sexta-feira, 4 de setembro de 2009

1º ORIJUNIOR: TESTEMUNHOS


No dia em que chegou ao fim o 1º OriJunior, o Orientovar publica as impressões de mais duas participantes, Ana Coradinho e Susana Alves.


Com o 1º Ori-Junior quase a terminar, aproveito já para fazer um balanço geral. Na minha opinião foi óptimo separar os “laranjinhas” e “verdes” dos “azuis ” e ”magentas”. Em relação aos treinos correram todos bem e, para treinarmos ainda mais, na maioria das vezes éramos nós que montávamos os pontos.

Para mim o treino mais importante até ao momento foi os pontos de ataque, no qual recebemos o mapa no dia anterior e tínhamos de decidir quais as grandes referências que íamos atacar antes de chegar ao ponto, pois por vezes nas provas vamos tão fixados na “linha vermelha” que não vemos que se atacarmos outro ponto com maior visibilidade tudo se torna mais fácil.

Ana Coradinho


Neste que é o “1º Orijúnior”, em que foram separados os azuis e magentas dos laranjinhas e verdes para se conseguir um estágio com maior nível técnico e um maior acompanhamento dos participantes, as palavras que tenho para o descrever é que tem sido ESPECTACULAR! No mínimo.

Os treinos têm sido bastante bons a nível técnico e os que mais gostei foram os de opções longas e as estafetas de um homem, por causa da pressão que os atletas sentem e que eu tenho bastante dificuldade em gerir.

Num balanço geral, já que estamos nos últimos dias deste estágio, começando pelos treinos, passando pelo convívio e acabando no espírito de união deste grupo, penso que todos ou quase todos os objectivos foram cumpridos. Para rematar: que venham mais iguais a este!

Susana Alves

[opção de Rafael Miguel no mapa da estafeta de um homem, gentilmente cedida por Ana Coradinho]

Saudações orientistas.


JOAQUIM MARGARIDO
.

Sem comentários: