sexta-feira, 21 de agosto de 2009

WOC MISKOLC 2009: O MAIS ELEVADO EXEMPLO DE DESPORTIVISMO


É a imagem que corre o Mundo. Thierry Gueorgiou (França), Michal Smola (República Checa) e Anders Nordberg (Noruega) concluem a sua prova, depois de darem o maior exemplo de ‘fair-play’ ao abdicar das medalhas na final de Estafetas desta manhã para socorrerem Martin Johansson (Suécia), gravemente ferido.

É uma história de humanidade e desportivismo, aquela que se conta a propósito da prova de Estafeta masculina dos Mundiais de Miskolc disputada na manhã de hoje. Após uma série de alternâncias na frente da corrida e já a ‘cheirar a meta’, Martin Johansson é vítima dum grave acidente, espetando um pau numa perna cerca de 12 cm. Com ele seguiam na cabeça da corrida Thierry Gueorgiou e Anders Nordberg, que imediatamente pararam para ajudar o companheiro e amigo, abdicando assim da luta por uma vitória que seria quase certa.

Enquanto Thierry Gueorgiou permanecia junto a Johansson, fazendo da sua camisola um garrote para estancar a hemorragia, Nordberg corria para a Arena em busca de auxílio médico. Entretanto, o checo Michal Smola que seguia na quarta posição parou também para apoiar o francês no auxílio a Johansson. “Que dramático acontecimento e que grande exemplo de desportivismo dado pelos melhores orientistas mundiais”, afirma Ivo Danilov em artigo detalhado que pode ler AQUI
.

Após o incidente, os três atletas-socorristas concluiram a sua prova em ritmo de 'jogging', dando aos respectivos países os 25º, 26º e 27º lugares. Antes da cerimónia de entrega de prémios aos vencedores das Estafetas, o presidente da IOF, Åke Jacobson, expressou aos três atletas a sua gratidão: "O que fizeram aqui hoje representa o mais elevado exemplo de desportivismo e de fair-play. Vocês são uma inspiração para todos nós", disse.
.

[foto de Henning Spjelkavik, extraída do “site”
http://www.orienteering.is/]

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

Sem comentários: