quarta-feira, 18 de novembro de 2009

DUAS OU TRÊS COISAS QUE EU SEI DELA...


1. No encerramento da temporada 2009 de Orientação em BTT, a publicação oficial dos resultados na página da IOF mostra Daniel Marques no 20º lugar com 216 pontos. Uma posição prestigiante a todos os títulos e que premeia a grande época do atleta português. No top-100 é possível encontrar ainda Joel Morgado na 84ª posição, com 42 pontos, e José Marques no 99º lugar, com 36 pontos. No sector feminino, Susana Pontes é a nossa melhor representante, ocupando o 39º lugar do ‘ranking’ mundial, com 88 pontos; mas 100 primeiras posições encontramos ainda cinco outras atletas. Assim, Maria Amador está em 60º lugar (53 pontos), Rita Guterres no 61º lugar (52 pontos), Joana Frazão na 82ª posição (36 pontos), Tânia Covas Costa no 89º lugar (34 pontos) e Sandra Rodrigues na 91ª posição (32 pontos). Lideram o ‘ranking’ o dinamarquês Lasse Brun Pedersen e a austríaca Michaela Gigon.

2. Marianne Andersen acaba de ser distinguida com o prémio “Orientista do Ano”, da Federação Norueguesa de Orientação. Atribuído por unanimidade durante a Gala Anual daquela Federação, o galardão reconhece o mérito duma atleta que alcançou uma medalha de ouro e duas de prata nos Mundiais WOC Miskolc 2009, foi segunda classificada na Taça do Mundo e fez o “tri” nos Campeonatos da Noruega, nesta que foi a sua melhor época de sempre. Os restantes galardões foram distribuídos da seguinte forma: Jan Kocbach (Treinador do Ano), pelo seu trabalho inovador em Varegg Fleridrett, Bergen; Marte Renaas, do Wing OK (Ski-Orientista do Ano); Martin Jullum, do Halden SK (Trail-O Atleta do Ano); e, Betty Ann Nilsen Bjerkreim, do Lillehammer OK (Revelação do Ano). Composta por Holger Hott, Audun Weltzien e Anders Nordberg, a Estafeta Norueguesa presente no WOC foi distinguida com o “Prémio Fairplay” pela sua postura em prova, prescindindo da luta pelas medalhas para ajudar a socorrer o sueco Martin Johansson, ferido com gravidade.

3. Ao longo da passada semana, o Estoril Portugal XPD Race 2009 dominou as atenções. Foram 900 quilómetros de aventura e emoção, ao encontro do Portugal profundo, num exercício onde beleza e dureza se misturaram, confundiram e caminharam (… e pedalaram, e remaram…) sempre de mãos dadas. Agora que a adrenalina já se dissipou e assistimos ao regresso à calma, o Orientovar gostaria de saudar todas as equipas que, com maior ou menor dificuldade, lograram chegar ao Baleal, com particular destaque para as três sobreviventes portuguesas do Extreme Challenger / IGeoE, GLOBAZ.PT – BOXIT e Team Greenland / ATV. Sobretudo, deixar uma palavra de apreço pelo trabalho organizativo em torno deste grande evento, levado a bom porto por um vasto conjunto de elementos capazes e competentes, que com o seu esforço e empenho em muito contribuíram para a sua espectacularidade, prestigiando Portugal e as Corridas de Aventura. Para toda a equipa e, em especial, para o seu timoneiro, Alexandre Guedes da Silva, aqui fica o testemunho da mais viva admiração e o merecido Louvor da Semana.

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

Sem comentários: