quarta-feira, 26 de agosto de 2009

PORTUGAL O'SUMMER 2009: LENA CORADINHO E TRAIL-O, AS REVELAÇÕES DA JORNADA


No segundo dia do Portugal O’Summer 2009, Lena Coradinho surpreendeu tudo e todos ao alcançar uma importante vitória na prova de Distância Média. Mas o momento do dia fica marcado por essa extraordinária iniciativa que foi a prova de Trail-O, sentida e vivida por muitas dezenas de participantes.

O manso acordar da manhã de ontem dissipou as dúvidas dos mais pessimistas. As nuvens e a chuva partiram durante a noite e um sol esplendoroso encheu uma vez mais de cor e vida a floresta envolvente ao Hospital Rovisco Pais, na Tocha.

O programa deste segundo dia do Portugal O'Summer 2009, prometia emoções fortes, com uma prova de Distância Média para “retemperar forças” e ainda uma prova de Trail-O, aguardado por todos com natural expectativa. A verdade é que, se a vertente competitiva trouxe algumas agradáveis surpresas, condimentando as classificações nos vários escalões, o Trail-O acabou mesmo por constituir o momento alto, com uma participação inusitada de 21 atletas portadores de deficiência motora deslocando-se em cadeira de rodas, bem como de muitos outros que, com maiores ou menores limitações, se aventuraram nos aliciantes meandros da Orientação de precisão.

O dia de Lena Coradinho

Na vertente competitiva, Joaquim Sousa voltou a levar de vencida o sector masculino, afirmando-se até ao momento como a grande figura do evento. O atleta do COC gastou 33.08, deixando o seu colega de equipa Paulo Franco a 30 segundos e Manuel Horta (GafanhOri) a um minuto exacto. Joaquim Sousa lidera a Geral, seguido ainda de Manuel Horta mas agora com o espanhol Fernando Soriano Rubio (COHU) na terceira posição.

No sector feminino, Lena Coradinho alcançou uma saborosa vitória e que não estaria nas previsões da maioria. Ingressando este ano no escalão de Elite, a atleta ainda júnior (apenas na época de 2012 será sénior) vem compensando com muito trabalho e dedicação as grandes limitações físicas que lhe são reconhecidas. Pois acabou por arrecadar um justo triunfo e, sem ganhar nenhum parcial, impôs-se a atletas bem mais conceituadas, nalguns casos por margens que não deixam quaisquer dúvidas. Lena Coradinho ascendeu assim à 4ª posição da Classificação Geral, numa tabela que é ainda dominada por Patrícia Casalinho.

Resultados

Elite Masculina (M21E)
1º Joaquim Sousa (COC) 33.08
2º Paulo Franco (COC) 33.38
3º Manuel Horta (GafanhOri) 34.08
4º Fernando Soriano Rubio (COHU) 34.23
5º Miguel Silva (CPOC) 34.27
6º André Ramos (COC) 36.02
7º Raul Ferra Múrcia (Lorca-O) 37.26
8º Zigor Garcia Gorrotxategui (Cobi) 41.30
9º Massimo Bianchi (IKP Prato) 42.26
10º Domingos Martins (GD4C) 44.18

Elite Feminina (W21E)
1º Lena Coradinho (GafanhOri) 39.45
2º Lídia Magalhães (ADFA) 40.20
3º Patrícia Casalinho (COC) 40.21
4º Andreia Silva (COC) 41.30
5º Raquel Costa (GafanhOri) 41.58
6º Catarina Ruivo (COC) 46.13
7º Adrienne Brandi (CCRoma) 46.36
8º Paula Nóbrega (OriMarão) 47.44
9º Belén Megías Nogales (Veleta) 50.09
10º Masha Boyko (GD4C) 52.10

Maioria segura liderança

Nos restantes escalões foram muitos os atletas que reincidiram na vitória, casos de Luís Silva (ADFA) em H17, Mariana Moreira (CPOC) em D20, Susana Pontes (CPOC) em D35, Santos Sousa (ADFA) em H40 e Margarida Rocha (GD4C) em D50, isto para citar apenas alguns. A esmagadora maioria dos atletas conseguiu segurar os primeiros lugares da classificação trazidos da prova de Distância Longa, havendo quatro ou cinco excepções, com destaque para o escalão H20, no qual Pol Rafols Perramón (GD4C) caiu para a terceira posição, sendo a liderança ocupada agora por Daniel Martin de los Rios (ADYRON), e para o escalão H55, onde Norman Jones (GafanhOri) se viu ultrapassado por Paul Furness (OD).

Relativamente ao Trail-O – e porque disso é inteiramente merecedor – terá o devido desenvolvimento em crónica separada.

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

Sem comentários: