domingo, 19 de julho de 2009

JOGOS MUNDIAIS TWG KAOHSIUNG 2009: ESTAFETA RUSSA FECHA COM CHAVE DE OURO A PRESENÇA DA ORIENTAÇÃO NOS JOGOS


Os Jogos Mundiais TWG Kaohsiung 2009 prosseguem até dia 25, mas o Programa de Orientação terminou há instantes, com essa vitória da Rússia na Estafeta Mista.

A Rússia fechou com chave de ouro a presença da Orientação nos Jogos Mundiais que, até ao próximo dia 25, decorrem na segunda cidade da Formosa, Kaohsiung. A sua Estafeta Mista, composta por Dmitriy Tsvetkov, Yulia Novikova, Andrey Khramov e Galina Vinogradova impôs-se às demais selecções, vencendo com o tempo de 1.55.07,7.

Tsvetkov fez um primeiro percurso sem falhas, passando o testemunho na primeira posição praticamente a par da Suécia. Noruegueses e suíços estavam igualmente próximos da liderança, ao passo que a Finlândia constituía a grande desilusão, com Pasi Ikonen a fazer uma prova muito abaixo das suas capacidades e a entregar o testemunho na 12ª posição. No segundo percurso, Novikova não teve argumentos para a sueca Kajsa Nilsson e, com metade da prova cumprida, a Suécia tomava a liderança com uma vantagem considerável de 1.30 sobre a Rússia e 1.50 sobre a Suiça, terceira classificada. A Austrália dava a nota de sensação, com Kathryn Ewels a chegar na 4ª posição enquanto Bodil Holmstroem “içava” a Finlândia à 5ª posição.

Khramov ao seu melhor nível

No terceiro percurso, os melhores valores masculinos das dezasseis selecções em prova terçaram armas, com particular destaque para o russo Andrey Khramov e para o suíço Daniel Hubmann. Na realidade, a eles pertenceram os dois melhores percursos, apenas com a diferença de Khramov ter confirmado o excelente título de Sprint do primeiro dia destes Jogos Mundiais, superiorizando-se ao seu adversário em 1.01 (!) e lançando definitivamente a Rússia para a vitória. Apesar de não se ter mostrado tão bem como seria de esperar, Peter Öberg ainda mantinha a Suécia na segunda posição, enquanto a Suiça permanecia na terceira posição e a Finlândia era agora a quarta classificada. No último percurso Galina Vinogradova não comprometeu, fez o quarto melhor parcial e deu o triunfo à Rússia. Minna Kauppi esteve (quase) ao seu melhor nível e colocou em definitivo a Finlândia na segunda posição. O melhor parcial pertenceu a Elise Egseth e a Noruega galgou três posições fixando-se no terceiro lugar final. A suiça Angela Wild e a sueca Linnea Gustafsson tiveram um dia para esquecer e “afundaram” as suas equipas. Pior ainda esteve Sarah Rollins, desqualificando a Grã-Bretanha quando esta seguia na sétima posição à entrada para o derradeiro percurso.

Resultados Estafetas Mistas

1º Rússia 1.55.07,7
Dmitriy Tsvetkov, Yulia Novikova, Andrey Khramov, Galina Vinogradova

2º Finlândia 1.56.38,0
Pasi Ikonen, Bodil Holmstroem, Tero Foehr, Minna Kauppi
3º Noruega 1.56.48,9
Lars Skjeset, Mari Fasting, Oystein Kvaal Osterbo, Elise Egseth
4º Austrália 1.57.11,3
Simon Uppill, Kathryn Ewels, Julian Dent, Johanna Allston
5º Dinamarca 1.59.15,8
Mikkel Lund, Maja Moeller, Alm, Rasmus R. Soes, Signe R. Soes
6º Letónia 1.59.19,1
Edgars Bertuks, Inga Dambé, Martins Sirmais, Aija Skrastina
7º Suiça 1.59.49,7
Matthias Mueller, Rahel Friedrich, Daniel Hubmann, Ângela Wild
8º Suécia 2.00.08,5
Mattias Millinger, Kajsa Nilsson, Peter Öberg, Linnea Gustafsson
9º República Checa 2.02.31,4
Tomas Dlabaja, Iveta Duchova, Jan Sedivy, Dana Brozková
10º Lituânia 2.05.17,4
Simonas Krepsta, Sandra Pauzaite, Jonas Vytautas Gvildys, Inga Kazlauskaite

