de Orientação do Centro), enquanto no sector feminino, a pontuação de Simone Niggli no Portugal O’ Meeting 2009 foi a quarta mais alta de sempre. “Portugal parece ser um belo destino para quem pretende angariar alguns pontos para o ‘ranking’ mundial…”, escreve Jan Kocbach a terminar.

3. A Direcção da Associação Portuguesa de Corridas de Aventura reuniu no passado fim-de-semana para avaliar a viabilidade da realização do ARWS Portugal XPD Race 2010, uma prova de qualificação da Liga Mundial para a final Mundial deste ano em Espanha. Nesse sentido, irá utilizar as datas internacionais libertas este ano pelo Bimbache Extreme (que excepcionalmente se realiza em Outubro por ser a final Mundial) e que são de 28 de Abril a 02 de Maio. A prova irá decorrer no território explorado pelo Campeonato do Mundo de Corridas de Aventura (Região Centro) e será uma excelente oportunidade para revivermos a Aventura Épica numa prova mais curta e mais acessível aos atletas nacionais. Assim, de modo a avaliar o interesse de eventuais competidores ou voluntários e, por essa via, a viabilidade da prova, pede a Direcção da APCA que a contactem para o endereço electrónico
alix@portugalecoaventura.pt e digam de vossa justiça.

4. Acaba de ser publicada a nova newsletter do COAC - Coruche Outdoor Adventure Club, referente aos meses de Dezembro e Janeiro [pode vê-la na íntegra
AQUI]. Abordando, por ordem cronológica, as participações do clube e dos seus atletas na 3ª etapa do IV Troféu OriAlentejo, no Troféu Ori-Nazaré, no VI Troféu de Ori-BTT do CPOC e no I Meeting Internacional de Arraiolos, a publicação faz ainda uma antevisão do II Troféu do Sorraia do próximo fim-de-semana. Mas a newsletter não é só Orientação. Nela se aborda, também, a estreia do COAC como clube federado de Atletismo e as suas recentes participações em Portel, Vendas Novas, Avis e Lisboa. Parabéns uma vez mais ao COAC por este pequenino mas precioso contributo para o crescimento e enriquecimento da colectividade.

5.
A composição gráfica está para um livro como a montagem está para um filme. Ela dá forma e “corpo” àquilo que é a alma da obra, as suas palavras e as suas imagens. O meu amor pela escrita e pela fotografia têm muito a ver com uma certa maneira de ser, solitária na essência, divagando em silêncio pela amplitude dos espaços, quer naturais, quer mentais. É quando chega a fase da composição gráfica que vem o “stress” todo. Escolher, alinhar, compor, recortar, afinar, voltar a escolher, a alinhar, a compor… Não vou alongar-me mais. Em jeito de conclusão, quero apenas referir o quão importantes foram neste processo final do meu livro "Crónicas Norte Alentejano O’ Meeting 2009", o Carlos Lisboa e o António Santos. A sua capacidade, experiência e paciência para me aturarem foi determinante para que o produto acabado se coadunasse (ou mesmo ultrapassasse) com as minhas expectativas. Assim, gostaria de expressar publicamente a ambos o meu reconhecimento e gratidão, atribuindo-lhes o Louvor da Semana!

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

Sem comentários: