sexta-feira, 10 de julho de 2009

JWOC 2009: UM SENHOR CHAMADO HÉLDER FERREIRA


Tiago Aires foi o primeiro português a garantir presença numa final A de Distância Média num JWOC, precisamente em 2002 (Alicante, Espanha). Tiago Romão é o atleta que, juntamente com Diogo Miguel, acaba de garantir a presença na final A de Distância Média do JWOC 2009. A fazer a ponte entre ambos, com sete anos de permeio, um nome que agora aqui lembramos, com uma admiração e um carinho muito especiais: Hélder Ferreira.

Hélder Ferreira treinava Tiago Aires em 2002, treina agora Tiago Romão. Se as suas inegáveis qualidades como treinador e condutor de homens está na base de dois dos maiores sucessos da história da Orientação portuguesa a verdade é que o trato cordial e afável e a sua enorme disponibilidade tem feito dele um dos grandes pilares deste trabalho jornalístico aqui desenvolvido no Orientovar ao longo dos últimos tempos, com especial destaque para os Mundiais de Desporto Escolar de Madrid e, nas últimas duas semanas, para o EYOC e o JWOC.

Daí que hoje me permita render-lhe uma simples mas muito sincera homenagem, partilhando com ele esse momento “muito forte de ver especialmente o Tiago Romão chegar à final A, após uma época a sonharmos com este momento”. E fazendo-o com enorme vaidade: “Porque não vaidade, se gostamos daquilo que fazemos e em que acreditamos?...”

É ainda com ele que visto essa mágica “t-shirt” azul de Alicante 2002, religiosamente guardada ao longo de sete longos anos, hoje orgulhosamente envergada para ver os “seus” atletas, especialmente o Tiago, chegar onde chegou. Agora ouço-o dizer num sussurro, como que a pedir desculpas: “Sei que há sete anos com o Tiago Aires, como hoje com o Tiago Romão, o meu trabalho foi apenas orientar, porque a grande qualidade, o desempenho e a extraordinária motivação vem destes dois grandes atletas. Assim não custa treinar porque metade do trabalho está conseguido e com uma coordenação e prazer de ambas as partes consegue-se este belo momento que hoje voltei a sentir.”

Que todos voltámos a sentir, diga-se. Bem hajas, Hélder!



[fotos gentilmente cedidas por Hélder Ferreira]

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

Sem comentários: