terça-feira, 1 de dezembro de 2009

OS VERDES ANOS: CATARINA FERNANDES


Olá Orientistas!

Eu sou a Catarina Fernandes, tenho 14 anos e sou do DAR - Recardães. Moro na "Veneza Portuguesa" e frequento o 10º Ano do Curso de Sócio-Económicas. Sou uma apaixonada pelo o que a vida tem de melhor para oferecer.

O "bichinho" pela Orientação vem desde cedo. Recordo-me das cartas militares com as quais, no meu passo pequenino e pela mão do meu pai, conheci o Gerês. Foi uma grande caminhada e mal eu imaginava que maiores estariam para vir.

O tempo foi passando mas o gosto pelos mapas ficaram. Estava eu no 6º Ano quando, para minha enorme alegria, a professora de Educação Física nos disse que uma das modalidades que iriam ser abordadas era a Orientação. Cada aula que fazíamos, mais eu melhorava, mais eu queria conhecer mais.

E acabei mesmo por vir a conhecer. Das primeiras provas que fiz houve uma que me marcou especialmente, não só pelo facto de ter ido com uma amiga (o que normalmente não acontecia, era sempre com a minha mãe), mas também pelo temporal que fazia. Quem já faz Orientação há algum tempo, deve de certeza lembrar-se do Portugal O’Meeting em São Pedro do Sul, em 2007. Estava tanto vento, tanta chuva, tanto granizo, tanto frio, que fazia bater (e de que maneira) a dentadura.

Depois o grande dia chegou, era a minha primeira prova sozinha: Eu, o mapa e 7 pontos pela frente. Foi na Lagoa Clementina na Nazaré, salvo o erro dia 2 de Junho de 2008. O meu pai estava nervoso, pensava que não era capaz de me orientar, mas enganou-se, só por acaso até fiquei em 1º (no primeiro dia porque ao segundo não fui, mas mesmo assim cheguei a ir ao pódio! Pudera éramos só três).

A cada prova que passava ia ficando mais forte, a saber mais, a gostar mais. Tinha a sensação que após tantos anos, finalmente, tinha encontrado. Tinha encontrado o desporto, o meu desporto! Aquele em que posso ser realmente quem sou, em que sou livre de decidir a táctica, onde a Natureza se abre a nós no seu maior esplendor.

Para mim a melhor prova em que participei foi no Norte Alentejano O’Meeting 2009, em Alter do Chão. Não foi só pela inovação da prova de Sprint Nocturno que tinha mapa nos dois lados, como também foi a primeira vez que consegui uma verdadeira medalha (3º lugar).

O gosto, o jeito e a vontade de saber mais tem vindo a crescer e, se tudo correr pelo melhor, espero vir um dia a fazer parte da grande comitiva da selecção portuguesa e poder vir a explorar mapas de outros países.

Boas orientações e até breve,

Catarina Fernandes

.

1 comentário:

Bárbara Correia disse...

É um orgulho ter uma amiga como tu! Mas não é só isto que te faz uma pessoa maravilhosa.
Tal como orientação, o escutismo faz parte de ti e, sinto-me feliz por te ter convidado para fazeres parte do nosso Agrupamento :D

Espero que continues a ter imenso sucesso no mundo da orientação, porque tens imensas capacidades para isso!!

Parabéns Cata!*

Bárbara Correia :)