quarta-feira, 26 de agosto de 2009

DUAS OU TRÊS COISAS QUE EU SEI DELA...


1. A Federação Portuguesa de Orientação acaba de divulgar em comunicado [AQUI] a Avaliação de todas as provas pedestres referentes à temporada 2008/2009. Destaque para o II Troféu do Sabugueiro, da responsabilidade do Clube GafanhOri, que com a nota 18 se cotou como a melhor organização entre as 23 avaliadas. Para Tiago Aires, responsável máximo da emblemática colectividade de S. Pedro da Gafanhoeira, esta é “uma distinção com muito significado, pois é publico que em Arraiolos gostamos de receber bem e tentamos sempre organizar bons eventos. Este é, assim, o reconhecimento que nos dá ainda mais vontade de melhorar alguns aspectos.” Em Janeiro próximo, o Meeting Internacional de Arraiolos irá constituir seguramente a maior prova de fogo que o clube jamais experimentou, mas para já fica o convite à participação em mais um evento do GafanhOri, nos dias 19 e 20 Setembro, com a realização do seu VI Troféu.
2. “Saberes, sabores e espectáculos!” É assim a XXIV Feira de Artesanato e Gastronomia do Crato, o “Festival do Norte Alentejano”, um dos poucos certames descentralizados dos grandes centros urbanos. Para além da qualidade e diversidade das escolhas ao nível do artesanato e da gastronomia, a forte aposta da organização na programação dos espectáculos e da animação musical é singular e cativa, ano após ano, um número crescente de público. É neste ambiente de festa que o Grupo Desportivo 4 Caminhos se encontra a promover a 4ª edição do Norte Alentejano O’Meeting, evento que o clube tem agendado para 19 a 21 de Fevereiro de 2010. Ontem à noite, o “stand” recebeu a visita do Presidente da Câmara Municipal do Crato, José Correia da Luz, do Presidente da ERT, Turismo do Alentejo, Ceia da Silva e do Presidente da Assembleia Municipal do Crato, Dr. Manuel Cabaço. Um momento registado para a posteridade por Fernando Costa, dirigente ímpar e divulgador inexcedível da modalidade de todos nós.


3. Terminados os Campeonatos do Mundo de Orientação Pedestre e em BTT, é tempo de lançar o olhar sobre os respectivos ‘rankings’. E começamos pela Orientação em BTT onde Daniel Marques ascendeu ao 19º lugar com 216 pontos, uma posição há muito ambicionada pelo atleta português e que agora é sua com inteiro mérito. Os 9 pontos alcançados em Ben Shemen (Israel) por João Ferreira permitiram a sua entrada directa neste ‘ranking’ onde ocupa a 240ª posição. O australiano Adrian Jackson caiu para a 6ª posição, cedendo a liderança ao russo Viktor Korchagin enquanto nas senhoras, lidera ainda e sempre a austríaca Michaela Gigon. Quanto ao ‘ranking’ de Orientação Pedestre, o grande destaque vai para a suiça Simone Niggli e para a recuperação da liderança do sector feminino, após o “jejum” de um ano e um dia. No sector masculino, Daniel Hubmann tem a liderança bem segura, sobretudo depois do seu mais recente título mundial de Distância Longa. Quanto a Tiago Romão, assinalou o seu nome pela primeira vez nesta tabela em 22 de Fevereiro de 2009 (1158º classificado, com 808 pontos) e as boas prestações no WOC Miskolc 2009 levaram-no a amealhar 2586 pontos e a subir 1001 lugares no 'ranking', sendo já o 157º classificado com um total de 4427 pontos.


4. “Tempo é coisa que não nos falta. Se for ocupado com este tipo de iniciativas, faz-nos sair do ambiente hospitalar, dá-nos energia, motiva-nos para o nosso tratamento, dá-nos esse ânimo e essa força tão necessária para o difícil percurso que nós temos e favorece-nos em termos de ganhar tempo na nossa recuperação Este tipo de actividades faz-nos sentir que não somos doentes nus e crus, faz-nos parecer como as pessoas ditas normais. Tudo o que nos liberte um bocadinho do nosso dia a dia, fortalece-nos. E isso é que é importante.” Palavras proferidas por Carlos Duarte no rescaldo da prova de Trail-O, levada a cabo no Hospital Rovisco Pais (Tocha) durante o dia de ontem. Pela determinação e coragem, pela consciência da importância das pequeninas coisas num processo de reabilitação lento e penoso, pelo assumir da diferença na luta contra as desigualdades, pela frontalidade e pela honestidade, para o Carlos, para os utentes do Serviço de Medicina Física e Reabilitação do Hospital da Prelada e para todos os utentes de todos os Serviços de Medicina Física e Reabilitação do mundo inteiro vai, com a mais viva emoção, o Louvor da Semana!

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

1 comentário:

Augusto disse...

Os parâmetros de análise entre TP e TFPO são muito distintos!!!
Não se podem comparar eventos de competições diferentes.
Abraço