terça-feira, 11 de agosto de 2009

MTBO WOC ISRAEL 2009: RESULTADOS MEDIANOS NA FINAL DE DISTÂNCIA MÉDIA

.
Numa jornada marcada por muito calor e alguns pequenos azares, o desempenho da representação portuguesa na final da prova de Distância Média dos Campeonatos do Mundo de Orientação em BTT cotou-se pela mediania. Daniel Marques foi o nosso melhor atleta, concluindo na 31ª posição.

Não foram propriamente de grande monta os resultados obtidos pelos atletas portugueses na final da prova de Distância Média dos Campeonatos Mundiais de Orientação em BTT, disputada esta manhã na floresta de Ben Shemen, na localidade israelita de Kfar Daniel. Um mapa exigente do ponto de vista técnico e calor, muito calor, constituíram as principais dificuldades com que os nossos atletas se depararam.

Último atleta português a partir e aquele onde se depositavam as maiores esperanças, Daniel Marques foi o que pagou a maior factura, enfrentando quase na sua plenitude o calor abrasador que se fez sentir. Apesar duma segunda metade melhor conseguida, onde recuperou dez posições na Classificação Geral, Daniel Marques completou os cerca de 20,4 km de prova (19 pontos de controlo, 355 metros de desnível) em 1.05.53, o que lhe valeu a 31ª posição entre os 76 atletas que alinharam à partida. Este resultado melhora a 38ª posição de 2008 (Stare Jablonki, Polónia) mas é manifestamente inferior ao 18º lugar alcançado por Daniel Marques em Ballarat (Austrália, 2004), aquando da sua estreia em Campeonatos do Mundo.

“Senti-me triste à chegada”

“Decisões erradas ou falhas de concentração, não consigo explicar o porquê de tantas falhas”, pode ler-se na página pessoal de João Ferreira, aquele que acabou por ser o nosso atleta pior classificado, quedando-se pelo 60º lugar com o tempo de 1.19.35. João Ferreira não começou bem, com uma desconcentração a custar-lhe cerca de três minutos para o ponto 3. Com sensivelmente metade da prova cumprida, o atleta ocupava o 49º lugar com o tempo de 29.27. Depois foi um acumular de momentos menos bons, com as deficientes abordagens aos pontos 9, 11 e 13 a custarem-lhe mais sete minutos. “Senti-me triste à chegada, não era de todo um resultado que me agradava”, refere o atleta, para logo concluir: “Amanhã é dia para repôr energias. Vou continuar a dar tudo por tudo para fazer o melhor resultado possível. Espero conseguir ultrapassar este mau resultado, dar o meu melhor é o que vou fazer.”

Paulo Alípio fez uma prova consentânea com as suas qualidades e capacidades, terminando num honroso 45º lugar com o tempo de 1.09.50. O atleta teve uma entrada no mapa “para esquecer” e, com metade da prova cumprida, tinha atrás dele praticamente apenas japoneses e israelitas em prova, manifestamente as comitiva mais fraquinhas a marcar presença nestes Mundiais. A verdade é que o atleta teve o condão de inverter a prova menos boa que vinha fazendo, recuperando perto de 20 posições e terminando naquele que é o seu melhor lugar de sempre em provas de Distância Média em Cam
peonatos do Mundo (havia sido 74º em 2007 e 53º em 2008).

.


Susana Pontes finalizou os 15,6 km de prova (15 pontos de controlo, 225 metros de desnível) no 40º lugar com o tempo de 1.09.28. Este é um resultado que está de acordo com o actual valor da atleta, ainda que ligeiramente inferior ao 38º lugar de Stare Jablonki, no ano transacto e que constitui, ainda e sempre, a melhor posição da atleta na distância em Campeonatos do Mundo. A prova contou com a participação de 52 atletas.

Gasbjerg e Hara chegam ao ouro

Confirmando um notável momento de forma, o dinamarquês Torbjorn Gasbjerg foi o grande vencedor com o tempo de 56.27, alcançando aqui o seu terceiro título mundial depois da vitória na prova de Sprint em 2007 (Nove Mesto na Morave, República Checa) e nas Estafetas em 2008 (Stare Jablonki, Polónia). Não deixa de constituir uma surpresa o 2º lugar do checo Jiri Hradil, a apenas 42 segundos do vencedor, ele que ocupa a 12ª posição do ‘ranking’ mundial embora surgisse aqui ostentando o título de Vice-Campeão mundial de Sprint. No lugar mais baixo do pódio outro nome conceituado, o do dinamarquês Lasse Brun Pedersen, com o tempo de 57.17. Vencedor no ano transacto e nº 1 do ‘ranking’ mundial, o australiano Adrian Jackson teve de se contentar com a 5ª posição com o tempo de 59.19. Ruslan Gritsan e Viktor Korchagin, ambos da Rússia, segundo e terceiro classificados do ‘ranking’ mundial, não foram além do 10º e do 26º lugares, respectivamente.

Nas senhoras a grande vencedora foi a finlandesa Marika Hara, com o tempo de 52.22. A 8ª classificada do ‘ranking’ mundial alcança aqui o mais importante título da sua carreira, impondo-se à austríaca Michaela Gigon e à suiça Christine Schaffner, as duas primeiras classificadas do ‘ranking’ mundial, com uma vantagem de 1.01 e 1.22, respectivamente.

Resultados

Masculinos

1º Torbjorn Gasbjerg (Dinamarca) 56.27
2º Jiri Hradil (Republica Checa) 57.09
3º Lasse Brun Pedersen (Dinamarca) 57.17
4º Anton Foliforov (Rússia) 57.30
5º Adrian Jackson (Austrália) 59.19
6º Beat Oklé (Suiça) 1.00.19
7º Maxim Zhurkin (Rússia) 1.00.38
8º Andrey Kornev (Rússia) 1.00.45
9º Radek Laciga (República Checa) 1.00.47
10º Ruslan Gritsan (Rússia) 1.01.01
(…)
31º Daniel Marques (Portugal) 1.05.53
45º Paulo Alípio (Portugal) 1.09.50
60º João Ferreira (Portugal) 1.19.35

Femininos
1º Marika Hara (Finlândia) 52.22
2º Michaela Gigon (Suiça) 53.23
3º Christine Schaffner (Suiça) 53.44
4º Hana Bajtosova (Eslováquia) 53.49
5º Ingrid Stengard (Finlândia) 54.11
6º Anna Fuzy (Hungria) 56.07
7º Anna Kaminska (Polónia) 56.09
8º Emily Benham (Grã-Bretanha) 56.19
9º Tatiana Repina (Rússia) 56.25
10º Nadya Mikryukova (Rússia) 56.35
(…)
40º Susana Pontes (Portugal) 1.09.28

Campeonatos prosseguem na quinta-feira

Amanhã é dia de retemperar forças, regressando a competição na tarde de quinta-feira com a tão aguardada prova de Estafetas. Nela Daniel Marques, Paulo Alípio e João Ferreira procurarão fazer esquecer o “desastre” dos dois últimos anos, se possível melhorando o 10º lugar de Banská Bystrica (Eslováquia, 2005). A partida será dada às 16h00 locais (menos duas horas em Portugal). Tudo para acompanhar em
http://www.nivut.org.il/mtbo/ ou aqui, no seu Orientovar. Não deixe ainda de ler as páginas pessoais de Daniel Marques e João Ferreira, respectivamente em http://dani-oribtt.blogspot.com e http://www.joaoferreira.net.

[fotos de Dan Chissick em
http://www.flickr.com/photos/dchissick/sets/72157621884069893/]

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

..

Sem comentários: