quarta-feira, 11 de novembro de 2009

DUAS OU TRÊS COISAS QUE EU SEI DELA...


1. É o regresso ao Campeonato do Mundo de Orientação de Desporto Escolar ISF Madrid 2009, disputado en Alcalá de Henares no passado mês de Abril. Karl Keuppens, Presidente do Comité Técnico do evento, acaba de enviar à Federação Espanhola de Orientação (FEDO) um resumo do questionário apresentado às diferentes selecções participantes na competição e a sua opinião particular. Da análise do documento – que pode ser visto AQUI – retira-se que o Alojamento e a Festa da Amizade foram os itens mais valorizados, ao passo que as maiores críticas se dirigiram à Alimentação e à Visita Cultural. Chamado a pronunciar-se, Portugal atribuiu nota máxima (numa escala de 0 a 5) ao Alojamento, Partidas, Festa da Amizade e Cerimónia de Abertura, enquanto a Visita Cultural foi, do ponto de vista dos responsáveis pela nossa comitiva, o aspecto menos conseguido (nota 3). Globalmente, contudo, ressalta a elevada qualidade do evento, estando de parabéns tanto a FEDO como o ACOM – Agrupamento de Clubes de Orientação de Madrid que colaboraram na organização do evento.
.
2. Acaba de sair o 3º Volume - Outubro 2009 da Revista FORJ, a publicação on-line da Federação de Orientação do Rio de Janeiro. Lislaine Link e Ana Rachel Lemes são as figuras de capa deste conjunto de 26 páginas profusamente ilustradas que dão conta do que de melhor se vai fazendo no país irmão. Notícias, reportagens, artigos técnicos, muitas fotos e alguns mapas dão nota do enorme cuidado e empenho por parte da FORJ na promoção e divulgação do desporto da floresta. Num número onde não foram esquecidos a Taça dos Países Latinos e o Curso IOF de Formação de Supervisores ministrado por Rui Antunes, o Orientovar permite-se chamar a atenção para o belíssimo editorial de Ronaldo A. Castelo, Director Técnico da FORJ, e para a “pequena homenagem em forma de agradecimento a todo o serviço prestado e as horas de dedicação à Orientação” feita à pessoa de José Luís Pinheiro Gomes, atleta do Clube de Orientação Caça Prisma e Presidente da Federação de Orientação do Rio de Janeiro. Tudo para ler em
http://www.forj.com.br/documentos/revista/Revista_FORJ_03_2009.pdf.

3. Transformar momentos, tornando mais terna e feliz a experiência das crianças no Hospital, tal é a missão da Operação Nariz Vermelho [
www.narizvermelho.pt]. Vem isto a propósito da participação do Team GreenLand/ATV no Campeonato do Mundo de Corridas de Aventura, Estoril Portugal XPD Race 2009. Representando a Operação Nariz Vermelho, a equipa de Pedro Roque, Filomena Silva Gomes, Artur Baptista e Hugo Velez faz questão de enfrentar os 900 quilómetros da corrida mais louca do mundo de nariz vermelho bem no centro dos respectivos rostos. Não é novidade para ninguém que o Orientovar tem um “fraquinho” por boas causas. E esta é-o, sem dúvida! Daí que o Louvor da Semana vá direitinho para estes quatro bravos, para a sua iniciativa e empenho, para a sua bela atitude, voluntária e solidária. Porque quando uma criança encontra um palhaço, nasce um mundo mágico que transforma tudo à sua volta!

[foto gentilmente cedida pela organização do Estoril Portugal XPD Race 2009]

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

1 comentário:

Angelfish disse...

Olá.

Em nome da Equipa GreenLand/ATV - Operação Nariz Vermelho, agradecemos a amabilidae as palavras e a divulgação desta causa no v/ blog.

Enche-nos de orgulho ter podido pôr o nariz por esta causa durante o ARWC09 em Portugal, no passado mês de Novembro. Sem o NARIZ e o que ele representa, a nossa participação teria sido desprovida de sentido, ainda que sejamos amantes e praticantes habituais da modalidade. Divulgar a causa foi o que de melhor podíamos ter feito independentemente de qualquer resultado ou classificação. E isso basta-nos!

Bem hajam!

Pelo Team GreenLand/ATV: Filomena Gomes, Pedro Roque, Hugo Velez, Artur Batista