segunda-feira, 17 de agosto de 2009

WOC MISKOLC 2009: OUTRA QUALIFICATÓRIA, IDÊNTICOS RESULTADOS


Decorreram esta manhã em Bükkszentkereszt as séries qualificatórias da prova de Distância Longa do Campeonato do Mundo de Orientação Pedestre WOC Miskolc 2009. Uma prova onde não se registaram surpresas de vulto no lote de atletas qualificados, enquanto os quatro portugueses presentes na competição voltaram a ficar pelo caminho.

Pedro Nogueira correu a primeira série e o 30º lugar, com o tempo de 1.22.04, deixou-o muito longe do apuramento para a grande final do próximo domingo (o finlandês Mats Haldin, 15º classificado, gastou menos 18.37!). Com alguma surpresa, a vitória coube ao britânico Graham Gristwood com o tempo de 1.00.05, logo seguido dos suíços Matthias Merz e Daniel Hubmann, do russo Andrey Khramov e do romeno Ionut Zinca, de novo com uma excelente prestação.

O nosso representante na segunda série, Tiago Romão, repetiu o resultado de Pedro Nogueira, quedando-se pela 30ª posição com o tempo de 1.21.14. Também aqui o atleta português ficou muito longe do apuramento, já que o 15º classificado, o húngaro Zsolt Lenkei, gastou menos 13.23 que o atleta português. Com um registo de 58.58, o suíço Baptiste Rollier foi o grande vencedor, à frente do francês François Gonon, do sueco Martin Johansson, do italiano Mikhail Mamleev e do norueguês Anders Nordberg. Rasmus Soes, vencedor do POM2009, foi a grande surpresa pela negativa, não indo além do 18º lugar e ficando assim de fora da final A.

Diogo Miguel e Maria Sá ligeiramente melhor

Diogo Miguel inverteu o resultado de ontem, cotando-se como o nosso melhor representante ao terminar a terceira série de qualificação no 27º lugar com o tempo de 1.14.30. Também aqui a diferença para o 15º classificado foi substancial, cifrando-se praticamente nos dez minutos (9.58, mais concretamente, para o russo Dmitry Tsvetkov). A vitória coube ao francês Thierry Gueorgiou com o tempo de 58.01, secundado pelo finlandês Tero Föhr, pelo húngaro Adam Kovács, pelo sueco Peter Öberg e pelo suíço Marc Lauenstein. Quanto ao espanhol Roger Casal, começa a merecer o “prémio do azar” ao repetir a 16ª posição de ontem, falhando assim o apuramento para nova final A “por uma unha negra”.

No sector feminino, Maria Sá correu a segunda série repetindo a 22ª posição da véspera. A atleta portuguesa gastou 1.09.03, ficando a distantes 11.42 da ucraniana Olga Sluta, a 15ª classificada. Simone Niggli voltou a não dar hipóteses à concorrência, vencendo de novo e de forma categórica. Nas restantes séries as vitórias couberam à finlandesa Minna Kauppi e à norueguesa Marianne Andersen (esta última a repetir a vitória de ontem), ficando ainda a curiosidade de a República Popular da China conseguir meter duas atletas na final A e a Espanha uma, graças a esse sensacional 4º lugar de Esther Gil na primeira série, vingando assim o desconsolador 16º lugar da qualificatória de Distância Média. Ona Rafols quase imitou o “azarado” Roger Casal, tendo concluído na 16ª posição na segunda série, depois de ontem ter sido a 17ª classificada na primeira série. Correndo a terceira série, a brasileira Lislaine Link quedou-se pelo 26º e antepenúltimo lugar.

Enquanto aguardamos reacções à jornada de hoje, vamos adiantando que amanhã a competição fará uma pausa, tendo lugar a Cerimónia de Abertura deste 26º Campeonato do Mundo de Orientação Pedestre WOC Miskolc 2009. Tudo para acompanhar em
http://tajfutovb2009.hu/.

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

Sem comentários: