domingo, 28 de junho de 2009

EM TEMPO DE BALANÇO: A TEMPORADA 2008/2009 VISTA POR VÍTOR RODRIGUES


Mais uma ronda pelos clubes ao encontro dos momentos mais significativos da temporada 2008/2009. Hoje com uma passagem pela Figueira da Foz, à conversa com Vítor Rodrigues, presidente da Secção de Orientação do Ginásio Clube Figueirense.


VÍTOR RODRIGUES
GINÁSIO CLUBE FIGUEIRENSE

“Investir mais no Desporto Escolar”


Orientovar - Enuncie os momentos mais significativos da época e refira o próximo grande desafio?

Vítor Rodrigues - Os momentos mais significativos da época que agora finda foram, em termos desportivos, a conquista do título de Vice-Campeão Nacional de Distância Longa por parte do nosso atleta Rui Mora em H35. Apesar do título de Campeão Nacional de Sprint, em Infantis, ter “fugido” ao nosso atleta Ricardo Nunes, houve no entanto um caminhar lento e tranquilo da Secção do Ginásio que, ao cabo dos seus quatro anos de existência, vai prosseguindo, pouco a pouco, a sua conquista de um lugar ao sol no seio da modalidade. Carregando com o ónus de um início de actividade em tempos de crise, não tem sido fácil o percurso percorrido. Contudo, ano após ano, tem a Secção vindo a dar pequenos passos naquela que queremos que seja uma longa caminhada. Creio que temos sabido transformar as dificuldades em forças e as contrariedades em motivação. Reflexo disso, o facto de já este ano, mais precisamente a 14 de Abril, termos inaugurado a nossa nova sede. Instalações dignas, de que necessitávamos, representam um salto em frente na solidificação do projecto.

Os grandes objectivos para o ano que vem são, sem dúvida, dois: A organização com sucesso do POM’2010, em parceria com o COC, em terrenos do concelho da Figueira da Foz e o melhor resultado possível dos nossos atletas nas competições em que estiverem envolvidos.


Orientovar - Comparativamente à época anterior, que avaliação faz da evolução da modalidade?

Vítor Rodrigues - Creio que a modalidade também tem vindo a ressentir-se do período económico difícil que atravessamos. Ficamos com a sensação de que o número de atletas em competições decresceu. Este é um assunto que deveria ser objecto de estudo e reflexão por parte dos responsáveis da Federação. Tendo em conta que os apoios a organizações de provas, por parte de parceiros, têm vindo a decrescer perigosamente, e ainda se se acrescentar a esta realidade a diminuição do número de atletas inscritos nas provas, então importa rapidamente repensar alguma desta matéria, a bem da saúde dos clubes e da sobrevivência da modalidade. Após alteração recente do elenco federativo, talvez seja altura para que alguma da estratégia da modalidade seja repensada, em ordem a um crescimento que se quer sustentado e continuado. Temos a certeza de que a família orientista saberá dar continuidade ao excelente trabalho já realizado, ao cabo destes longos anos, que teve como resultado o catapultar da modalidade no espaço das modalidades desportivas nacionais. A nosso ver, dever-se-á investir mais no Desporto Escolar, por via da sua determinante importância na captação de novos atletas e, desse modo, dar sentido a um natural engrandecimento da modalidade.

Orientovar - Um voto para o Clube e para a Orientação em Portugal na próxima temporada?

Vítor Rodrigues - Que o ano de 2010 seja o da solidificação do projecto Orientação no Ginásio Figueirense, com um grande êxito no POM’2010 e um incremento em número de atletas a competir. Que, em termos de modalidade, a Federação, em conjunto com os clubes, consiga levar por diante projectos que aproximem, cada vez mais, a juventude à modalidade e, desse modo, transformar futuro e esperança em presente e realidade.


Veja também nesta rubrica as opiniões de
- Luís Santos, CPOC [
AQUI]
- Jacinto Eleutério, ADFA [
AQUI]
- Paulo Fernandes, LEBRES DO SADO [
AQUI]
- António Amador, ORI-ESTARREJA [
AQUI]
- Daniel Raposo, COALA [
AQUI]
- Hugo Borda d’Água, COAC [
AQUI]
- Afonso Pimentel, COA [
AQUI ]
- Guilherme Martins, ÀS 11 NO FAROL [
AQUI]
- Jorge Ramos, CAMINHEIROS DA PORTELA [
AQUI]
- Tiago Aires, GAFANHORI [
AQUI]
- Carlos Monteiro, COC [
AQUI]
- Nuno Pedro, CAOS [
AQUI]
- Jorge Baltazar, GDU AZÓIA [
AQUI]

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

Sem comentários: