quinta-feira, 16 de julho de 2009

PELO BURACO DA FECHADURA...


Taiwan recebe, a partir de hoje e até ao próximo dia 25, a oitava edição dos Jogos Mundiais. A cidade de Kaohsiung, no Sul do país, foi escolhida para abrigar a competição que engloba trinta e uma modalidades, entre as quais a Orientação. Uma excelente oportunidade para deitarmos um olhar atento sobre este grande evento, espreitando-o pelo buraco da fechadura.

Embora sem o mediatismo dum Campeonato do Mundo de Futebol ou duns Jogos Olímpicos, os Jogos Mundiais viram a sua primeira edição ter lugar em Santa Clara (Califórnia, Estados Unidos), nos idos de 1981. Disputados a cada quatro anos, os Jogos Mundiais trazem para o primeiro plano da competição um elevado número de modalidades não olímpicas ou menos mediáticas, casos do Sumo, do Squash, do Corfebol ou, naturalmente, da Orientação.

Em Kaohsiung estarão presentes mais de cinco mil atletas de 90 diferentes países e o mínimo que se pode dizer é que tudo parece estar a postos para receber o evento, encarado pelas autoridades locais como uma oportunidade única de “promover internacionalmente a imagem da cidade, tornando-a mais diversificada”.

Khramov, Hubmann e Öberg

Na perspectiva da grande visibilidade que se espera o evento venha a ter (os dados oficiais dos Jogos apontam audiências superiores a 150 milhões de espectadores, em 150 países), a Orientação prepara uma apresentação ao mais alto nível. Nesta modalidade, em Kaohsiung estão qualificados e confirmados 72 atletas (36 masculinos e 36 femininos) em representação de 19 países.

Andrey Khramov, Campeão Mundial de Sprint em título, é um dos nomes que reúne maior dose de favoritismo; com um excelente começo de temporada, o russo venceu as provas de Sprint da finlandesa Huippuliiga e da sueca Elitserien e surge em Taiwan altamente motivado. Contudo, a vitória não se afigura nada fácil, já que Khramov terá pela frente um leque de contendores da mais elevada craveira, com particular destaque para o suiço Daniel Hubmann, líder do ‘ranking’ mundial e Campeão Mundial de Distância Longa em título. Ou talvez o vencedor venha de paragens mais a norte: Peter Öberg (Suécia), o fortíssimo corredor de Sprint e Distância Média, já refeito das lesões que o incomodaram no início desta temporada; ou ainda os finlandeses Tero Föhr e Pasi Ikonen, com dois títulos mundiais de Sprint cada um desde 2001.

Kauppi, Brozková e Søes

No sector feminino, a finlandesa Minna Kauppi é a grande favorita à vitória, tanto na prova de Distância Média como no Sprint. Mas para isso terá de se impor à dinamarquesa Signe Søes, vencedora da Spring Cup, ou às checas Dana e Radka Brozková. Quem também terá uma palavra a dizer é a australiana Hanny Allston, Campeã do Mundo de Sprint em 2006.

Mas estes Jogos Mundiais irão permitir ver em acção nomes menos mediáticos mas igualmente importantes, casos do canadiano Mike Smith, Campeão Norte-Americano de Distância Média, do russo Dmitriy Tsvetkov, Campeão Europeu de Distância Longa ou do australiano Simon Uppill, Campeão da Oceânia. As chinesas Li Ji e Hao Shuangyan desafiarão a japonesa Yoko Bamba e a neo-zelandesa Lizzie Ingham terá pela frente, além de Hanny Allston, a também australiana Kathryn Ewels.

Amanhã é dia de Sprint

Amanhã, o espaço envolvente do Museum of Fine Arts de Kaohsiung recebe a prova de Sprint, enquanto no sábado e no domingo, em Chengcing Lake, serão disputadas as provas de Distância Média e de Estafetas. Os três eventos poderão ser acompanhados ao vivo em
http://wg2009.orienteering.org/.

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

1 comentário:

Mário Santos disse...

Ainda a propósito dos GPS em competição...

Tanta coisa... tanta regra... tanta clarificação por parte da IOF... e depois isto: http://news.worldofo.com/2009/07/12/watch-hubmann-khramov-oberg-dlabaja/

O GPS tracking continua, o que significa que os atletas irão transportar consigo receptores passivos de GPS, permitindo registar as suas rotas em tempo real. Eles bem o querem banir... mas não conseguem viver sem ele...

"The 8th World Games 2009 Kaohsiung - with live video streaming and GPS tracking. Hubmann, Khramov, Öberg, Dlabaja are the four last starters in the World Games sprint to be held at the coming Friday July 17th in Kaohsiung, and the World Games websited promises both live video streaming and GPS tracking. The start lists are now available, and there are a lot of strong runners both in the mens and womens classes."

Afinal, em que é que ficamos: pode-se ou não se pode utilizar? Parece que pode... pelo menos quando isso interessa... e aí faz-se tábua rasa das regras que alguns iluminados "de gabinete" se lembraram de "parir".

Saudações desportivas,

Mário