terça-feira, 6 de outubro de 2009

OS VERDES ANOS: ISABEL MENESES


Olá!

Chamo-me Isabel Meneses, tenho 19 anos e vivo em Santo Tirso.

Estou no último ano de Contabilidade na Escola Secundária de Tomaz Pelayo. Este ano é um ano decisivo no meu futuro, a minha primeira escolha será entrar na Academia Militar. Caso não consiga, irei tentar entrar para a Universidade do Porto, ESCAP.

Desde pequena gostei de praticar desporto e sempre que havia provas de inter-escolas ia sempre! Até que um dia, uma colega da escola veio falar comigo para participar numa prova de Orientação. Quando ouvi o nome do desporto, perguntei o que era. Explicações dadas, disse-lhe logo que talvez não fosse gostar! Andar no meio do monte ou de uma cidade com um mapa? E se eu me perdia? Hummm, era melhor não arriscar!

Entretanto fui assistir a uns treinos na escola pelo Prof. Pinto André (Presidente da Secção de Orientação dos Trampolins de Santo Tirso) e tanto ele como a minha colega insistiram para que fosse a uma prova no âmbito do Desporto Escolar, e assim foi!


No dia 04 de Dezembro de 2004, na Sra. da Assunção, em Santo Tirso, foi então a minha primeira experiência na modalidade, ou melhor, o começo do vício. Confesso que no início assustei-me um pouco ao ver tantos símbolos! No meio da prova vi-me “mergulhada” numa paisagem natural onde se sentia um contacto com a natureza e uma liberdade inexplicável.

Comecei a ir às provas de Desporto Escolar e um ano depois federei-me pelo clube Trampolins de Santo Tirso. Nesse mesmo ano também entrei para um clube de Atletismo, participando em provas durante duas épocas. Porém, cheguei a um ponto em que tive que optar entre a Orientação e o Atletismo e a decisão era óbvia! Orientação, uma vez que este desporto não implica só o gosto de correr mas também uma concentração, e além disso sempre que terminamos uma prova há sempre um ponto de conversa acerca da prova, há sempre novas amizades, conhecer cidades e o que nelas há de bom!

No passado dia 19 de Setembro fiz a minha estreia pelo Grupo Desportivo 4 Caminhos em Viana do Castelo e fiquei lisonjeada pela forma como fui recebida!

Há quatro anos que estou federada e, agora que olho para trás e vejo o que vivi neste mundo da Orientação, confesso que tenho muitas alegrias. Vivi momentos óptimos que ficaram na memória e serão recordados muitas vezes!

Aproveito para agradecer a algumas pessoas que têm sido incansáveis, por estarem a caminhar ao meu lado sempre que precisei. Um dos exemplos foi quando tive a entorse no pé e fui para o hospital de Viseu, em que me foram lá buscar e deram-me tudo o que necessitava naquele momento e que trataram de tudo! Também tenho que agradecer ao meu treinador, António Marcolino, pela força que me tem dado.

A Orientação é uma das modalidades desportivas que mais tem crescido em Portugal, mas infelizmente não tem sido muito conhecida. Não podia terminar sem elogiar o trabalho que Joaquim Margarido tem vindo a desempenhar para que este desporto capte mais pessoas e seja finalmente conhecido!


Isabel Meneses
.

Sem comentários: