quarta-feira, 1 de julho de 2009

EYOC SERBIA 2009: O AMBIENTE ESTÁ INSTALADO NA SÉRVIA...


Acordou cedo, foi ao pequeno-almoço, levou o computador e inspirou-se. Pediu um café no Bar e após uns minutos ofereceram-lhe um Licor da Sérvia. Uma parcela desse “convívio com a cultura”, como lhe chama, partilha-o aqui e agora. Com um “abraço aqui directamente da Sérvia em Kopaonik”, escutamos Hélder Ferreira.


É notório que o grupo se encontra motivado e em plena adaptação à altitude, aos mapas lindíssimos e à chegada dos dias de competição. O ambiente está bem relaxado, isto também devido à zona em que nos encontramos, que além de ser acima dos 1600 metros de altitude, está enquadrada na última base para a subida final ao cume de Kopaonik por volta dos 2100 metros e encontra-se rodeada de um misto de verde de pinheiro muito natural desta região e característico da região continental e que tanto sonhamos ter na nossa região e nos nossos mapas. Ficamos estupefactos quando saímos para a floresta para treinar e nos podemos deslocar por aqueles relevos, tudo limpo, sem silvas, sem mato, onde os verdes tomam outro gosto na forma de progressão…

De facto é nestas condições que o ambiente vai ficando forte e agradável para estar e, fortalecendo todo o espírito de grupo, afinamos os últimos detalhes nas vários reuniões que vão decorrendo, colocamos os ‘garmins’ a trabalhar para nós, tentando perceber melhor as opções correctas, as antecipações, relocalizações exactas e admirar a luta que este tipo de terrenos nos dão…

Além disto as várias comitivas dos país participantes vão chegando, dando cor ao Hotel, aos poucos e poucos as várias culturas vão-se misturando e mostrando as diferenças e semelhanças existentes, mas que depois na floresta se dissipam e acabam no mesmo sentido, a navegar floresta acima, floresta abaixo…

Deixo-vos neste ambiente fantástico o treino de hoje, com dois treinos, um para a parte de manhã onde vai haver uma preocupação de perceber zonas de relevo verdejantes mesmo encostado à prova de estafetas e da parte da tarde um treino já mais calmo analisando uma zona um pouco mais a norte e também muito próximo da zona de competição. Tudo num só sentido: Qualidade!

Aproveito para desejar uma continuação de boa viagem à comitiva que já partiu para os JWOC. Brevemente lá estaremos a apoiar e delirar com aquele ambiente que os JWOC oferece e para quem participa fica para sempre como dos momentos mais gratificantes de sempre de um atleta de Orientação.

.


[Texto e fotos de Hélder Ferreira]

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

Sem comentários: