sábado, 15 de agosto de 2009

WOC MTBO ISRAEL 2009: OS MELHORES RESULTADOS DE SEMPRE NA LONGA


Portugal alcançou os melhores resultados de sempre na final de Distância Longa duns Campeonatos do Mundo de Orientação em BTT, cuja sétima edição chegou hoje ao fim em Eshtaul, Israel.

Presente pela terceira vez consecutiva em Campeonatos do Mundo, nunca anteriormente Paulo Alípio havia logrado alcançar uma presença na final da prova de Distância Longa. Pois bem, conseguiu-o desta vez por mérito próprio e o seu 31º lugar, com o tempo de 1.50.43, é o corolário lógico duma prova conseguida. Foram cerca de 36 quilómetros de muito sofrimento, com mais de 700 metros de desnível e sob temperaturas muito acima de 30º, que Paulo Alípio soube vencer de forma absolutamente brilhante. O atleta encerra assim da melhor forma esta sua participação nos Mundiais de Israel, depois do desconsolador 45º lugar das finais de Distância Média e de Sprint e do 11º lugar na final de Estafetas.

Melhor atleta português, Daniel Marques voltou a fazer uma prova muito regular, plena de concentração, acabando por ser traído por um problema técnico com a corrente da sua bicicleta e por uma decisão que se viria a revelar errada na progressão para o sexto ponto que o fez perder cerca de cinco minutos. A não ser assim, bem que o resultado teria sido outro e o atleta acabaria por cumprir o seu grande objectivo de entrar no top-20 desta final de Distância Longa. Ainda assim Daniel Marques melhorou consideravelmente o 38º lugar de 2008, gastando 1.49.45 e concluindo na 30ª posição, a melhor de sempre em Campeonatos do Mundo nesta distância.

João Ferreira e Susana Pontes também no top-40

Pelo segundo dia consecutivo, João Ferreira voltou a entrar no top-40. No final duma semana de competição ao mais alto nível e ante condições extremamente difíceis, o jovem atleta português voltou a demostrar o seu enorme potencial, evidenciando o muito que dele há ainda a esperar. No final foi o 40º classificado com o tempo de 1.57.00 e o escasso ponto recebido para o ‘ranking’ mundial constitui, acima de tudo, um prémio à sua coragem e determinação.

Finalmente Susana Pontes, a solitária representante portuguesa na competição feminina, alcançou o 38º lugar com o tempo de 2.00.55, para 27 quilómetros de prova e 560 metros de desnível. Susana Pontes ultrapassa assim o 40º lugar de Carla Freitas em Ballarat, Austrália (2004), estabelecendo também ela o melhor resultado de sempre duma atleta portuguesa na distância.

O “bis” de Adrian Jackson

Com o tempo de 1.32.41, Adrian Jackson (Austrália) foi o grande vencedor, repetindo o ouro da manhã de ontem na prova de Sprint, confirmando o seu estatuto de número 1 do Mundo e acabando por se cotar como a grande figura dos Campeonatos. Campeão do Mundo na distância em 2008 (Stare Jablonki, Polónia), o russo Ruslan Gritsan não foi além do 2º lugar com mais 2.44 que o vencedor. A terceira posição coube a um surpreendente Matthieu Barthelemy (França), com o tempo de 1.36.23.

No sector feminino, quando todos esperavam que Michaela Gigon fizesse o pleno de medalhas, a atleta austríaca acabou por não ir além da 5ª posição com o tempo de 1.34.24. Venceu a helvética Christine Schaffner com um registo de 1.31.11, renovando assim o título mundial alcançado no ano transacto e colocando a Suiça no quadro de vencedores deste Mundial, um quadro alargado a sete nações em oito possíveis. Nos segundo e terceiro lugares, com os tempos de 1.33.00 e 1.33.07, classificaram-se respectivamente a austríaca Sonja Zinkl e a eslovaca Hana Bajtosová.

Resultados

Masculinos

1º Adrian Jackson (Austrália) 1:32:41
2º Ruslan Gritsan (Rússia) 1:35:25
3º Matthieu Barthelemy (França) 1:36:23
4º Lasse Brun Pedersen (Dinamarca) 1:37:39
5º Erik Skovgaard Knudsen (Dinamarca) 1:38:38
6º Torbjorn Gasbjerg (Dinamarca) 1:38:56
7º Valery Glukhov (Rússia) 1:39:10
8º Beat Oklé (Suiça) 1:39:14
9º Jiri Hradil Jiri (República Checa) 1:39:40
10º Beat Schaffner (Suiça) 1:40:50
(…)
30º Daniel Marques (Portugal) 1.49.45
31º Paulo Alípio (Portugal) 1.50.43
40º João Ferreira (Portugal) 1.57.00

Femininos
1º Christine Schaffner (Suiça) 1:31:11
2º Sonja Zinkl (Áustria) 1:33:00
3º Hana Bajtosova (Eslováquia) 1:33:07
4º Ingrid Stengard (Finlândia) 1:34:00
5º Michaela Gigon (Áustria) 1:34:24
6º Ksenia Chernikh (Rússia) 1:35:03
7º Nadya Mikryukova (Rússia) 1:36:05
8º Elisabeth Hohenwarter (Áustria) 1:37:01
9º Martina Tichovska (República Checa) 1:37:23
10º Olga Vinogradova (Rússia) 1:37:49
(…)
38º Susana Pontes (Portugal) 2.00.55

Todos os resultados, fotos, vídeos - excelentes! - e muito mais em
www.nivut.org.il/mtbo/. Conheça ainda as reacções de Daniel Marques e João Ferreira, em www.dani-oribtt.blogspot.com e www.joaoferreira.net, respectivamente.

Israel passa agora o testemunho organizativo a Portugal onde, no próximo ano, irão decorrer os Campeonatos do Mundo. A partir de agora, via aberta para os Mundiais de 2010, na região de Montalegre, e todas as atenções centradas em
http://mtbwoc2010.fpo.pt/.

[foto gentilmente cedida por Eduardo Oliveira]

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

Sem comentários: