sábado, 10 de outubro de 2009

WMOC 2009: A GRANDE FESTA JÁ COMEÇOU


As séries qualificatórias da prova de Sprint, disputadas esta manhã (madrugada em Portugal) no ‘campus’ da Macquarie University, marcaram o arranque da competição do 14º Campeonato do Mundo de Veteranos de Orientação Pedestre WMOC 2009. Entre as hostes portuguesas, destaque para o sensacional conjunto de resultados, com cinco dos nossos atletas a garantirem um lugar na grande final A de amanhã.

Nick Barrable (Grã-Bretanha), Carsten Joergensen (Nova Zelândia) e Joaquim Sousa (na foto, durante a final de Sprint do WMOC 2008). Assim mesmo, foi esta a ordem de chegada dos três primeiros atletas no escalão de H35. Joaquim Sousa foi o primeiro dos 7 elementos da comitiva portuguesa a entrar em acção (10h03, 00h03 em Portugal) e aquele que menos parece ter acusado a fadiga da viagem e revelado melhor adaptação às novas longitudes. Concluiu no 3º lugar com o tempo de 15.19 para 2,8 km de prova (21 pontos de controlo, 35 metros de desnível), cotando-se a 1.11 do vencedor e a 23 segundos do atleta que o precedeu na classificação. Um excelente resultado, permitindo augurar uma classificação particularmente honrosa na grande final de amanhã.

Em H40, António Amador teve uma boa prestação, concluindo no 23º lugar, entre 66 atletas à chegada. Numa qualificatória ganha por Tero Heikkilä (Finlândia), o atleta português gastou 16.31 para 2,8 km de prova (19 pontos de controlo, 30 metros de desnível), a escassos 23 segundos do 15º lugar e a 1.26 da entrada no top-10. Melhor esteve José Fernandes em H50, concluindo no 16º lugar com o tempo de 16.29 para 2,4 km de prova (18 pontos de controlo, 25 metros de desnível). No mesmo escalão, José Pires teve desempenho mais modesto, concluindo no 40º lugar com o tempo de 22.03, vendo-se relegado para a final B de amanhã. Venceu o super-favorito Andreas Hjertson (Suécia) com o tempo de 14.02, numa prova concluída por 45 atletas.

Manuel Dias ao seu nível

Passando ao escalão de H55, Manuel Dias esteve absolutamente impecável, concluindo a primeira série qualificatória no 5º lugar com o tempo de 14.04 (2,3 km de prova, 13 pontos de controlo, 25 metros de desnível). O atleta português quedou-se a 58 segundos do vencedor, o australiano Paul Pacque, e apenas 39 segundos atrás desse grande senhor da Orientação mundial que dá pelo nome de Eddie Harwood (Grã-Bretanha), segundo classificado. A segunda série de qualificação neste escalão foi ganha pelo dinamarquês Leif E. Larsen, com o tempo de 12.36. Concluíram a prova 97 atletas no conjunto das duas séries.

O escalão H65 contou também com a realização de duas séries qualificatórias. Competindo na segunda série, Francisco Coelho teve igualmente uma boa prestação, terminando no 14º lugar com o tempo de 14 minutos exactos (1,9 km de prova, 10 pontos de controlo, 25 metros de desnível). Roland Alsen (Suécia) foi o vencedor com o tempo de 12.25, enquanto a segunda série foi ganha por outro sueco, Magnus Landstad, em 12.31. Concluíram as provas 113 atletas.

Aplausos para Margarida Rocha

O resultado de Margarida Rocha, a solitária representante portuguesa, não desmereceu do conjunto global de resultados no seio dos “sete magníficos”. Competindo no escalão de W50, Margarida Rocha foi 33ª classificada entre 60 atletas, completando os 2,0 km de prova (12 pontos de controlo, 25 metros de desnível) em 18.57. Numa prova que teve na neo-zelandesa Gillian Ingham a grande vencedora com o tempo de 12.46, Margarida Rocha falhou a final A por escassos dois segundos (apuraram-se as primeiras 32 atletas de cada série, tendo a 32ª classificada, a neo-zelandesa Lisa Mead, terminado com o tempo de 18.55).

Regressando aos homens, uma referência e uma saudação muito especial para Paulo Becker, único atleta da América do Sul presente na competição. O atleta brasileiro disputou a série qualificatória do escalão H45, concluindo na 42ª posição com o tempo de 18.03 (2,5 km de prova, 15 pontos de controlo, 30 metros de desnível). Venceu o australiano Oli Buholzer com o tempo de 12.08.

Com Joaquim Sousa, António Amador, José Fernandes, Manuel Dias e Francisco Coelho apurados para a final A de amanhã, resta aguardar a confirmação dos excelentes desempenhos e mais um leque de resultados que nos encha a todos de satisfação e orgulho. Tudo para acompanhar em
http://www.wmoc2009.orienteering.asn.au/ ou aqui, no seu Orientovar.

Saudações orientistas.

.
JOAQUIM MARGARIDO

.

Sem comentários: