sábado, 21 de novembro de 2009

IV TROFÉU ORIALENTEJO: DAVID SAYANDA E PATRÍCIA CASALINHO VENCEM EM BARDEIRAS


Sete da manhã, saída de São Pedro da Gafanhoeira. As carrinhas seguem carregadas com o material que irá “enfeitar” a arena das Bardeiras, junto a uma pequena represa, onde foi desenhado por Janne Weckman, Anti Harju e Mario Rodriguez um novo mapa de Orientação, há um mês atrás.

Disputou-se esta manhã a segunda etapa do IV Troféu OriAlentejo, conjunto de oito eventos iniciado no passado dia 17 de Outubro, em Vila Nova da Erra (Coruche) e que só terminará em 17 de Julho de 2010, com a prova Nocturna de Vila Nova de Santo André. Na prova de hoje, da responsabilidade do Clube GafanhOri, marcaram presença 196 atletas, entre os quais alguns dos grandes valores nacionais de Elite, fazendo com que a competição estivesse ao rubro.

No escalão Difícil Feminino, Patrícia Casalinho (COC) passou no ponto de espectadores com uma vantagem de 2.02 sobre a 2ª classificada, vantagem essa que conservou até final, vencendo assim a prova. Em 2º lugar ficou Ana Coradinho (GafanhOri) logo seguida da sua irmã, Lena Coradinho, do mesmo clube. Ainda neste escalão, mas no sector masculino com 46 atletas em prova, David Sayanda (GafanhOri) foi o grande vencedor, gastando 42.03 para um percurso de 8.8 km de extensão. Atrás de si, com mais 37 segundos, dois atletas do CPOC ex-aequo: Alexandre Alvarez e Miguel Silva. Os ritmos de prova foram muito elevados e estiveram de acordo com a previsão da organização quanto aos tempos dos vencedores.



Mais uma grande organização

No escalão Médio, Pedro Nogueira (ADFA) e Vera Alvarez (CPOC) foram os vencedores, ambos seguidos de muito perto por João Cascalho e Ana Anjos (atletas Iniciados do Clube GafanhOri) respectivamente. Já no escalão Fácil, as vitórias foram para atletas do Desporto Escolar, Oleksandr Zaikin (ES Palmela) e a “gafanhota” Rute Coradinho (EB 2,3 Cunha Rivara – Arraiolos). Finalmente, Carlos Carlota (COAC) levou de vendida o escalão de Iniciação.

Em termos organizativos esta voltou a ser uma prova sem falhas, com uma Arena agradável que pôde comportar no mesmo espaço o estacionamento, a chegada, as partidas e as diversas tendas de apoio. Desse local, os participantes que não estavam em prova puderam acompanhar a competição através do relato do ‘speaker’ ou directamente no ponto de espectadores. Outro aspecto organizativo relevante teve a ver com o mapa novo, com uma área total de 4,2 km, desenhado de acordo com os princípios da cartografia nórdica. Foi particularmente importante para o Clube Gafanhori poder apresentar antecipadamente o tipo de cartografia que será utilizado no Meeting Internacional de Arraiolos e também no Campo de Treinos de Ano Novo, a realizar de 2 a 8 de Janeiro na Gafanhoeira.


Resultados completos em
http://www.gafanhori.pt/2orialentejo/TotaisBardeiras21nov2009.html.

[Uma nota de agradecimento para Raquel Costa, pelo apontamento escrito para o Orientovar, e para David Tirapicos, autor das fotos]

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

Sem comentários: