sábado, 30 de maio de 2009

CAMPEONATO NACIONAL ABSOLUTO 2009: O DERRADEIRO ACTO


Tiago Romão e Lídia Magalhães foram os grandes vencedores do primeiro dia dos Campeonatos Nacionais Absolutos 2009. Mas também há baixas de vulto, a começar desde logo por Andreia Silva, David Sayanda e… Marco Póvoa!

Decorreu em Landeira, na tarde deste sábado, a primeira parte do Campeonato Nacional Absoluto 2009, derradeiro acto da Taça de Portugal de Orientação Pedestre da presente temporada. No mapa da Herdade do Vale, foram cerca de cinco centenas os atletas que evoluíram sob um sol escaldante e com temperaturas a rondar os 35ºC, em busca… dum lugar ao sol. Que o mesmo é dizer, lutando pelo acesso às grandes finais A de amanhã, em masculinos e femininos, nas quais estarão presentes apenas os melhores 60 tempos absolutos de cada sector.

Num terreno de fácil progressão e com uma elevada quantidade de elementos característicos facilmente referenciáveis, os percursos não encerraram a qualidade técnica que muitos esperariam dum Campeonato Absoluto, acabando por favorecer os atletas mais dotados fisicamente e, sobretudo, aqueles que melhor souberam lidar com o principal inimigo, o calor.

Tiago Romão e Diogo Miguel levam a decisão para a grande final

Contas feitas “em cima do joelho” – os resultados chegaram à mesa de trabalho do Orientovar às 21h00, numa gentileza de Nuno Leite que reconhecidamente se agradece – podemos avançar que os 44.46 de Pedro Pereira (ADFA) constituíram o tempo limite para apurar os 60 atletas que, no sector masculino, carimbaram o passaporte para a final A.

Sem margem para erros, Tiago Romão (COC) e Diogo Miguel (Ori-Estarreja) encetaram uma luta titânica que acabou por sorrir ao leiriense. Em causa estão preciosos pontos que podem ser decisivos para a vitória na Taça de Portugal, logo no ano de estreia no escalão de Elite de ambos os contendores. No lote dos vinte primeiros classificados, saúda-se a presença de Rafael Miguel (Ori-Estarreja) e de Albano João (COC), dois atletas nos antípodas em termos de escalão etário, juvenil o primeiro e “veteraníssimo” (H50) o segundo (mais veterano na final A só mesmo Manuel Dias, um atleta do escalão H55).

David Sayanda e Marco Póvoa constituem as grandes ausências da final de amanhã. O primeiro teve um dia para esquecer, não conseguindo melhor que o modesto tempo de 46.46 que lhe valeu o 11º tempo no escalão H20. Quanto ao segundo, fez “mp” e vê afastada a possibilidade de chegar ao título absoluto, o que a suceder seria o quinto da sua carreira, em sete possíveis. André Ramos (COC) fez igualmente “mp”, enquanto Celso Moiteiro (também do COC) não chegou a partir. Dois elementos fundamentais na estratégia da equipa leiriense e que a deixam à mercê de ADFA, CPOC e Ori-Estarreja na luta pelo título colectivo, com o GafanhOri à espreita.

Lídia Magalhães na “pole position”

No sector feminino, entre as 112 atletas elegíveis para disputarem a final A de amanhã, Fernanda Ferreira(DA Recardães) fecha a contagem das 60 primeiras com o tempo de 1.14.57. Lídia Magalhães (ADFA) alcançou o melhor tempo, mas é possível ver um elevado número de jovens atletas nos dez primeiros lugares, a começar logo por Joana Costa (GD4C) e Mariana Moreira (CPOC), respectivamente nas segunda e quinta posições.

Também aqui é possível perceber algumas surpresas pela negativa, a começar por Andreia Silva (COC), que teve no seu tempo de 1.26.25 o pior entre as 15 participantes do escalão de Elite. Outra baixa de vulto é Vera Alvarez (CPOC), que ao fazer “mp” não só se vê afastada da final como perde terreno para a sua adversária directa no escalão D17, Rita Rodrigues (GafanhOri) e vê em risco a sua vitória na Taça de Portugal. Colectivamente o COC parece irremediavelmente afastado do título e a luta vai-se decidir entre GafanhOri e GD4C. Colocando cinco atletas nos 20 primeiros lugares e contando ainda com Raquel Costa “de reserva”, a turma arraiolense parece capaz de chegar ao tão almejado título. Mas basta Maria Sá, Joana Costa, Isabel Sá, Céu Costa e, sobretudo, Fátima Alves, apresentarem-se ao seu nível e a vitória rumará a norte.

Resultados

Masculinos


1º Tiago Romão (COC) 30.18
2º Diogo Miguel (Ori-Estarreja) 31.24
3º Jorge Correia (ADFA) 32.26
4º Miguel Silva (CPOC) 32.53
5º Gildo Silva (COC) 33.08
6º Alexandre Alvarez (CPOC) 33.08
7º Pedro Nogueira (ADFA) 33.27
8º Santos Sousa (ADFA) 33.59
9º Joaquim Sousa (COC) 34.00
10º Davide Machado (.COM) 35.01
11º João Ferreira (DA Recardães) 35.05
12º Jorge Fortunato (Ori-Estarreja) 35.16
13º Filipe Farinha (CPOC) 35.21
14º Rafael Miguel (Ori-Estarreja) 35.44
15º Nuno Evangelista (20 km Almeirim) 36.00
16º Soares dos Reis (ADFA) 36.13
17º Albano João (COC) 36.26
18º Paulo Franco (COC) 37.07
19º Domingos Martins (GD4C) 37.54
20º Nuno Patrício (CN Alvito) 38.10

Femininos

1º Lídia Magalhães (ADFA) 34.38
2º Joana Costa (GD4C) 34.48
3º Maria Sá (GD4C) 35.46
4º Patrícia Casalinho (COC) 36.57
5º Mariana Moreira (CPOC) 40.43
6º Maria Amador (ATV) 41.07
7º Isabel Sá (GD4C) 42.32
8º Lena Coradinho (GafanhOri) 42.36
9º Maria Pereira (ADFA) 42.40
10º Rita Rodrigues (GafanhOri) 43.53
11º Lucília Silva (ADFA) 44.27
12º Susana Pontes (CPOC) 44.50
13º Ana Salgado (GafanhOri) 44.58
14º Céu Costa (GD4C) 45.15
15º Inês Pinto (GafanhOri) 45.21
16º Ana Oliveira (Ori-Estarreja) 45.46
17º Adelindina Lopes (COA) 46.19
18º Ana Coradinho (GafanhOri) 47.44
19º Vera Dias (COA) 49.11
20º Isabel Fagundes (CA Madeira) 49.29

Para mais informações consulte
http://www.clubepracasarmada.pt/CNA'09/Apresentacao.htm.

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

1 comentário:

Vitor disse...

Mais uma vez parabéns pelo excelente trabalho em cima do acontecimento. O Orientovar já nos dá os resultados antes mesmo da publicação no site da prova (eram 20:00h e ainda não existia resultados globais no local da prova).
Quem quer estar actualizado só mesmo no Orientovar.