domingo, 1 de novembro de 2009

XVII CAMPEONATO IBÉRICO DE ORIENTAÇÃO PEDESTRE: 'SPRINTERS' PORTUGUESES IMPARÁVEIS!


A tarde de Toledo fez-se verde-rubra. Portugal revelou uma enorme supremacia na prova de Sprint, conquistando oito dos doze títulos em disputa e virando a seu favor o resultado global deste XVII Campeonato Ibérico de Orientação Pedestre.

Prosseguiu na tarde de ontem o XVII Campeonato Ibérico de Orientação Pedestre. O casco histórico de Toledo – Cidade Imperial recebeu a prova de Sprint para mais uma bela e emocionante jornada de Orientação. Ultrapassada a etapa inicial e a prestação menos conseguida do seleccionado luso, esta segunda prova acabaria por se revelar altamente favorável para as nossas cores, com oito vitórias contra quatro dos espanhóis.

O somatório de pontos foi-nos igualmente favorável, permitindo recuperar a desvantagem de dez pontos trazida da prova de Distância Média e passando para a frente do marcador por um escasso pontinho (198 pontos para Portugal contra os 197 da Espanha). Tudo em aberto, pois, para a prova de Distância Longa que encerra a 17ª edição destes Campeonatos.

Título para Miguel Silva

Em Seniores Masculinos, Miguel Silva pareceu totalmente recuperado da amigdalite que o afectou no início da semana e fez jus ao seu título de Campeão Nacional de Sprint, vencendo com o excelente tempo de 19.41. A maior oposição fez-se sentir da parte de Jorge Fortunato, segundo classificado com mais 17 segundos, enquanto Daniel Portal Gordillo, com o tempo de 20.25, fechava o pódio.

No sector feminino, Ona Rafols Perramón repetiu a proeza da manhã, gastando 18.08 para completar a sua prova e juntando ao titulo ibérico de Distância Média também o título de Sprint. Mas teve, para tal, que muito suar as estopinhas, face a uma grande prova da portuguesa Maria Sá, segunda classificada a um segundo apenas da vencedora. Com um registo de 19.32, Raquel Costa repetiu o terceiro lugar da etapa matinal.

O “bis” de Mariana Moreira e Santos Sousa


Individualmente, Mariana Moreira (Juniores Femininos) e Armando Santos Sousa (Veteranos II Masculinos) repetiram os triunfos da manhã e vão-se cotando, até ao momento, como as grandes figuras da nossa selecção. Mas registaram-se ainda outras cinco presenças portuguesas no lugar mais alto do pódio. Em Cadetes Femininos e em Veteranos I Masculinos, Rita Rodrigues e Joaquim Sousa estiveram imparáveis, impondo-se à concorrência por margem confortável. Em Juniores Masculinos, Tiago Romão e António Martínez Pérez reeditaram o confronto da final A de Sprint dos Mundiais WOC Miskolc 2009, de novo favorável ao atleta português. Uma extraordinária e particularmente moralizadora vitória de Tiago Romão ante o Campeão Europeu de Jovens 2009 e seguramente uma das maiores certezas da Orientação espanhola.

As duas restantes vitórias registaram-se no escalão Juvenil, foram particularmente suadas e resultaram de duelos entre atletas portugueses: No sector feminino, Ana Coradinho impôs-se por 11 segundos a Isabel Sá enquanto no sector masculino a vitória coube a João Mega Figueiredo, levando a melhor sobre David Sayanda por um escasso segundo. Quanto aos espanhóis, para além do já referido título de Ona Rafols Perramón (Seniores Femininos), também Eduardo Gil Marcos (Cadetes Masculinos), Anna Amigó Beltran (Veteranos I Femininos) e Antónia Sánchez Martínez (Veteranos II Femininos) se sagraram Campeões Ibéricos de Sprint nos respectivos escalões, com essa particularidade de todos eles terem feito o “bis”, após terem vencido a prova de Distância Média que marcou o arranque dos Campeonatos.

Prova aberta sem triunfos portugueses

Quis a organização deste XVII Campeonato Ibérico de Orientação Pedestre – Toledo 2009, abrir a prova de Sprint à participação de todos. Distribuídos pelos escalões de Infantis, Juniores, Elite e Veteranos, em ambos os sectores, 254 atletas lograram percorrer a bela cidade de Toledo duma forma diferente, competindo.

Na lista de vencedores não se vislumbram atletas portugueses. Stepan Kodeda (Farra-O Barcelona) foi o vencedor da Elite Masculina, com Alexandre Alvarez (CPOC) e Albino Magalhães (GD4C), respectivamente 6º e 9º classificados, a cotarem-se como os melhores portugueses. Na Elite Feminina, a vitória sorriu a Romana Mrazkova (Farra-O Barcelona), com Ângela Silvério (CN Alvito) a ser a melhor portuguesa no 9º lugar. Uma última referência para o 2º lugar de Alice Silva (GDU Azóia) no escalão de Veteranos Femininos e para o bom conjunto de resultados no escalão de Veteranos Masculinos, com cinco atletas portugueses nos 7 primeiros lugares e o destaque para a 2ª posição de Xavier Vieira (CA Madeira).

Consulte os resultados completos em
http://www.orientoledo.com/resultados_sprint.htm.

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

Sem comentários: