quarta-feira, 6 de maio de 2009

DUAS OU TRÊS COISAS QUE EU SEI DELA...


1. Acaba de sair o número 330 (Maio 2009) da Revista de Atletismo. Um número que, uma vez mais, dedica um importante espaço ao desporto da floresta. Os Nacionais de Distância Longa e de Estafetas 2008 / 2009 absorvem a “parte de leão”. Mas ainda há tempo para revisitar Torres Vedras e o seu III Open de Ori-BTT do ATV, Évora e o XIII Meeting “Évora Património Mundial”, terminando na Invicta, com o 5º Troféu de Orientação do Porto e Justlog Park Race. A última palavra é para Jacinto Eleutério, na Entrevista do Mês, analisando o Dia Nacional da Orientação. Tudo bons motivos para não perder mais esta oportunidade de enriquecer a sua colecção da Revista.

2. Para aqueles que seguem mais de perto as Corridas de Aventura, o nome GLOBAZ.PT – POLISPORT é sinónimo de Elite, triunfo e liderança absoluta do ‘ranking’ nacional. Adelino Silva, Hugo Evaristo e Jorge Xará formam o trio ganhador de Oliveira de Azeméis, ao qual se junta agora a estoniana Elo Saue. Isto porque a equipa de corridas de aventura GLOBAZ.PT – POLISPORT irá brevemente participar no “Bimbache Extrem Castilla y Léon”, prova pontuável para a Liga Internacional de Corridas de Aventura (
ARWS), e que decorrerá entre 16 e 23 de Maio próximos. O percurso da prova terá aproximadamente 450 km e passa por alguns locais de grande beleza natural como os Picos da Europa, a serem percorridos sem recurso a meios motorizados e tendo sempre a Orientação como base. Entre trinta equipas de treze diferentes países, todas elas buscando uma vaga para o Campeonato do Mundo a decorrer em Portugal no final deste ano, a GLOBAZ.PT – POLISPORT é a única equipa Portuguesa. Será possível acompanhar o “Bimbache Extrem Castilla y Léon” no site oficial da prova - http://www.meridianoraid.com/raid/bimbache09/es/inicio.html - e perceber as reacções da turma portuguesa no seu blogue em http://raids-aventura.blogspot.com.

3. 14 vitórias, 6 segundos lugares e um terceiro. É este o somatório de medalhas alcançadas por Daniel Marques, Marisa Barroso, Guilherme Marques, Inácio Serralheiro, Pedro Serralheiro e Luísa Mateus no recente Campeonato Nacional de Orientação em BTT 2009 e V Campeonato Ibérico. Mas porquê estes seis atletas e não outros? Precisamente porque, para além da paixão intrínseca pela Orientação, há laços bem mais fortes a uni-los. É que Marisa é (futura) esposa do Daniel, que é sobrinho do Inácio, que é irmão do Pedro, que é tio do Guilherme, que é filho da Luísa, que é… Para esta família tão especial e que tão bem se sabe orientar sobre duas rodas aqui vai, com a mais viva admiração, o Louvor da Semana.

[foto gentilmente cedida por Luís Tenreiro]

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

1 comentário:

Ana disse...

Parabéns à família Serralheiro, pelos excelentes resultados, pelo Louvor e pelo “Fair-Play” que têm demonstrado ao longo de todos estes anos. Não posso esquecer o dia em que uma jovem atleta, de seu nome Ana Porta Nova, numa prova de BTT, teve um furo, por duas vezes, no mesmo dia, sem ter equipamento de substituição. O Inácio logo se prontificou a ajudar, mesmo sacrificando a sua própria classificação. Resta acrescentar que isto se passou no 1º dia do Campeonato Nacional da época 2001/2002, que teve lugar junto ao Kartódromo de Fátima.

Ana Carreira