A vingança de Hubbman e Allston

Ontem correu-se a prova de Distância Média, com Daniel Hubmann (Suiça) e Johanna Allston (Austrália) a serem os grandes protagonistas da jornada. Na prova masculina, o suíço Matthias Mueller foi o grande animador da primeira metade da prova, mas quando o seu colega de equipa Daniel Hubmann pegou no comando da corrida, ao 14º ponto (dos 25 que compunham o percurso) não mais o largou. No final, o cronómetro assinalava 27.43,4 contra os 28.16,6 e 28.51,8 dos seus adversários mais directos, os russos Dmitriy Tsvetkov e Andrey Khramov, respectivamente. No sector feminino, Johanna Allston bateu a concorrência no “supersónico” tempo de 27.01,0, deixando a finlandesa Minna Kauppi a distantes 1.16,4 e a sueca Linnea Gustafsson, terceira classificada, a 1.43,4. Johanna Allston quebrou assim um domínio avassalador dos orientistas europeus nestes Jogos Mundiais, dando à Austrália a sua única medalha de ouro, depois de na véspera ter alcançado a medalha de prata na prova de Sprint.

Resultados Prova Distância Média

Masculinos

1º Daniel Hubmann (Suiça) 27.43,4

2º Dmitriy Tsvertkov (Rússia) 28.16,6
3º Andrey Khramov (Rússia) 28.51,8
4º Tero Fohr (Finlândia) 29.00,3
5º Mattias Millinger (Suécia) 29.01,2
6º Oystein Kvaal Osterbo (Noruega) 29.32,1
7º Simonas Krepsta (Lituânia) 29.38,4
8º Jonas Vytautas Gvildys (Lituânia) 29.52,2
9º Matthias Mueller (Suiça) 30.15,9
10º Peter Öberg (Suécia) 30.49,2

Femininos

1º Johanna Allston (Austráia) 27.01,0

2º Minna Kauppi (Finlândia) 28.17,4
3º Linnea Gustafsson (Suécia) 28.44,4
4º Signe Soes (Dinamarca) 28.49,2
5º Aija Skrastina (Letónia) 29.16,5
6º Dana Brozková (Rep. Checa) 29.18,0
7º Elise Egseth (Noruega) 29.18,4
8º Galina Vinogradova (Rússia) 29.31,2
9º Sarah Rollins (Grã-Bretanha) 30.00,9
10º Maja Moller Alm (Dinamarca) 30.06,6

O medalheiro destes Jogos Mundiais, no que à Orientação diz respeito, viu a Rússia arrecadar quatro medalhas (2 de ouro, 1 de prata e 1 de bronze). Igual número de medalhas alcançou a Finlândia (1 de ouro, 2 de prata e 1 de bronze). Suíça e Austrália, com 1 medalha de ouro e 1 de prata, ocuparam ex-aequo o terceiro lugar nesta particular classificação. Noruega com 2 medalhas de bronze e Suécia com uma fecham o Quadro de Honra. Individualmente, Andrey Khramov (Rússia) com 2 medalhas de ouro e 1 de bronze, Minna Kauppi (Finlândia) com 1 medalha de ouro e 2 de prata, Daniel Hubmann (Suiça) e Johanna Allston (Austrália), com 1 medalha de ouro e 1 de prata cada, foram as grandes figuras dos Campeonatos.

Saiba tudo em
http://wg2009.orienteering.org/.

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

Sem comentários: