quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

DUAS OU TRÊS COISAS QUE EU SEI DELA...


1. Imagine-se numa prova de Orientação a partir dois minutos à frente daquele que virá a ser o vencedor. A determinada altura é apanhado e, graças à sua boa condição física, limita-se a seguir na sua ‘cola’ até ao final. Sabia que nesta situação, em sete dos últimos dez Campeonatos do Mundo, teria sido medalha de prata ou de bronze? Há muito que este “trabalho de equipa” representa um imbróglio maior da nossa modalidade e a definição de estratégias para o combater tem sido uma preocupação constante. Assinado por Bernt O. Myrvold, Jan Kocbach e Henning Spjelkavik, acaba de chegar até nós o mais recente contributo no sentido de prevenir ou erradicar o problema. “Separating Runners in Orienteering – Overview and Review of Methods”, assim se chama o documento que pode ser consultado no World of O em http://news.worldofo.com/2009/12/21/extensive-report-separating-runners-in-orienteering/. Apesar da sua extensão, vale bem a pena uma atenta leitura.

2. “A harmonia entre beleza natural e qualidade para a Orientação”, “Informação Técnica colocada no site” e “As Pedras do NAOM”, são estas as mais recentes actualizações das três provas maiores do Calendário Nacional que se avizinham. O Orientovar regista com enorme satisfação o cuidado posto pelas organizações do I Meeting Internacional de Arraiolos (GafanhOri), Portugal O’ Meeting (COC / Ginásio Figueirense) e Norte Alentejano O’ Meeting (GD4C) na criação e manutenção de páginas funcionais e tão completas quanto possível, num todo visualmente apelativo e que tanto nos vem adoçando a boca. Que assim prossigam e nos brindem com eventos de grande qualidade, são os nossos votos para 2010.

3. “Algumas semanas atrás recebi uma mensagem de Portugal onde acaba de ser criada a Comissão de Trail-O, uma estrutura de acompanhamento da Federação Portuguesa de Orientação. Confiamos na sua participação em 2010 no WTOC – Campeonato do Mundo de Trail-O, na Noruega.” As palavras são da finlandesa Sari Salomaa-Niemi, responsável máxima da Comissão de Trail-O da Federação Internacional de Orientação, e podem ser lidas no O-Zine 4-2009, a mais recente newsletter daquela entidade [pode consultá-la em
http://www.orienteering.org/i3/index.php?/iof2006/content/pdf/2836]. Apesar de não estar tão optimista quanto a senhora Salomaa-Niemi no que a uma participação portuguesa no WTOC ’10 diz respeito, deve confessar que a forma como a Orientação de Precisão tem vindo a conquistar, por direito próprio, o seu espaço, é algo que me enche de satisfação e orgulho. E é precisamente para todos quantos, a título pessoal ou nas mais variadas instituições, têm contribuído para transformar este sonho em realidade que vai, com profunda emoção, o Louvor da Semana.

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

1 comentário:

OriMap disse...

Bom dia Maragarido.

É com uma enorme satisfação que vejo o esforço e dedicação de algumas pessoas que atrevés de actos ou gestos, possibilitam a integração e arrancam sorrisos e sonhos a pessoas tão ou mais especiais como qualquer um de nós. O trail-o tem a sua culpa parte neste movimento, possibilitando a pessoas que se sentiam um pouco privadas do desporto e do convivio, terem a oportonidade de "medir forças" e demonstrar iguais capacidades num desporto onde não são necessarias sobre-humanas capacidades fisicas, mas sim capacidades cognitivas.
É para mim uma enorme satisfação pertencer e praticar uma modalidade que se desdobra em várias frentes e que possibilita a que todos a pratiquem e dela retirem o maior prazer e alegria.
Este é mesmo um desporto para todos e não só para alguns.
Peço desculpa ao Margarido mas reencaminharia este louvor, às pessoas que se têm esforçado no sentido de possibilitar sorrisos a pessoas que se sentem privadas durante muitos dias da possibilidade de se mostrarem tão grandes ou mesmo maiores que certos individuos ditos "normais".
Parabéns ao esforço de todos.
Um Feliz Natal e um realizado 2010

Um ori cumprimento
Bino