segunda-feira, 1 de junho de 2009

CAMPEONATO NACIONAL ABSOLUTO 2009: A OPINIÃO DE MARIA SÁ


Só em Mora, em meados de Fevereiro, chegou à Taça de Portugal. Cinco provas e onze percursos mais tarde, Maria Sá acaba de juntar ao título nacional de Distância Longa, o tão almejado título nacional Absoluto 2009. A este propósito, a atleta do Grupo Desportivo 4 Caminhos deixa aqui a sua opinião.

Orientovar - Que significado tem para si este terceiro título nacional Absoluto?

Maria Sá - A conquista deste título foi muito importante, pois mostrou que estou no bom caminho. Fiquei muito contente, mas com pena de não termos conseguido o título na equipa feminina.

Orientovar - Uma vitória a este nível nunca é fácil. Quais os grandes obstáculos sentidos?

Maria Sá - Sem dúvida que nesta final os principais obstáculos foram saber lidar com o calor extremo e com o facto de ter perdido cerca de quatro minutos logo num dos pontos iniciais.

Orientovar - Pessoalmente, que resultados práticos retira da experiência?

Maria Sá - Há que encarar positivamente este tipo de competições, independentemente das adversidades!

Orientovar - A época nacional termina da melhor forma, depois de ter começado mais tarde que o habitual. Que comentário é que esta situação lhe suscita?

Maria Sá - Penso que está a ser muito vantajoso ter iniciado a época mais tarde. A «parte alta» acaba de começar e… não podia ser de melhor forma!

Orientovar - Segue-se uma mão cheia de compromissos internacionais. Quais as suas expectativas?

Maria Sá - Neste momento o meu objectivo é ter a melhor prestação possível nas provas de selecção no Gerês!

[Foto gentilmente cedida por Hélder Ferreira]

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

Sem comentários: